Anúncios

Por que ou para quê?

Muitas pessoas investem grande energia e esforço em buscar entender o porquê das coisas. Mas o quanto de fato nos perguntamos PARA QUÊ? Para que devo manter minhas escolhas, ações e padrões?

Você já se pegou pensando no porquê das suas escolhas e ações? Por que tem determinado temperamento? Por que tem os gostos específicos? Por que fala no tom que fala? Por que escolheu os amigos e pessoas que escolheu para ter a sua volta? Por que escolheu a profissão que escolheu, ou o negócio que escolheu?

Muitas pessoas investem grande energia e esforço em buscar entender o porquê das coisas. Mas o quanto de fato nos perguntamos PARA QUÊ? Para que devo manter minhas escolhas, ações e padrões?

Apesar da recente onda destacando a importância de traçarmos metas e objetivos, ainda são poucos os que costumam pensar sobre este direcionamento. Dos que olham para o futuro, boa parte aponta uma direção sem verdadeiramente refletir para onde pretende ir, o que pretende viver.

Fomos acostumados a analisar demasiadamente o passado, perdendo energia e esforços vitais para a construção do nosso futuro. Talvez este fato explique as crescentes estatísticas de depressão e desânimo em idades cada vez mais jovens.

E qual a consequência? Como já dizia o coelho no filme da Alice, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve. Se não sabe o para que está agindo, qualquer resultado é possível. E, talvez este fato explique as crescentes estatísticas de ansiedade e insatisfação em idades cada vez mais jovens.

Afinal, o que nos impede de decidir? O que nos rouba o protagonismo quanto aos nossos objetivos e motivações?

Nossa educação nos fez acreditar que existe certo e errado. E a expectativa de acertar nos faz invalidar a importância do erro neste processo. A experimentação nos foi roubada. E quando nos vemos diante dos desafios do crescimento, sentimos como se faltasse uma competência. E de fato falta. Não somente uma, mas várias, que deixamos de desenvolver ao longo da trajetória.

A boa notícia é que sempre é tempo de começar. Para isso, basta dar um primeiro passo. Entenda o para que de cada opção e certamente será muito mais fácil sustentá-las.

Sheila Berna Author
⚙️ Sheila Berna
Sheila Berna é Psicóloga pela USP, Especialista em Orientação de Carreira pela USP, Master Coach pela FEBRACIS, Consultora e Palestrante. Com mais de 12 anos de experiência em atendimento individual, há 5 anos trabalha desenvolvendo lideranças e equipes. Residente do Vale do Paraíba, atuou em diferentes projetos da região assim como em São Paulo e Rio de Janeiro. Empreteca, apoia o movimento dos Empretecos do Vale do Paraíba, contribuindo para a organização de eventos relevantes ao empreendedorismo da região.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa