fbpx

Sustentabilidade na Liderança, o Efeito Gangorra!

Você certamente já brincou em algum momento de sua vida em uma gangorra, não é mesmo? E o que isso tem a ver com a Sustentabilidade na Liderança?

Sustentabilidade na Liderança - O Efeito Gangorra!

Sustentabilidade na Liderança, o efeito Gangorra!

Sustentabilidade é um conceito amplamente divulgado e infelizmente pouco praticado. Isso porque ainda nosso nível de consciência (espiritual) é baixo.

Para exploração do conceito de sustentabilidade na liderança, farei uma analogia com uma gangorra. Afinal, você certamente já brincou em algum momento de sua vida, não é mesmo?

Lembre-se que brincar é diferente de se divertir. No brincar você não tem compromisso, já, no divertir você deveria ter. Isso porque além de você estar feliz, você deve fazer alguém feliz. Assim, será uma delícia de interação. E como isso funciona então?

Já observou duas crianças brincando na gangorra?  Elas se divertem até enjoarem e depois mudam juntas para outro brinquedo. Elas não abandonam uma à outra, querem caminhar juntas. É sustentável porque querem estar juntas, mesmo quando separadas. E sabem que uma depende e precisa da outra. Se transportarmos este conceito para relações sustentáveis, seja de você com a natureza, seja de você com outros indivíduos, ela se dará por evidências de valores inerentes à nossa própria natureza.

Você só consegue se divertir numa gangorra se tiver alguém do outro lado. Imagine de um lado você e do outro uma “persona” chamada natureza. O movimento contínuo e frequente só acontece quando um utiliza a energia e o movimento do outro. Portanto, há troca, a física também explica isso.

Quando somente um faz uso da energia a outra parte padece ou mesmo falece e por conseguinte o movimento cessa. Uma pena que, a maioria de nós, seres humanos, ainda não percebeu que precisamos mais da natureza do que ela de nós. No entanto, como somos todos um, temos um papel fundamental para desempenhar. É claro que sobre uma visão menos egoística.

Se aqui evidenciarmos dois dos valores da espiritualidade, respeito e justiça, como seria essa relação?

Considerando a persona “natureza”, o que ela te responderia sobre o quanto você a respeita?

Suas ações no dia a dia fazem com que você cuide ou agrida a natureza?

Não tinha pensando nisso, não é mesmo?

Você retribui de fato o que você tira da natureza? Essa relação é justa? Promove o equilíbrio ou desequilíbrio?

Para aumentar o impacto dessa reflexão faça então essas mesmas perguntas às empresas para a qual trabalha.

Deixo aqui uma super indicação, o livro do Marcus Nakawaga, 101 dias com ações sustentáveis para mudar o mundo.

Do ponto de vista organizacional, de um lado está o líder e de outro a equipe, correto? Não!

Pelo menos não deveria ser assim. Isso porque quando construímos relações sustentáveis, o líder pode e deve convidar seu time para se movimentar. Dessa forma, ele consegue compartilhar responsabilidade, autonomia e também a liderança. E haverá momentos em que ele não estará em nenhum dos lados. Aliás, não há lados, o que existem são forças que combinadas produzem energia necessária para a produção dos resultados que serão sustentáveis. Talvez o líder esteja no meio da gangorra gerando impulsão ou até controlando a impulsão da equipe, gerando estabilidade para o time.

E o que permite o líder promover esses movimentos? São ao menos, dois valores da espiritualidade, confiança e pertencimento. O primeiro diz respeito àquilo que estamos construindo diariamente com as equipes, o que permitirá ter conversas abertas e transparentes. O segundo diz respeito ao sentimento de fazer parte, ao pertencimento, sobretudo, a atribuição dada aos resultados alcançados coletivamente.

Contudo, quero compartilhar um dos maiores riscos que a gangorra traz para aqueles líderes que não promovem interação.

Num processo natural o líder tende a ficar mais tempo na parte alto da gangorra, mas não deve.

Sustentabilidade na Liderança, o Efeito Gangorra!

Imagine que você tem uma equipe de peso, show!!! E que ela te mantém o tempo todo no topo, e você fica tão acomodado que se esquece de interagir com a equipe. Aliás você já sabe o que vai acontecer quando a equipe te abandonar, não é mesmo?

Fortaleça o laço com a equipe, crie relações sustentáveis, praticando confiança, respeito, justiça e pertencimento, que são valores da espiritualidade. Líderes Espiritualizados criam conexões extraordinárias e naturalmente produzem resultados exponenciais e sustentáveis.

Agradeço seu tempo e atenção e ficarei honrado com seus comentários, considerações.

Fiquem à vontade para compartilhar com os amigos.

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre Sustentabilidade na Liderança? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em responder.

Beijo no coração e abraços!

Adilson Souza, PhD
CEO e Fundador da Estação Liderança
https://estacaolideranca.com.br

Confira também: Contribuições da liderança na saúde mental e na humanização das relações

 

Adilson Souza é pai de duas crianças e um adulto, marido e filho. Também é PhD pela Florida Christian University e tem mais de 30 anos de experiência e desenvolvimento do fator humano nas organizações. Como coaching e mentoring já atendeu mais de 1.000 empresários e executivos. É professor nos cursos de pós=graduação da ESPM, FGV, Florida Christian University e Ibmec. Realizou palestras e treinamento para mais de 350 mil pessoas no Brasil e exterior. Autor do livro Liderança e Espiritualidade: Humanizando as relações profissionais. CEO da Estação Liderança
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa