fbpx
Anúncios

Você e seu tempo

O que você faria se tivesse recebido uma herança que lhe rendesse diariamente R$ 86.400,00 e que no testamento existisse uma cláusula determinando que este valor devesse ser gasto antes da meia-noite, todos os dias?

O que você faria se tivesse recebido uma herança que lhe rendesse diariamente R$ 86.400,00 e que no testamento existisse uma cláusula determinando que este valor devesse ser gasto antes da meia-noite, todos os dias?

Nada poderia ser acumulado, obrigatoriamente deveria ser gasto antes da meia-noite.

Talvez a sua vida milionária fosse agradável nos primeiros momentos, mas certamente a obrigação de gastar e administrar uma boa quantia todos os dias, seria estressante com o passar dos meses.

Sonhar com uma herança assim é bem fantasiosa, porém se trocarmos os “R$” por “segundos” veremos que é uma herança que todos recebemos.

Todos os dias nós temos que administrar 86.400 segundos, isto é, colocar nossas atividades previstas e imprevistas neste espaço de tempo, mas muitas vezes, ao contrário de nossa herança imaginária, costumamos deixar algo para o dia seguinte.

Antes de analisar o que torna quase impossível a façanha de ajeitar todos os compromissos neste tempo, é importante salientar dois pontos:

  • Tempo é um recurso fundamental;
  • Tempo não é reciclável.

Com estes conceitos poderemos analisar a nossa “herança”:

Você costuma pronunciar frases semelhantes a estas?

  • Não tenho tempo para nada;
  • Se o dia tivesse 36 horas …
  • Tudo é comigo…
  • Não tive tempo de…
  • Ainda não consegui almoçar hoje;
  • Não saio daqui antes das 21 horas hoje;
  • Minha família cobra um ”tempinho” para ela.

Se você respondeu SIM a pelo menos 3 destas frases acredito que você deva tomar algumas destas atitudes:

1. Ter sua própria diretriz

É comum encontrarmos entre as pessoas que não sabem administrar o tempo aquelas que não têm um planejamento de vida ou mesmo de suas atividades, deixando que as circunstâncias o levem, agindo muito mais pelas demandas externas que pelas suas próprias.

2. Avaliar seus hábitos

Se você tem dificuldades em organizar o seu dia, verifique os seus hábitos. Analise algumas atitudes suas que fazem com que você perca tempo desnecessariamente. Tenho um amigo, gestor de uma empresa, que passa quase todo o tempo apagando incêndios e produzindo pouco. Várias vezes já disse que ele deve se antecipar aos problemas para que incêndios não surjam, mas ele não consegue ter esta atitude. Um dia de 40 horas é pouco para ele….

3. Encontre os seus estranguladores de tempo

Tire uns três dias de uma semana qualquer e anote todas as suas atividades e o tempo dedicado a elas. Você ficará surpreso com a quantidade de tempo desperdiçado.

Observe quanto tempo você dedica a ler seus e-mails – já pensou em ter um endereço eletrônico para assuntos pessoais e outro para profissionais?

Em minha opinião, deveria ser proibido sentar-se em reuniões de trabalho, todos deveriam ficar em pé, somente assim os assuntos tratados teriam a objetividade necessária.

Faça a sua “conta corrente” de atividades e veja quanto tempo você perde.

Algumas das causas para a desorganização de sua agenda são facilmente enumeradas:

  • Dificuldade em dizer não;
  • Falta de autodisciplina;
  • Não saber organizar o tempo;
  • Colaboradores não muito competentes;
  • Muita burocracia;
  • Não saber utilizar assistentes;
  • Muita centralização e pouca delegação.

Muito se tem escrito sobre o tema ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO, mas poucas ações realmente eficazes costumam ser colocadas em prática.

Quer tentar com estes passos iniciais?

Alguma sugestão, dúvidas? Use o espaço para comentários…

Bom trabalho… se tiver tempo…

Cleyson Dellcorso tem formação em engenharia e filosofia e suas atividades estão relacionadas ao Coaching Profissional e Pessoal, além de atuar com Coaching de Casais. Seus atendimentos têm embasamento em uma metodologia própria com fundamentação filosófico / dialógico. Possui MBA pela UCLA (EUA), com foco em gestão de pessoas, é especialista em liderança pelo Haggai Advanced Leadership Institute (Singapura) e instrutor do mesmo instituto. É professor de liderança e motivação no curso de pós-graduação em gestão de projetos (PMI) do Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada do grupo IBMEC. Atua como Coach desde 2003 e foi um dos primeiros a se especializar no atendimento a Gerentes de Projetos. É diretor do INSTITUTO DE COACHING MAIÊUTICA desde 1999 e tem como área de interesse o estudo das Inteligências – Emocional e Espiritual. Cleyson Dellcorso é casado, tem três filhos e um neto e tem como hobbies – radioamadorismo, velejar e mergulhar.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa



Loading cart ...