Seja vencedor, na hora e da forma certa!

Quais são os três principais fatores que levam um empreendedor a ser vitorioso? Confira aqui três conselhos de Marketing que não podem ser esquecidos, mas, ao contrário, devem ser bastante praticados!

Muito já se tratou aqui nesta revista, pelos meus artigos e os de colegas que postam suas ideias regularmente, quanto à questão do sucesso ao empreender um projeto, um negócio ou mesmo liderar equipes em empresas. Ainda que o conceito de sucesso seja complexo, pois cada pessoa pode ter a sua específica forma de determinar o que é e como reconhecer, uma coisa é certa: no momento e na situação correta, cada um saberá celebrar sua vitória.

Nesse sentido, hoje quero tratar de interessante abordagem publicada na Harvard Business Review, consolidada a partir de um grupo de debates do sítio 40billion.com (lançada em 2008, 40billion é uma plataforma para empresários e empreendedores compartilharem informações sobre tópicos de interesse profissional, incluindo a captação de recursos de investimentos). Para aqueles que vierem a ter vontade de conhecer mais sobre essa plataforma, assistam à apresentação em vídeo, ou entrem no site, façam seu cadastro e comecem a participar das atividades ali disponíveis.


Link original: https://www.youtube.com/watch?v=vBEBn3r_brU

Continuando, o debate que hoje me inspirou quis especular sobre os três principais fatores que levam um empreendedor a ser vitorioso (repito que vale apenas em uma avaliação padrão, pois os critérios de sucesso e vitória não são universais). Ninguém questiona que o espírito empreendedor é o que molda a economia dos países, porém é difícil moldar qualquer coisa se o público, o mercado-alvo, os clientes e consumidores nada souberem sobre produtos ou serviços. Portanto, eis aqui três conselhos de marketing que não podem ser esquecidos, mas, ao contrário, devem ser bastante praticados:

1) Defina bem quem é o cliente ou consumidor. De acordo com uma citação famosa do comediante americano Bill Cosby, “não sei a chave do sucesso, mas a chave para o fracasso é tentar agradar a todos“. A mensagem central é que um negócio não consegue ser tudo para todas as pessoas. Há chances muito maiores de fazer a conexão com um cliente ou consumidor se for explorado, especificamente, quem ele é e o que deseja. Grande parte do processo de construir sua marca estará em fazer escolhas difíceis ao segmentar a melhor e, potencialmente, mais fiel base de clientes ou consumidores. Quanto mais focado, será tanto mais fácil criar essa experiência personalizada que tornará a marca indispensável para aqueles que constituirão o seu mercado-alvo.

2) Determine seu benefício emocional. Fatos e números funcionais são apenas parte da história do relacionamento a ser construído, e as chances são de que eles sozinhos não diferenciem o seu negócio dos de seus concorrentes. Mas, ao descobrir como atingir a emoção e o sentimento dos clientes ou consumidores, estará aberta uma porta para a profícua construção da experiência com a marca. A principal e mais impactante ação que o projeto de marketing pode fazer é contar uma história que crie expressiva conexão emocional.

3) Crie a experiência consistente. Marketing, incluindo a mídia social, é sobre criar experiências que agregam valor à vida de seus clientes ou consumidores. O truque é aplicar essa experiência em todos os pontos de contato para que a marca seja consistente em cada interação. Tudo é um ponto de contato – até a logomarca, os funcionários e a equipe de atendimento ao cliente, o site da empresa e até mesmo seus perfis nas redes sociais. Se os clientes ou consumidores – ou até mesmo os funcionários – forem solicitados a montar um quebra-cabeça de seu negócio (história, missão, visão, valores e proposições de valor – ou diferenciadores) eles conseguem fazer isso?

Finalizando, eis aí o mais importante enigma que a ação de marketing deve proporcionar, indo além de ofertas, vendas e descontos. Deve-se unir peças como as de um quebra-cabeça, fortalecendo a cultura interna e a identidade da marca junto aos clientes ou consumidores, sendo que esse jogo depende de todos conhecerem o valor de cada peça e a devida posição no tabuleiro dos negócios.

Mario Divo Author
Mario Divo tem incrível experiência profissional, tendo chegado a meio século de atividade ininterrupta, em 2019. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo da plataforma Dimensões de Sucesso, acumulando com o comando da MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa