Você tem interesse neste tipo de capacitação?

Você já pensou numa plataforma de conteúdo e mentoria para colaborar com o desenvolvimento e o aprimoramento da competência dos profissionais de Coaching? Você gostaria de fazer parte? Fique ligado, estamos quase lá!

Como vocês sabem, até porque já circularam notícias aqui neste espaço, a equipe da Cloud Coaching está preparando o lançamento de uma plataforma de conteúdo para colaborar com o desenvolvimento e o aprimoramento da competência dos profissionais de Coaching que nos premiam com o prestígio da leitura e, também, oferecem regularmente aos colunistas comentários sobre o trabalho de cada um.

Ainda que eu seja uma das pessoas que estará envolvida com essa rara oportunidade de prestação de serviços (posso adiantar que nada há equivalente no mercado nacional), eu decidi ir além e abusar da paciência dos leitores para fazer uma provocação que me ajude em uma iniciativa que está, no momento, em estruturação. Para facilitar a minha compilação dos comentários e sugestões de vocês, peço que utilizem o email mariodivomjr@gmail.com, colocando como assunto WORKSHOP PARA COACHES – sugestões ou escreva nos comentários no final deste post ou ainda no próprio post do Facebook.

Enfim, vocês irão me ajudar a organizar a logística e o conteúdo de um encontro que eu pretendo lançar oportunamente, com foco em profissionais de Coaching que já tenham alguma experiência. Esse trabalho será essencialmente dinâmico, conjugando teoria e prática, promovendo intercâmbio de conhecimento e explorando, principalmente, as dificuldades que os participantes encontram no dia a dia com os clientes. Então, quem participar estará tendo a chance de encontrar respostas às suas dúvidas, conhecerá antecipadamente dúvidas e problemas com os quais ainda não tenha se defrontado e, tão importante quanto, receberá algumas dicas que serão fundamentais para seu futuro.

Como afirmava Orlando Bloom, em sua taxonomia de objetivos de aprendizagem, o ato de ganhar competência em uma determinada disciplina ou prática envolve três domínios: (a) – o cognitivo, abrangendo a aprendizagem intelectual; (b) o afetivo, abrangendo os aspectos de sensibilização e valores; (c) o psicomotor, abrangendo as habilidades de execução de tarefas. Há uma hierarquia de complexidade crescente entre eles e, quanto ao domínio cognitivo, para adquirir uma nova habilidade pertencente ao próximo nível, o aluno deve ter dominado e adquirido a habilidade do nível anterior. Assim é a questão do aprendizado em Coaching, em que se trata de algo complexo e cujo aprendizado requer saber entender, interpretar e aplicar habilidades.

Volto então à proposta do workshop: se você for participar de um encontro com outros profissionais de Coaching, em que tipo específico de aprendizagem você teria interesse? Em qual área de aplicação e com que perfil-tipo de cliente? Quanto tempo você acredita que poderia dispor para participar? Preferiria ter um complemento individual online ou só o workshop em grupo? Qual o tamanho da turma (número de participantes) que você julga o ideal? Responda essas perguntas e me ajude a planejar o workshop.

A todos os que me responderem, eu prometo dar uma atenção especial às sugestões e, como terei o endereço de email, encaminharei um e-book escrito por mim como agradecimento e carinho. Não deixe de opinar, participar e, se a conclusão construir o seu “workshop ideal”, será então um prazer encontrar você lá.

Mario Divo Author
Mario Divo tem incrível experiência profissional, tendo chegado a meio século de atividade ininterrupta, em 2019. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo da plataforma Dimensões de Sucesso, acumulando com o comando da MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa