fbpx

Se prepare para o mundo VUCA

Você está preparado para o mundo VUCA? Ou as empresas se adequam às novas realidades de mercado e profissional ou estarão fadadas ao fracasso!

Você está preparado para o mundo VUCA? Muitos vão se assustar com a descoberta de mais um novo termo, na qual o conhecimento já é antigo, pois se refere às iniciais de quatro palavras em inglês ― volatile, uncertain, complex e ambiguous, que em português corresponde a – volátil, incerto, complexo e ambíguo. O conceito VUCA em si, surgiu em 1998, após a divulgação de um relatório apresentado pela U. S. Army War College, nos Estados Unidos, a partir do objetivo de avaliar como a era da informação, caracterizada pela velocidade das transformações, impactaria nas ações militares após a Guerra Fria.

Desta forma, considerado um importante conceito, principalmente, para quem quer se adequar a um mundo corporativo cada vez mais incerto e cheio de desafios, uma vez que, a ideia, atualmente, é aplicada para ajudar na compreensão do imprevisível mundo corporativo. Para entender o mundo VUCA, é preciso também entender a geração millennials, termo que se refere às pessoas que nasceram entre 1980 e 1990, período de grandes avanços tecnológicos e da expansão da Internet. Esses dois fatores influenciaram muito no desenvolvimento dos millennials, grupo que deve mudar o mundo mais do que qualquer outro.

Assim, ou as empresas se adequam às novas realidades de mercado e profissional ou estarão fadadas ao fracasso em suas ações. Pois é difícil definir, se o mundo VUCA exerce influência sobre os millennials ou se ocorre o contrário, o fato é que ambos estão presentes mais do que nunca nos negócios.

A aplicação das premissas do VUCA no ambiente corporativo é constante no mundo atual, por oferecer interessantes resultados. A razão disso é que a ideia prevê uma atuação em um cenário instável e contraditório. As empresas que acompanham essa perspectiva acabam se beneficiando, pois podem se preparar de forma mais eficiente para lidar com desafios desconhecidos.

Menos global e mais individual, o conceito também reforça a necessidade de os gestores e colaboradores desenvolverem habilidades específicas para atuarem em condições imprevisíveis. Abaixo, destacamos de que maneira os 4 itens do VUCA, podem ampliar a visão tanto da companhia quanto de cada um dos envolvidos nela:

  • Volatilidade – A volatilidade no mundo VUCA pode ser entendida pelas constantes mudanças e pela rapidez com que acontecem. Uma das provas disso é que o tempo para a implementação de determinadas tecnologias está cada vez menor.
  • Incerteza – Como as mudanças ocorrem de forma tão rápida, é preciso ponderar a eficácia das análises dos dados apresentados no presente para, assim, traçar ações futuras. Afinal, existem tantas variáveis que é difícil criar planos enrijecidos na expectativa de ter um resultado específico. Também é importante gastar menos energia com previsões. O planejamento, agora, deve ser feito para preparar a companhia para lidar com o desconhecido.
  • Complexidade – Dentro do conceito VUCA, a complexidade diz respeito às inúmeras formas de conexões que agem de maneira interdependente. A ideia de causa e efeito, muitas vezes, não acontece de forma direta. Com isso, modelos tradicionais e burocráticos de negócios passam a agir com dificuldade em cenários mais difusos.
  • Ambiguidade – Como a própria definição da palavra indica, uma única coisa ou situação pode ter diversos lados, que não são certos ou errados. O motivo disso é que nem sempre as evidências são suficientes para determinar um único significado.

Para se adequar a esse novo mundo, o profissional deverá buscar capacitação e entendimento, sendo necessário, aprimoramento em diversas áreas, nas quais destaco a necessidade de uma melhor compreensão do mundo e de sua área de atuação, com clareza e entendimento dos objetivos do negócio.

Também é fundamental que se tenha empatia com as pessoas, entender suas necessidades e realidades, sem contar com uma grande necessidade de agilidade, pois as informações estão chegando e a demora em absorvê-las, poderá ocasionar no despreparo. Em resumo, o segredo para a sobrevivência no mundo atual, consiste na capacidade de se adequar rapidamente, às mudanças e fazer dessas, um diferencial para o profissional e para o negócio.

Reinaldo Passadori é fundador, palestrante e CEO da Passadori Educação e Comunicação, especialista em comunicação e mestre em neuromarketing pela FCU – Florida Christian University. É idealizador e apresentador do programa Comunicação Executiva, no qual promove entrevistas e debates do mundo corporativo. Com 33 anos de história formou mais de 100.000 pessoas na habilidade da comunicação verbal, não verbal e liderança. É Autor dos livros Comunicação Essencial, As 7 Dimensões da Comunicação Verbal, Media Training e Quem Não Comunica, Não Lidera.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa