Reconstrua a si mesmo, sempre!

Os últimos dias têm sido tensos. Tudo parece mais difícil, complicado, duro e áspero. As coisas acontecem e um gosto amargo surge. Seus planos patinam. Sua boa intenção é minada com sucessivos resultados não aguardados, resultados que te desmotivam. Nessa hora, o que você faz?

1672
1672

Os últimos dias têm sido tensos.

Tudo parece mais difícil, complicado, duro e áspero. As coisas acontecem e um gosto amargo surge. Seus planos patinam. Sua boa intenção é minada com sucessivos resultados não aguardados, ou seja, resultados que te desmotivam.

Aposto que isso já aconteceu com você também.

Nessa hora, o que você faz?

Você reclama? Reclamar é um ato natural que serve de escape para a frustração de uma expectativa boa que você criou a respeito do seu objetivo não atingido.

Fica triste? Algumas pessoas somatizam o insucesso em forma de tristeza. A baixa de energia é transformada em algo frio que toma conta da gente e tira nossas perspectivas, motivação, disciplina e foco.

Fica nervoso? Da mesma maneira que a tristeza, o nervosismo é apenas uma das várias formas de botar para fora o que vem te consumindo por dentro. Não?

Pois é. Que bom que somos assim. E que bom que podemos aprender com tudo isso. É realmente complicado olhar o lado positivo de tudo após sofrer com vários lados negativos, um atrás do outro. Porém, o que nos levará ao nosso próximo nível não é o que te trouxe até o ponto onde você está hoje. É seu papel (e meu também) respirar fundo, olhar para frente, confiar em si mesmo e seguir adiante, por mais que doa, por mais que seja difícil e por mais que você, pisoteado pela sua autocobrança, tenha a mais absoluta certeza de que o mundo parece estar contra você.

Como eu disse, os últimos dias têm sido tensos, densos, pesados. Porém, é na dificuldade que evoluímos. São situações de stress que, historicamente, fazem as pessoas saírem da sua zona de conforto para conseguirem alívio. Foi assim no passado, é assim hoje e será assim sempre.

Quer um exemplo? Busque na mente por histórias de pessoas que perderam tudo. No calor do momento, o sofrimento e a emoção dominavam as reações. Porém, após algum tempo, elas ressurgem como fênix, vibrantes como sempre e fortes como nunca em busca da reconstrução.

Olhando por esse prisma, situações estressantes podem e nos fazem crescer melhor e mais rápido. Justamente porque o incômodo nos tira do lugar. E, em busca de um mar mais calmo, a melhor decisão é atravessar a tempestade que vem ao nosso encontro ao invés de tentar fugir dela já que, atravessá-la é, com certeza, o caminho mais rápido para encontrar o sol do outro lado.

Ficaremos todos bem. Essa é a maior certeza para pessoas que, como nós, trabalham focadas no plantio do bem.

Até a próxima!

Rodrigo Pace Author
Rodrigo Pace tem mais de 17 anos de experiência profissional em TI, atuando como Consultor na Telefonica Vivo há mais de 10 anos. Certificado PMP. Coach especialista em Profissionais de TI, Escritor, Palestrante, Professor e Empreendedor Digital. É formado em Bacharelado em Ciência da Computação pela Unesp e possui MBA em Gestão de TI pela FIAP. Criador do projeto Desafio LinkedIn que já atendeu mais de 3.300 alunos gratuitamente proporcionando maior valor, resultados e visibilidade profissional para as pessoas dentro do LinkedIn.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa



Loading cart ...