fbpx

Secretariado: Como manter relações sustentáveis e preservar a saúde mental?

É inegável as contribuições dos profissionais do secretariado às organizações e lideranças, porém muitos adoecem por causa de tanta pressão. Como preservar a saúde mental destes profissionais?

Secretariado: Como manter relações sustentáveis e preservar a saúde mental?

Secretariado: Como manter relações sustentáveis e preservar a saúde mental?

É inegável as contribuições dos profissionais de secretariado às organizações e lideranças.

De fato, sempre nos lembramos das Secretárias em seu dia, 30 de setembro.

Esses profissionais trabalham de forma silenciosa, e em boa parte de seu tempo sob muito, mais muito barulho. Pressão, prazo, tempo, urgências, prioridades, produtividade etc. Ao meio de tantas remarcações, pesquisas, cancelamentos, retrabalhos, é assim a vida desses profissionais, tão exigidos e por vezes não tão valorizados como deveriam.

Assim como eu, você deve conhecer alguns secretários e secretários impecáveis em suas posturas e organização. Admiráveis por saber lidar com tamanha diversidade de tarefas e perfis de executivos. E muitas vezes me perguntei: mas como aguentam tudo isso?

Resiliência, Inteligência Emocional, além disso, outras competências técnicas são fundamentais para ocupar essa posição. Ao longo do tempo tenho percebido, de fato, uma evolução nesse papel e função, ocupando cada vez mais um papel de assessoria desses executivos. Ainda não conheci nenhum líder extraordinário que tivesse uma secretária mediana, inclusive, parte deles são incluídas nos pacotes de contratação ou transferências.

Ao lado disso, você certamente já presenciou algumas delas adoecerem por serem tão exigidas a ponto de afetar sua saúde física e mental. E boa parte desses resultados poderia ser atribuído aos líderes, ou melhor, chefes workaholics, não é mesmo?

E por que tudo isso acontece?

Por dois motivos aparentes: falta de limites e acordo de convivência. Parte dos líderes pensam e agem como esses profissionais tivessem à sua disposição 24 horas por dia, aliás 25 horas. E ao lado disso, a disposição, a disponibilidade e a capacidade de servir das Secretárias fazem com elas sejam exigidas nesse tempo. É claro que me refiro a uma rotina dinâmica, mas a exceção não pode virar regra. Mas muitas vezes vira.

Certamente você conhece esse clássico do cinema “O Diabo Veste Prada”

Cabe a esses líderes e profissionais colocarem os limites, e sabe o por quê? Junto com esse profissional, há um ser humano que tem necessidades, sonhos, metas e objetivos; e quando tudo isso fica para um 2º, 3º ou 10º Plano, há um forte indicador de que algo está errado.

Este profissional é um impulsionador de resultados, por isso trazer a melhor condição para ele é fundamental.

Conheço histórias de parcerias fantásticas que duraram uma vida toda. E conheço e recomendo a história de uma Secretária que construiu uma carreira e conquista a posição de General Manager. Eu me refiro aqui à Patrícia Fernandes, que para mim é uma referência do que se propõe esse artigo.

Quando criamos relações sustentáveis, alimentamos a confiança com nosso líder e toda a rede de relacionamentos. Nossa postura e posicionamento faz com que seja respeitado e merecedor do respeito daqueles que convivem conosco.

Ao lado disso, o profissional de secretariado é um estudioso e pode aproveitar os aprendizados que tem com esses líderes. Além disso, também ensiná-los porque muitas vezes é isso o que fazem. Provavelmente os chefes jamais admitiriam isso, já os líderes fazem questão de reconhecer.

Ao longo do tempo essa função ganhou ampliação de esboço e atuação.

Valorize esse profissional, não somente no seu dia, mas no dia a dia!

Faça um exercício de gratidão, agradeça as Secretárias que fizeram e fazem diferença em sua vida!

Deixe aqui seus comentários, reflexões e críticas. E caso queira presentear seu time de secretárias, conheça nossa Roda de Conversa “A Neuro Secretária e o seu bem-estar”.

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre como preservar a saúde mental dos profissionais do secretariado e manter relações sustentáveis? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em responder.

Beijo no coração e abraços!

Adilson Souza, PhD
Pai do Thiago (29), Liz (7) e Lui (5)
CEO e Fundador da Estação Liderança
https://estacaolideranca.com.br

Confira também: Paternidade & Espiritualidade: Sustentabilidade nas Relações

 

Adilson Souza é pai de duas crianças e um adulto, marido e filho. Também é PhD pela Florida Christian University e tem mais de 30 anos de experiência e desenvolvimento do fator humano nas organizações. Como coaching e mentoring já atendeu mais de 1.000 empresários e executivos. É professor nos cursos de pós=graduação da ESPM, FGV, Florida Christian University e Ibmec. Realizou palestras e treinamento para mais de 350 mil pessoas no Brasil e exterior. Autor do livro Liderança e Espiritualidade: Humanizando as relações profissionais. CEO da Estação Liderança
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa