Planejamento de cardápio para uma vida mais feliz!

Quantas vezes você já chegou em casa cansado, sem imaginação e com muita fome? Ao abrir a geladeira, você escolhe algo saboroso e atraente. Então fica a pergunta: Essa refeição saudável?

Quantas vezes você já chegou em casa cansado, sem imaginação e com muita fome?

No momento que você abre a geladeira e vai escolher qualquer coisa disponível, que seja saborosa e atraente, é tudo o que você mais quer, não é? Mas a pergunta é: Essa refeição normalmente é saudável?

Atualmente a vida moderna e a praticidade apresentada nos supermercados e fast foods fazem com que a cada dia que passa muitos fiquem mais preguiçosos e sem imaginação para cuidar da alimentação. Mas quando comem uma comidinha caseira, com gostinho de avó e mãe, logo vem um bem-estar que invade o corpo e a mente, mas logo depois vem o conflito: quem vai cozinhar para mim? Quando irei arrumar tempo para fazer comida, compras e organizar a casa? Essa e outras dúvidas podem ser solucionadas com um “Bom Planejamento”.

E para planejar vamos começar pela definição do local em que você irá fazer suas principais refeições, com a programação das compras, conservação e preparo dos alimentos, e com muito apelo caseiro dos temperos que recarregam as baterias do corpo e da alma com amor e saúde.

Agora vamos definir seu cardápio e algumas dicas de preparo e conservação, não esquecendo que deve ser de fácil execução para o dia a dia.

A compra dos itens para o cardápio deve ser norteada por uma lista de compras, na qual atenda todas as refeições da semana, incluindo o jantar. Na hora de selecionar os itens de hortifruti, escolha os mais frescos, com boa aparência, pois elas irão durar mais na geladeira.

Vamos começar com as saladas, que devem ser lavadas e sanitizadas (com hipoclorito ou água sanitária própria para alimento), secas (na centrifuga de verduras ou no papel toalha) e armazenadas em potes com fecho hermético, para durar de 3 a 5 dias, e se for transportar para o trabalho use potes de vidros bem lavados e esterilizados, com o molho a parte para não murchar.

Continuando nosso cardápio, vamos escolher o arroz e feijão, como opção para a base da nossa refeição durante a semana, que pode ser diversificada na qualidade de ambos alimentos: arroz integral, parbolizado, vermelho, negro, com gergelim, cenoura, enfim, use sua criatividade e o feijão também tem opções maravilhosas, como o preto, carioca, azuki, fradinho. Cozinhe separadamente um pouco de cada item e congele em potes individuais, e para temperar, use temperos caseiros, como cebola, alho, salsinha, manjericão, alecrim, sálvia e pouco sal, até porque não precisa, com tanto sabor das ervas.

Agora você pode escolher uma proteína animal, na qual o modo de preparo requer atenção, pois ele vai interferir no valor calórico e também no sabor. Muitas pessoas me questionam, referindo que os grelhados são secos e tem cara de “dieta”.

Então porque não preparar em uma frigideira antiaderente um acebolado com “cebola roxa“ e depois colocar a carne magra, e temperinhos frescos, como alecrim, manjericão, salsinha. Você vai perceber que como um bife ou um picadinho podem ter um sabor diferente.

E as famosas guarnições, eu preciso comer aquela verdura e legumes cozidos todos os dias? Depende se você caprichou na salada, e se você consegue sempre diversificar seu prato colorido sem o consumo dos refogados, que podem ser assados. Experimente assar a abobrinha fatiada bem fina, com limão, azeite, sal e folhas de hortelã, sem exagero, e depois coloque na geladeira como um antepasto para acompanhar o arroz e feijão.

Estamos indo bem, não é?

Agora coloque na lista de compras frutas a mais, que podem ser picadas, como o abacaxi, melão, melancia para suco. Essas opções farão que você não consuma mais “sucos” de caixinha, com a desculpa que não tem fruta em casa.

Cuidar da sua saúde, requer planejamento e foco. Espero que você a considere como uma prioridade na sua vida o quanto antes, e verá que a prevenção é muito mais importante do que tratar um problema de saúde mais tarde!

Um grande abraço,

Daniela Cierro

Daniela Cierro é Coach, Nutricionista. Personal Diet e Sócia-diretora da Sociedade Brasileira de Personal Diet de São Paulo, uma empresa que acredita no atendimento personalizado para a solução dos problemas relacionados à Nutrição, utilizando-se das ferramentas do Coaching aliadas à Ciência da Nutrição.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa