Anúncios

Você consegue identificar o que te prende?

Se você se sente parado, paralisado, sem forças, sem vontade, tente refletir profundamente sobre essas perguntas!

396
396

É muito importante quando conseguimos perceber e identificar quais são as nossas dificuldades. Algumas pessoas podem achar simples perceber as próprias dificuldades, outras não conseguem. Se você se sente parado, paralisado, sem forças, sem vontade, tente refletir profundamente sobre as seguintes perguntas:

1. Veja se fazer (algo) tem sentido para você.

Reflita sobre o porquê e para que fazer.

Qual o objetivo em fazer?

Que diferença tem você fazer ou deixar de fazer?

Haverá algum ganho fazendo? Qual(is)?

Haverá algum ganho não fazendo? Qual(is)?

2. Se tem sentido e ainda assim não consegue realizar, veja quais são as reais dificuldades que você está encontrando para sair dessa paralisia.

A sua dificuldade é em relação à falta de habilidade?

Quais dos seus conhecimentos podem te ajudar para dar esse passo?

Quais conhecimentos você acredita que não tem para dar esse passo?

Sua experiência pode te ajudar? Em quê?

Você envolve ou deixa de envolver as pessoas certas? Por quê? Quem são elas?

3. Quanto tempo você tem para tomar a atitude necessária.

Você ainda tem tempo para esperar antes que o assunto já não tenha mais importância?

Quais as consequências em esperar mais?

Esperar te traz ganhos? Quais?

Quais as consequências em não fazer?

Se as suas respostas continuam te mostrando que continuar nessa posição de paralisia já se apresenta como parte de você, é preciso rever seus conceitos e valores a respeito de tudo que envolve essa ação não realizada.

Além disso você precisa se conhecer mais e melhor, sobre quais os motivos para continuar nesse mesmo lugar.

Estamos vivendo em um mundo cheio de incertezas e complexo. Uma coisa que pode nos ajudar muito é construirmos nosso mundo interno, de forma sólida e ao mesmo tempo nos respeitando com tranquilidade de que faremos o nosso melhor, para uma vida melhor.

Nós merecemos!

Rosangela Claudino tem 29 anos de experiência profissional. Tendo vivenciado culturas organizacionais de portes e segmentos diferentes, como: Laborterápica Bristol e American Express. Com experiência em áreas de recursos humanos passou a atuar em consultoria própria de seleção, desenvolvimento de pessoas e implantação de gestão estratégica de RH, agregando conhecimentos e compartilhamento em outros segmentos como: alimentação, tecnologia e financeiro. Pós-graduada em Administração com foco em RH e Marketing, com Formação em Coach reconhecida pelo ICF (International Coaching Federation) e Psicanalista formada pelo Centro de Estudos Psicanalíticos, atua também em conselho de administração e atende em consultório particular. Mentora e Coach do programa, PROVOCA – Programa Vocação e Carreira, desenvolve e atua em seus atendimentos valendo-se de técnicas de Coaching, ferramentas de RH e gestão estratégica de negócio, associadas a escuta diferenciada da psicanálise.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa