fbpx

Você é uma pessoa sábia?

O desafio da vida está em internalizá-la e praticar no dia a dia. Ser sábio é ouvir os próprios conselhos, fazer aquilo que falamos para os outros e realizar cada objetivo. Conheça os 7 pilares da sabedoria!

Um ponto é conhecer a teoria, o desafio da vida está em internalizá-la e praticar no dia a dia. Podemos considerar que ser sábio é ouvir os próprios conselhos, fazer aquilo que falamos para os outros fazerem e realizar cada objetivo com o bom conhecimento adquirido.

Para embasar melhor esse artigo nada melhor como conhecer um pouco sobre a história de “Lawrence da Arábia”.

Arqueólogo e herói militar britânico, Thomas Edward Lawrence lutou na Revolta Árabe de 1916 – 1918, e nos anos de 1919 a 1922 escreveu seu livro de autobiografia nomeado “Os Sete Pilares da Sabedoria”, uma obra que relatava sua reflexão autocrítica e as memórias de todo o período de guerra contra os turcos.

Um livro importante para a história da Europa e Península Arábica, principalmente por trazer os moldes de fluxo de consciência do autor sobre a sua atuação, seus sucessos, fracassos e motivações por estar vivendo aquela situação. Diante de toda a abordagem e reflexões, Lawrence escreveu os sete pilares da sabedoria:

1º – O Tempo

A sabedoria considera o tempo, o bem mais precioso de todos, este permite que você faça as suas escolhas de forma tranquila, negligenciar o tempo hábil pode repercutir em consequências não desejadas.

  • Você consegue gerenciar bem as atividades importantes?
  • O quanto hoje fica com os pensamentos presos no seu passado ou futuro?
  • O que você pode fazer hoje para construir o que deseja?

Faça primeiro as coisas difíceis do seu dia, pois depois você poderá gozar de maior tempo no que você sente prazer em realizar.

2º – A Experiência da Vida Reflexiva

O pensamento sem ação é vazio, a ação sem pensamento é vã. A união dessas metades que gera o sucesso, crescimento e aprendizagem. O quanto você vem refletindo como foi o seu dia? Qual é a sua estratégia para não cometer os mesmos erros?

Melhor planejar, conduzir, tentar e avaliar, correr o risco, do que ficar na inércia pelo medo do resultado ruim. Reflita e aprenda com os seus sucessos e insucessos.

3º – Dar sentindo à Ambiguidade

Nesse pilar podemos pensar nos vários significados que uma situação ou pessoa representa para nós, quando entendemos o nosso posicionamento criamos as justificativas das nossas atitudes e a motivação é mais evidente para lutar por algo.

O ato de comunicar pode gerar ambiguidades, certifique-se que o outro entendeu o que você quer transmitir.

4º – Decidir com Bom Senso

Uma boa tomada de decisão é baseada em informações necessárias, ouvir as pessoas envolvidas e utilizar-se da sensatez, que é cuidar com esmero daquilo que está sendo decidido. Quando nossas decisões estão baseadas no bom senso há compreensão maior das pessoas envolvidas, pois entendem que foi tomada nos melhores parâmetros possíveis.

5º – Viver a Vida com Pragmatismo

Ser pragmático é identificar o ponto de importância, entender os efeitos práticos gerados e reduzir as especulações.

Para esse pilar utilizamos três perguntas para treinar nosso pensamento:

  • Quem se importa?
  • Quem sabe?
  • Quem pode?

Considerar os efeitos práticos das nossas questões podem facilitar as tomadas de decisão.

6º – Ser Empático

Simpatia é muito confundida com empatia. Ser simpático é trazer bem-estar social para as pessoas que nos relacionamos, ter empatia é consegui ouvir e entender o que a pessoa nos relata. Uma grande lição de empatia foi passada por Osho quando disse: “Antes de julgar alguém, calce suas sandálias e ande por seus caminhos”.

Todo mundo é um ser único no Universo e tem algo para agregar, ser empático é compreender que o outro tem seu próprio sistema de crenças e valores e também tem as suas intenções positivas.

7º – Ter Maturidade Emocional

Maturidade é conseguir gerenciar o turbilhão de emoções que estão dentro nós, utilizar da experiência adquirida pela vida, entender os princípios de causa e efeito das suas ações e ter segurança e prudência nas suas decisões.

“Todos os homens sonham, mas não da mesma forma.

Os que sonham de noite, nos recessos poeirentos das suas mentes, acordam de manhã para verem que tudo, afinal, não passava de vaidade.

Mas os que sonham acordados, esses são homens perigosos, pois realizam os seus sonhos de olhos abertos, tornando-os possíveis.”

(Lawrence)

Que a sabedoria esteja na sua mente e também no seu coração!

Grande abraço.

Mayra Soares Author
Mayra Soares tem 11 anos de experiência profissional em Gestão e Desenvolvimento de Pessoas. É Mentora pela Erlich Consultoria, Trainer Comportamental pelo Instituto de Formação de Treinadores (IFT), Master Coach com especialização em Business and Executive Coaching e Professional and Self Coaching, Consultora Analista Comportamental e Avaliação 360º certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Behavioral Coaching Institute (BCI), International Coaching Council (ICC), European Coaching Association (ECA), Global Coaching Community (GCC), International Association of Coaching (IAC), Metaforum International e International Association of Coaching Institutes, Practitioner em PNL pela SCORE e Leader Coach pela Ellite Consultoria. Graduada em Gestão de Recursos Humanos, Pós-graduada Docência no Ensino Superior e Pós-Graduanda em Essencial Master Coaching. Coautora dos livros COACHING NAS EMPRESAS – Estratégias de Coaching para o ambiente corporativo e RH Trabalho e Aprendizado.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa