fbpx

Verdades libertadoras sobre a produtividade

O que desvia você de ser produtivo? Em tempos onde a demanda por trabalho home office aumentou devido à pandemia, ser produtivo é cada vez mais requerido.

ser produtivo

Em tempos onde a demanda por trabalho home office aumentou devido à pandemia do coronavírus, ser produtivo é cada vez mais requerido.

Ao final de um dia suas emoções dão sinal de satisfação ou insatisfação sobre os resultados que obteve. Entretanto, para reverter esse cenário não podemos ficar presos na emoção que é subjetiva, e sim partir para algo mais estratégico para entender as atitudes diárias.

Por este motivo trouxe algumas verdades libertadoras para que compreenda o que te desvia do caminho produtivo:

1. Ocupação não é produção 

Você deve executar muitas atividades no seu dia, mas quantas são importantes e geram resultados para você?

É uma ilusão acreditar que não ficar parado o dia todo significa que é produtivo. Produtividade faz parte da estratégia de atingir objetivos. Sendo assim, o que você está fazendo que te aproxima dos seus objetivos?

2. As tarefas nunca vão acabar! 

Aposto que já desejou que o dia fosse mais longo, como também, penso que ninguém deseja usar o tempo livre da meia-noite às seis da manhã para realizar alguma coisa!

Demandas sempre vão surgir, então o que precisa é organizar as necessidades. Não lute contra algo já delimitado, o tempo, use-o a seu favor classificando as atividades em:

  • Importante: qual é o seu foco para hoje?
  • Prorrogar: qual o melhor dia para executar?
  • Delegar: quem pode me ajudar a realizar isso?
  • Deletar: desapega de algo que está engavetando e não quer resolver ou fazer. Será que isso é importante mesmo para você? Se não for, deleta. Não ocupe sua mente com algo que não irá fazer.

3. Se você não tem agenda, será a agenda de alguém

Estar acessível o tempo todo é um problema, quer dizer que está destinando o seu tempo para outra pessoa.

Então pergunto: É justo fazer tudo pelo outro e nada por você?

Os grandes vilões de “roubar” a vida são o medo, insegurança e fracassos. Se for pensar, é um limitador por você desconhecer o futuro, mas e se você planejar com detalhes, pensar nos problemas e como sair deles? Talvez esse seja um caminho para tornar-se protagonista da sua vida.

4. Não adianta ser rápido na direção errada 

Foco na coisa errada é um consumidor potente de energia, além de não chegar ao seu destino. Tenha clareza do objetivo e da estratégia para atingi-lo. Outro fator que influencia muito são as emoções que alimenta no caminho. A psicologia retrata que emoção positiva induz emoção positiva, por lógica, então, podemos entender que para a emoção negativa é o mesmo caso. Suas emoções estimulam o seu comportamento que se tornam hábitos, e o conjunto destes conduzem ao seu destino.

O que ultimamente você está carregando? Está sendo energizado com as emoções certas?

Lembre-se que você é o programador da sua mente e comportamentos.

Um grande conceito que aprendi me desenvolvendo foi a importância do propósito. Quando temos um, mesmo que não seja a longo prazo, expandimos a visão de vida, fortalecemos os valores morais e principalmente direcionamos nosso comportamento.

Para as adversidades e atividades que geram “sofrimento” no meio do caminho, que o entusiasmo seja um grande herói de superação, para assim, sermos realizadores daquilo que é importante.

Grande abraço,

Mayra Soares
http://www.mayrasoares.com.br/

Confira também: A decisão é sua!

 

Mayra Soares Author
Mayra Soares tem 11 anos de experiência profissional em Gestão e Desenvolvimento de Pessoas. É Mentora pela Erlich Consultoria, Trainer Comportamental pelo Instituto de Formação de Treinadores (IFT), Master Coach com especialização em Business and Executive Coaching e Professional and Self Coaching, Consultora Analista Comportamental e Avaliação 360º certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Behavioral Coaching Institute (BCI), International Coaching Council (ICC), European Coaching Association (ECA), Global Coaching Community (GCC), International Association of Coaching (IAC), Metaforum International e International Association of Coaching Institutes, Practitioner em PNL pela SCORE e Leader Coach pela Ellite Consultoria. Graduada em Gestão de Recursos Humanos, Pós-graduada Docência no Ensino Superior e Pós-Graduanda em Essencial Master Coaching. Coautora dos livros COACHING NAS EMPRESAS – Estratégias de Coaching para o ambiente corporativo e RH Trabalho e Aprendizado.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa