fbpx

Quer dominar seus instintos? Use sua inteligência!

Impulso, uma palavra simples que junto à ação pode trazer grandes consequências que podem ser positivas ou negativas. O que determinará é a sua inteligência diante às situações. Como controlar os impulsos interiores que te fazem agir inconscientemente?

“A razão, reinando sozinha, restringe todo impulso; e a paixão, deixada de si, é um fogo que arde até a sua própria destruição” (Khalil Gibran, filósofo)

Impulso, uma palavra simples que junto à ação pode trazer grandes consequências que podem ser positivas ou negativas. O que determinará é a sua inteligência diante às situações.

A intenção do impulso é de proteção e suprir a necessidade do momento independentemente de qualquer processo lógico e racional.

Como controlar os impulsos interiores que te fazem agir inconscientemente?

Usando a inteligência, que é a capacidade de conscientizar, compreender e aprender.

Conscientizar:

É ouvir as vozes interiores, dar atenção ao diálogo interno que passa em sua mente antes e depois do ocorrido, pois no momento da ação impulsiva a mente não está consciente.

Se possível, escreva o que vem à mente, para alinhar com o próximo passo.

Compreender:

Que tipo de situação ou comportamento desperta o seu impulso?

Esse instinto vem para suprir uma carência, qual seria?

Aprender:

No momento em que você identificou a razão do seu impulso (consciência), que tipo de situações geraram essa impulsividade e como pode “resolver” essa carência (compreender), fica evidente o que precisa ser feito para que seus comportamentos sejam mais coerentes com a maneira que você deseja ser.

Exemplo:

Instinto: Ciúmes.

Consciência: Agir de forma agressiva por um ato que gerou ciúmes.

O que despertou?: A atenção demasiada para alguém.

Carência identificada: Falta de segurança, desvalorização do meu ser e vulnerabilidade.

O que podemos aprender? A partir do momento que existir o reconhecimento das qualidades, pontos positivos da relação e uma conversa madura sobre a situação, a pessoa pode sentir-se menos vulnerável e mais confiante para lidar com esse instinto.

Grande abraço,

Mayra Soares

Mayra Soares Author
Mayra Soares tem 11 anos de experiência profissional em Gestão e Desenvolvimento de Pessoas. É Mentora pela Erlich Consultoria, Trainer Comportamental pelo Instituto de Formação de Treinadores (IFT), Master Coach com especialização em Business and Executive Coaching e Professional and Self Coaching, Consultora Analista Comportamental e Avaliação 360º certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Behavioral Coaching Institute (BCI), International Coaching Council (ICC), European Coaching Association (ECA), Global Coaching Community (GCC), International Association of Coaching (IAC), Metaforum International e International Association of Coaching Institutes, Practitioner em PNL pela SCORE e Leader Coach pela Ellite Consultoria. Graduada em Gestão de Recursos Humanos, Pós-graduada Docência no Ensino Superior e Pós-Graduanda em Essencial Master Coaching. Coautora dos livros COACHING NAS EMPRESAS – Estratégias de Coaching para o ambiente corporativo e RH Trabalho e Aprendizado.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa