fbpx

PIX – Cuidados Para Não Virar Mais Um Problema

Apesar de bastante simples de se utilizar, o PIX pode incentivar ainda mais o consumo compulsivo da população, fato que leva milhões de pessoas ao endividamento.

PIX – Cuidados Para Não Virar Mais Um Problema

PIX – Cuidados Para Não Virar Mais Um Problema

A ferramenta financeira do momento é o PIX. Em uma primeira análise, é uma grande evolução em nosso sistema financeiro, possibilitando pagamentos instantâneos que deve substituir o TED e o DOC.

É importante saber que o PIX já entrou em funcionamento na chamada Fase Restrita, que foi até o dia 15 de novembro. Nessa fase a movimentação se limitou a apenas alguns clientes bancários, que realizaram operações de pagamento, em horários limitados.

Entretanto, a partir do dia 16 essa nova opção passou a funcionar a todos os clientes cadastrados todos os dias, 24 horas. Basta cadastrar uma chave no novo sistema para poder receber as transferências. Se por um lado essa novidade amplia muito as opções de pagamentos e transferências bancárias, sem custos. Por outro lado, também existem riscos.

O que mais me assusta é que essa é uma nova ferramenta para facilitar os gastos desenfreados. O PIX é bastante simples de se utilizar e pode incentivar ainda mais o consumo compulsivo da população. Esse é um fato que já é bastante alto e leva milhões de consumidores ao endividamento. Portanto, as pessoas precisam ter muito mais cuidado na hora das compras.

Também ressalto sobre pontos preocupantes relacionados a golpes financeiros, simplificados com essa nova ferramenta. Além dos cuidados de segurança no uso de aparelhos de smartphones, com travas e maiores proteções, bem como cuidado em relação às senhas.

A ferramenta é interessante, mas grande parte da população deve se atentar para um problema que vem ocasionado problemas já há anos. O problema da facilidade de uso de ferramentas financeiras e a falta de educação financeira.

Se não utilizá-lo com consciência o PIX pode ser o ocasionador da entrada de milhões de pessoas para o cheque especial e outras linhas de crédito. Desse modo, aumentando ainda mais índices que já são assustadores. A modernidade é importante, mas ela precisa vir acompanhada de conhecimentos, para não termos reflexos não esperados dessas ações.

Infelizmente, nesse período de pandemia, observo uma diminuição de conteúdos relacionados à educação financeira e aumento de formas de compras. Portanto, esta é a hora de potencializar ainda mais ideias como consumo consciente e sustentável.

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre Educação Financeira? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em responder.

Reinaldo Domingos
Contador e PhD em Educação Financeira
https://info.dsop.com.br/empreendedores-de-sucesso-franquia

Confira também: Você não quer melhorar suas finanças? Então adeque seu Padrão de Vida!

 

Reinaldo Domingos é PhD em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira. Está a frente do canal Dinheiro à Vista, é colunista do de diversos meios de comunicação. Autor de diversos livros sobre o tema, como o best-seller Terapia Financeira e o livro Empreender Vitorioso.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa