Quando andamos com os valores de outras pessoas, nós nos perdemos de nós mesmos!

Sua vida é maravilhosa, você tem um ótimo trabalho, ganha bem, tem uma família que te apoia, mas ainda assim sente que falta algo? Você já parou para pensar o que realmente faz sentido e importa para você?

Querido leitor, em algum momento da sua vida, você já parou para pensar o que realmente faz sentido e importa para você?

Sua vida é maravilhosa, você tem um ótimo trabalho, ganha bem, tem uma família que te apoia, mas ainda assim sente que falta algo?

Até entender o que está faltando, o que você realmente deseja é um momento angustiante, de inseguranças e incertezas, não é mesmo?

Se já passou por isso ou ainda se sente desta forma, algum âmbito da sua vida está em desarmonia com a sua essência, e está tão encoberto que você não consegue enxergar.

Nessas horas, inconscientemente você sabe que falta algo, mas ainda não tem consciência do que está faltando! Se você se encontra nesta situação te convido para uma reflexão!

Neste caso é preciso estar disposto a superar bloqueios para ir à busca de um autoconhecimento.  Porém este é um processo doloroso, de lapidação, utilizando um estado mental que influencia os sentimentos e ações.

Para iniciar este processo sugiro refletir:

  • O quanto resolver este dilema, de ir à busca do que te faz sentir pleno e realizado é importante para você?
  • O que você ganha e o que você perde se seguir em frente?
  • O que você poderia fazer hoje para se sentir melhor?
  • O quão disposto e comprometido você está com este processo de autoconhecimento?
  • Quais são os bloqueios que podem dificultar ou impedir suas ações?
  • Você consegue dominá-los sozinho?
  • Se sim, como eles podem ser superados?

Organize suas ideias e sentimentos, reflita sobre tudo isso, controle suas inseguranças e ansiedade, pense em coisas positivas, pois não será um processo fácil, mas garanto que no final será gratificante.

Buda já dizia “A vida é um eco. Se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emitindo”.

Uma vez decidido seguir em busca deste autoconhecimento é preciso estar comprometido consigo mesmo e iniciar outras buscas internas necessárias para a autoanálise, como por exemplo:

  • Quais são os seus valores? Lembre-se que quando andamos com os valores de outras pessoas nós nos perdemos de nos mesmos!
  • O que você acredita ser essencial para a sua vida?

Escreva como se estivesse fazendo um brainstorm, a partido do momento que escrevemos, fica muito mais fácil assimilar!

Quando você conseguir se conectar com a sua essência e direcionar atitudes, pensamentos e sentimentos para alcançar seus objetivos, você estará apto a agir na direção das suas metas mais ousadas.

Um grande abraço,

Graziela Heusser Azeredo

Graziela Heusser Azeredo é Diretora e Fundadora da GHA Gestão de Negócios. Atua como Coach de Carreira e Negócios, contribuindo para o desenvolvimento das habilidades do Ser Humano e das organizações, para que eles possam usar suas habilidades em potencialidade máxima, gerando resultados positivos para a concretização dos seus objetivos. Formação Técnica Publicitária pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, Bacharel em Administração com ênfase em Marketing pela Universidade Paulista, especialista em Comunicação pela Fundação Cásper Líbero, Certificação Green Belt e Personal and Professional Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching, além de outros cursos de extensão nas áreas de Marketing, Gestão de Negócios e Melhoria de Processos.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa