fbpx

Um Segredo Milenar para Melhorar Suas Habilidades de Liderança

O que os povos toltecas têm a ver com Liderança? Conheça a sabedoria milenar que vai revolucionar sua forma de liderar e melhorar suas habilidades de liderança.

Um Segredo Milenar para Melhorar Suas Habilidades de Liderança

Conheça a sabedoria milenar que vai revolucionar sua forma de liderar e melhorar suas habilidades de liderança.

O que os povos toltecas têm a ver com liderança? Tudo. Os toltecas surgiram há milhares de anos no sul do México. Seus ensinamentos se expandiram pela lealdade, suavidade, sinceridade, cordialidade e respeito ao ser humano. Assim foram reconhecidos como um povo sábio, capaz de ajudar milhares de pessoas a se desenvolverem.

Os ensinamentos da filosofia tolteca foram difundidos através de Don Miguel Ruiz, médico, escritor e autor do Best Seller “Os Quatro Compromissos”.

Atualmente usamos termos atuais e modernos para falar sobre o comportamento adequado dos novos líderes. Por exemplo, “Aprender a liderar no mundo VUCA” ou “Melhorar as habilidades de liderança” ou ainda “Desenvolver habilidades Soft Skills em liderança”.

A verdade é que tudo isso traz grandes contribuições para as empresas, pois apresenta uma visão moderna e eficaz. Entretanto, associar a essas novas propostas a sabedoria milenar da filosofia tolteca, que é de fácil compreensão e aplicabilidade, pode ajudar a transformar significativamente o perfil do líder, que os novos tempos exigem e, consequentemente, das empresas.

Don Miguel Ruiz diz que ser impecável com as palavras é uma das mais sábias e poderosas formas de se viver. Ser íntegro com as palavras no exercício da liderança, procurando se expressar com respeito e cuidado para evitar ferir os outros, é uma atitude humanista de quem se importa tanto com o outro quanto com o que precisa ser dito.

Eu gosto de lembrar meus clientes do conceito da rapadura, que é procurar ser suave com as pessoas e duro com os fatos, se houver qualquer necessidade de agir com mais firmeza.

As empresas se mantêm de pé por causa dos números, mas não há outra forma de acesso a eles senão por meio de pessoas, por isso a impecabilidade com as palavras é tão importante. As palavras que proferimos carregam força e poder e quando as usamos com impecabilidade, que quer dizer “sem pecado”, nos enchemos de energia positiva para fazer o bem, primeiramente para nós mesmos e, consequentemente, para as nossas relações.

Outro conceito importante apresentado por Don Miguel é evitar levar as coisas para o lado pessoal. Ainda que a intenção do outro seja te afetar. Isso porque, no fundo, o que o outro diz é apenas reflexo do que ele é e não de quem você é. Eu já vi muitos líderes terem suas competências reduzidas por suas falhas e isso quase sempre resultava em sentimentos de incapacidade e culpa. Ao invés de reforçarem suas habilidades, muitas vezes ficavam dando voltas em torno dos problemas gerados por essas crenças. Um líder precisa se lembrar de quem ele realmente é antes de levar para o lado pessoal e gerar seu próprio sofrimento, pois isso trava o seu processo de evolução no exercício da liderança e na própria vida de forma geral.

Encontrar coragem para não tirar conclusões. Essa é uma forte tendência de muitas pessoas, entre elas os melhores líderes. Ao invés de supor e tirar conclusões, o ideal é perguntar, ouvir antes de concluir. Quanto mais exercitamos essa habilidade, mais perceberemos que é nossa mente quem cria a maioria das coisas que geralmente costumamos supor. Nesse caso, falar com clareza é fundamental, nem que para isso seja preciso consultar um checklist e evitar se perder. Quando um líder aprende o que esse conselho sábio quer lhe ensinar, costuma resolver grande parte dos seus problemas.

Dê sempre o melhor de si. Faça sempre o melhor que puder, afinal, com a capacidade e entendimento que tem, muito provavelmente você está tentando fazer o seu melhor, mesmo que esse “melhor” ainda não seja o ideal.

Esse conceito tira um peso geralmente do excesso de autocobrança. Contudo, um bom líder precisa aprender a pegar mais leve consigo mesmo. Por isso a importância de trabalhar com essa intenção diária de fazer sempre o melhor possível naquele dia ou situação.

Essa sabedoria, considerada como um grande tesouro, ficou por muitos anos escondida enquanto os toltecas eram perseguidos. Contudo, hoje em dia, quanto mais ela se expande, mais pessoas está ajudando a transformar. Os ensinamentos simples da filosofia tolteca, porém sábios, podem transformar toda uma organização, sobretudo se o ponto de partida for o coração da liderança.

Se você é líder, adote com você mesmo esses 4 compromissos e observe sua transformação:

  • Seja impecável com a sua palavra;
  • Não leve nada para o lado pessoal;
  • Não tire conclusões;
  • Dê sempre o melhor de si.

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre o como melhorar suas habilidades de liderança? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em responder.

Grande abraço e até o próximo mês.

Shirley Brandão
https://shirleybrandao.com.br/

Confira também: Compromissos pessoais para exercer uma boa liderança em 2021

 

Shirley Brandão acumulou mais de cem mil horas exercendo cargos de alta liderança ao longo de seus 31 anos de experiência. É administradora; Especialista em Liderança e Gestão Organizacional pela Franklin Covey, Pós-graduada em Coaching, Liderança e Consultoria pela Organização Condor Blanco/Chile; Master Coach. Desenvolve programas personalizados para líderes utilizando técnicas de Coaching e Mentoring. É sócia-fundadora do Grupo Vivencial Eu Pleno – Terapia e Coaching Vibracional (Brasil/Atacama/Capadócia); Criadora do workshop online Viva Sua Melhor Versão; Facilitadora Internacional do Método Heal Your Life de Louise Hay; É sócia-fundadora do Workshop Outdoor Vivencial A Jornada do Propósito; Conferencista Internacional já tendo ministrado palestras em Londres e Nova York. Certificada MBTI Step I e II. Escritora, autora do livro O Caminho de Shanti – O Perdão Muda Tudo, Editora Hércules. Membro Honorífico da AILB – Academia Internacional de Literatura Brasileira ocupando a cadeira de número 183. Shirley atribui sua ascendência profissional à sua forte paixão pelo desenvolvimento humano. Seu propósito de vida é fazer as pessoas acreditarem que podem voar e assim fazê-lo à altura de seus sonhos.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa