fbpx

Voltando a debater comportamentos e competências!

Como você pode ter certeza de que atravessará com segurança essas águas agitadas? Como construir a resiliência para tempos de crise como esse que vivemos?

3415
3415
comportamentos e competências

Voltando a debater comportamentos e competências!

Em agosto de 2019, aqui no Espaço do Coach, eu avancei em um assunto que precisa ser bem entendido e assimilado no ambiente do coaching, mentoria, aconselhamento e do desenvolvimento humano em geral (leia aqui). Além de criticar a confusão ainda reinante entre conceitos como “competências” e “comportamentos”, então lembrei que muitos profissionais se orientam por preços baixos praticados quando da escolha do fornecedor de serviços de avaliação (os conhecidos assessments).

No texto eu expliquei sobre como se deu o desenvolvimento do DISC e da Axiologia. Resumidamente, afirmei que a avaliação DISC aponta para “o como” nos comportamos e como nos comunicamos. E que, ao comprar uma avaliação DISC, é preciso analisar bem se ela estará alcançando a profundidade de informação para atender a necessidade do cliente. Quanto à Axiologia, em linguagem corriqueira, as avaliações medem como pensamos e entendemos nossas capacidades, habilidades e talentos. Portanto, metodologias científicas que estudam comportamentos e competências (estas vindas da axiologia), apesar de relacionadas, são distintas.

Na Axiologia também é necessário o cuidado quando for escolher a avaliação, não se deixando guiar apenas por preços. Outra observação essencial é que, pautar-se apenas em comportamentos e competências para avaliar o perfil de uma pessoa não garante eficiência a médio e longo prazo! Para isso é preciso trabalhar na mudança de mentalidade dessa pessoa também através da avaliação de características mais profundas. Tanto as ligadas a Motivadores como, principalmente, as afins com a Inteligência Emocional-Social.

Esse aparente conflito é apaixonante e, para debater com mais profundidade o assunto, aceitei convite da empresa MBO Business Trainning, no último mês de abril.

Na entrevista, que você pode acompanhar neste link  ou abaixo, a pauta quase que por inteiro se orientou pela diferenciação de comportamentos e competências, além de outros aspectos que os profissionais de RH devem conhecer para efetivarem os processos de seleção, recrutamento e desenvolvimento de talentos.

Finalizo agora com o mesmo recado que deixei na postagem do ano passado. Não se deixem levar pela banalidade de anúncios (Internet e mídia impressa). Nem por preços baixos quando forem contratar uma avaliação (DISC, Motivação, Competências ou Inteligência Emocional-Social, entre outras). Tenha a certeza de que a avaliação de seu interesse seja livre de viés e não cria um impacto diferente em nenhum grupo pesquisado, sendo então um instrumento altamente confiável, consistente e válido para ser adotado.

Mario Divo
https://www.dimensoesdesucesso.com.br/

Confira também: A resiliência em tempos de crise!

 

Mario Divo Author
Mario Divo tem extensa experiência profissional, tendo chegado a quase meio século de atividade ininterrupta, em 2020. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo das plataformas de negócios MENTALFUT® e Dimensões de Sucesso®, acumulando com o comando da sua empresa MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa



Loading cart ...