fbpx

Pensamentos: Uma conversa maluca comigo mesma!

Já não bastava a realidade estar desafiadora, eu ainda me agarro a todos os meus pensamentos. Com quais pensamentos estamos vendo a “nossa” realidade?

Pensamentos: Uma conversa maluca comigo mesma!

Pensamentos: Uma conversa maluca comigo mesma!

Hoje eu ouvi: “Já não bastava a realidade estar desafiadora, eu ainda me agarro a todos os meus pensamentos”

E com essa frase eu fiquei “pensando” … qual realidade? A minha? A dela? A televisionada? A qual realidade estamos nos referindo o tempo todo?

Com quais pensamentos estamos vendo a “nossa” realidade?

Tenho andado muito reflexiva e agarrada a esse pensamento. Sobre como estamos dando solidez a tudo que pensamos.

Já estamos nos acostumando a ouvir falar que Buda nos ensinou sobre a impermanência de todas as coisas, mas ainda nos agarramos a tudo que vivemos e que pensamos.

Isso não é negar a realidade. Mas é buscar olhar para os fatos, e sim, fatos desafiadores estão acontecendo. Pandemia, perdas, dores, medos e ainda assim não controlamos o tal pensamento.

Sem dúvida parece que eles insistem em gritar dentro da nossa cabeça pensando em tudo que já passou e em tudo o que está por vir. Mesmo que isso seja absolutamente impossível de prevermos, de controlarmos, ainda assim gastamos nosso presente pensando em todas essas pseudo realidades.

Mais angustiante ainda é quando encontramos alguém que discorda do que estamos pensando. Ops… como assim? Como essa pessoa pode não entender tudo isso? Como ela não entende o que estou pensando e falando?

Tudo seria mais fácil e quem sabe até seríamos mais felizes.

Mas, sobre qual ponto de vista? O meu!!! É Claro!!!

O mais louco tem sido que agora estou duvidando do que penso.

Tenho tido pensamentos que contestam meus próprios pensamentos.

Cheguei até a achar que poderia ser uma conversa maluca dentro da minha mente.

Será que tem uma parte minha que ouve o que eu penso? Quem está duvidando de quem pensa dentro da minha cabeça? Eu? Quem em mim está colocando em xeque o que eu quero controlar? Quem acha que controla alguma coisa?

E se não bastasse a falta de interação com outras pessoas, eu comecei a ficar muito comigo mesma e então, mais barulho estou ouvindo dentro da minha mente. E você? Se você disse que isso também acontece com você…ahhh…vai ser incrível! Assim, não me sinto só!

Tem momentos que dou risada de mim, ou seja, uma parte minha parece achar graça da outra parte.

Imagina isso acontecendo numa velocidade que te levaria à lua e o corpo sentindo exaustão. Sim, porque ele acredita que estou andando quilômetros com meus pensamentos, porque só hoje percorri todo o meu passado com riqueza de detalhes sobre o que foi a “realidade” do que vivi e ainda por cima estou imaginando infinitas possibilidades do que está por vir.

Claro que estou exausta! Vocês não estão?

No final do dia, depois te meditar para me livrar de todos os pensamentos que tenho escolhido pensar, vou para a cama e penso: Amanhã será um novo dia. Serei mais feliz e tudo vai melhorar.

Afinal, tenho vários planos para o futuro e muito inspirado por tudo que já vivi no passado. Certamente farei escolhas mais conscientes. Viverei plenamente meu dia, não darei tanta atenção para aquela parte minha que pensa que pode controlar tudo.

Vou estar presente! E Vou me relacionar com tudo e com todos com esse pensamento AQUI.

Boa noite para quem nunca pensou assim e para quem pensou.

Mas se você concordar comigo, será muito melhor, é claro!

Gostou do artigo? E você tem ouvido muito barulho dentro da sua mente, muitos pensamentos? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em te ouvir.

Claudia Vaciloto
http://www.nasala.net/

Confira também: Você acha que o Nosso Comportamento é Natural?

 

Claudia Vaciloto é Iniciadora e Sócia da Organização em Rede NaSala, Psicóloga, Mentora Organizacional para Áreas e Executivos de RH, Facilitadora Certificada e Treinadora Oficial no Brasil do Jogo Miracle Choice, baseado no livro Um Curso em Milagres, Facilitadora de Pintura Espontânea baseada na Teoria Point Zero (Esalen Institute Big Sur California) e Imagens Fotográficas para atendimentos terapêuticos (Sedes Sapientes). Fez carreira em RH passando por empresas como Accenture, EDS, VR, Ability Trade Marketing, onde atuou como Diretora de RH pelos últimos 10 anos. Faz treinamentos e vivências comportamentais para empresas e grupos e atendimentos individuais. Formada em Executive and Life Coaching pelo ICI – Integrated Coaching Institute, assina a Coluna Reflexões e Provocações para Revista Cloud Coaching. Co-idealizadora da Plataforma GameYou, que oferece experiências de desenvolvimento através de jogos.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa