fbpx

Profissional liberal não viverá cem anos – Como controlar as finanças?

Dominar o controle das finanças pode ser crucial para o sucesso do profissional liberal. Mas como fazer isso principalmente no cenário que vivemos?

Profissional liberal não viverá cem anos - Como controlar as finanças?

Profissional liberal não viverá cem anos – Como controlar as finanças?

Vivemos em um momento atípico para todos e com um grande impacto para os profissionais liberais, que em muitos casos estão sem poder trabalhar direito e sem projeções para o futuro financeiro.

Sendo assim, decidi falar sobre esse tipo de escolha profissional e, principalmente, sobre como lidar com a questão financeira a partir de agora, que, neste caso, deve ser feita com ainda mais cautela e planejamento. O problema é que muitos desses profissionais acreditam que viverão de forma ativa por mais de cem anos.

São muitos os profissionais que se encaixam nesse estilo de vida, que amam o que fazem e que acreditam que continuarão a exercer sua profissão até o fim da vida, mas, infelizmente, em muitos casos isso não será real.

Entretanto, as orientações práticas que irei explanar ao longo do texto servirá para essas pessoas que precisam criar um planejamento financeiro para o futuro, afinal de contas, os tempos são difíceis e exigem mudanças em relação ao uso e à administração dos recursos financeiros.

Primeiro, vamos definir o que é ser um profissional liberal. Muita gente confunde com autônomo, mas não é a mesma coisa. Qualquer pessoa pode ser um autônomo, tendo ou não qualificação profissional; basta prestar algum serviço, vender algo, sem ser empregado de alguma empresa.

O profissional liberal, por sua vez, também trabalha por conta própria, mas se graduou em algo e trabalha nessa área, sem carteira assinada. Exemplos: jornalistas, designers, advogados, dentistas, médicos, arquitetos, etc.

Vamos falar então sobre algumas vantagens de ser um profissional liberal:

  • Pode garantir uma renda maior;
  • Não sofre os impactos diretos do desemprego, por não depender das vagas disponíveis no mercado;
  • Consegue fazer seu próprio horário (flexibilidade);
  • Tem poder de decisão e liberdade.

Parece tentador, claro, mas o que é considerado uma vantagem pode se tornar em uma grande desvantagem, como se mostrou nesta pandemia em que vivemos, se não controlado com educação financeira o planejamento pode desandar. Estou falando da renda variável. A quantia de dinheiro pode ser muito boa em alguns meses – melhor do que um colaborador fixo de empresa –, mas, em outros meses, a receita pode não ser suficiente para arcar com os compromissos financeiros do mês.

Caso tenha um imprevisto ou aconteça algo que te impossibilite de trabalhar e conseguir sua renda – infelizmente, ninguém está livre disso –, a situação pode ficar realmente muito complicada. Então, dominar o controle das finanças pode ser crucial para o sucesso do profissional liberal.

O que fazer?

Minha recomendação é que busque conhecimentos em educação financeira, por meio de livros, artigos, palestras e até cursos. Para vocês aqui da Cloud Coaching, deixarei uma prática de quatro passos que fará diferença no modo como você enxerga e lida com o dinheiro, a saber:

Diagnosticar

Saber exatamente quais são os ganhos mensais e para onde está indo cada centavo do dinheiro. Uma dica é separar as despesas por categorias; assim, é possível analisar com o que está sendo gasto e diminuir ou cortar os supérfluos e excessos. Terá uma visão micro e macro das finanças, podendo, a partir daí então, fazer planejamentos.

Sonhar

Estabelecer objetivos/metas com clareza e o máximo de informação possível. Liste então, pelo menos, três sonhos: um de curto (até um ano), um de médio (de um a dez anos) e outro de longo prazo (acima de dez anos), sabendo quanto custam e quanto poderá poupar mensalmente para cada um. Uma ideia legal é direcionar, aqueles valores que conseguiu cortar dos gastos do dia a dia, para essa finalidade.

Orçar

Aprender a fazer um orçamento financeiro que priorize os sonhos. Acredito que a maioria das pessoas aprendeu a fazer o orçamento financeiro da maneira errada, realizando a conta Ganhos (-) Gastos = Lucro/Prejuízo. O grande segredo é fazer Ganhos (-) Sonhos (-) Gastos.

Poupar

Guardar parte do que se ganha. Aqui é que tratamos sobre a importância de ter, de fato, uma reserva financeira, especialmente para imprevistos. O profissional liberal só depende dele mesmo, então se não se planejar, não será bem-sucedido. É preciso criar esse hábito, que será extremamente saudável para a vida pessoal e profissional.

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre como controlar melhor as finanças? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em responder.

Reinaldo Domingos
Contador e PhD em Educação Financeira
https://info.dsop.com.br/empreendedores-de-sucesso-franquia

Confira também: Medicamentos aumentam até 10% – saiba o que fazer!

 

Reinaldo Domingos é PhD em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira. Está a frente do canal Dinheiro à Vista, é colunista do de diversos meios de comunicação. Autor de diversos livros sobre o tema, como o best-seller Terapia Financeira e o livro Empreender Vitorioso.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa