fbpx

Pare de Atrair Infelicidade!

Quais são as vozes internas que te assustam nesse momento? Quais palavras ecoam aí dentro e que estão gerando os resultados que você vem colhendo? Como parar de atrair infelicidade?

Pare de Atrair Infelicidade!

Pare de Atrair Infelicidade!

Querido leitor, talvez você ainda não saiba disso, mas a Vida só sabe dizer SIM. Quando eu digo Vida, estou me referindo a essa fonte infinita de amorosidade que rege a existência, a qual muitos chamam de Deus, Universo, Eu Maior…

Mas se a Vida é amorosa e só diz sim, por que algumas pessoas são tão plenas e outras não? O sim é uma palavra neutra que ressoa com a nossa vibração, a forma como nos posicionamos diante dos acontecimentos da vida, ou seja, a nossa reação perante as experiências que vivemos é o que determina o sim ou o não que damos para a Vida. Não basta a Vida ser boa para nós, é preciso que sejamos também, bons para nós e com a vida.

Para aprender a escutar o sim da vida precisamos, antes de mais nada, ouvir a nossa mente para então silenciá-la. Muitas são as vozes internas silenciosas que nos aterrorizam, mas já nos acostumamos tanto com elas que pensamos ser normal.

Quais são as vozes internas que te assustam nesse momento? Olhe para as áreas que não vão bem na sua vida, com certeza existem vozes silenciosas te aterrorizando sem você se dar conta. Se sabemos que palavra tem poder, quais são essas palavras que ecoam aí dentro e que estão gerando os resultados que você vem colhendo? Por trás de cada resultado existe uma série de afirmações, se os resultados são bons, as afirmações são positivas, se são ruins, as afirmações são negativas. É preciso investigar para mudar, pensando nisso eu apresento a você algumas das palavras mais comuns que costumamos dizer sem perceber, espero ajudá-lo(a) a entrar em sintonia com o SIM gigante e amoroso da Vida pra você.

Entendendo o real poder das palavras e criando o seu próprio dicionário da felicidade para não atrair infelicidade.

Muitas palavras têm uma forte carga energética negativa, abaixo eu apresento algumas delas e uma sugestão para substituí-la.

É DIFÍCIL

No dicionário quer dizer “penoso, pouco provável.” Experimente substituir por: É DESAFIADOR, que quer dizer “instigar, propor duelo de combate”. Percebe a diferença? Enquanto a primeira palavra reduz a sua capacidade, a segunda te provoca a experimentar a sua força.

Afirmação: Atingir metas não é difícil, é desafiador.

CULPA

No dicionário tem a ver com crime, “o culpado é o condenado.” Experimente substituir por: É RESPONSABILIDADE MINHA, que quer dizer “aquele que deve cuidar, que busca cumprir com os seus deveres”. Aqui, a primeira palavra te condena e o condenado faz o quê? Nada, ele está preso. A segunda palavra te provoca a assumir o seu poder para mudar.

Afirmação: A culpa não é das circunstâncias, mas a responsabilidade sobre o que vou fazer a partir delas, é minha.

EU NÃO TENHO TEMPO

Essa afirmação comum é um decreto de escassez. Afirmar que não tem tempo é o mesmo que dizer para a vida que não precisa te apresentar novas possibilidades, já que o tempo é fator determinante para qualquer realização.  Experimente substituir por: EU TENHO TODO TEMPO NECESSÁRIO PARA FAZER COISAS IMPORTANTES PARA MIM.

Afirmação: Eu faço o meu tempo e essa não é a prioridade para o meu momento.

EU NÃO CONSIGO

Essa afirmação é um decreto de invalidez, é o mesmo que dizer para a Vida que você não é capaz. Se você não se sente capaz, como é que as oportunidades poderão surgir? Experimente substituir por: EU POSSO APRENDER O QUE EU QUISER.

Afirmação: Estou disposto(a) a tentar aprender como se faz.

EU DEVERIA

Decreto de incapacidade. Como diz Louise Hay, é uma palavra que não deveria existir no dicionário, de tão negativa que é, pois pressupõe que você está fazendo errado. Querendo ou não, você só está fazendo o melhor que consegue com o entendimento, conhecimento e sabedoria que tem no momento. Experimente substituir por: EU PODERIA. “Deveria” vem de obrigação, “poderia” vêm de poder.

Afirmação: Eu posso me abrir para afirmar a vida de maneira mais positiva.

AS PESSOAS SÃO ASSIM…

Atitude de generalização limitante e inflexível. Experimente substituir por uma atitude de autorresponsabilidade: EU SOU ASSIM, EU PENSO ASSIM. Não se pode mudar as pessoas, mas a si mesmo.

Afirmação: Nem todo mundo é igual, assim como eu penso diferente, com certeza outras pessoas também deverão pensar.

EU NUNCA TERMINO O QUE COMEÇO

Atitude de impotência. Experimente substituir por: ESTOU DISPOSTO(A) A MUDAR. Até aqui você pode ter se tornado um exímio procrastinador, mas isso não define quem você é. A todo instante temos a oportunidade de mudar, só precisamos estar vivos para isso.

Afirmação: Eu retomo o meu poder de criar uma vida maravilhosa.

E então, vamos praticar? Comece o seu dicionário de felicidade hoje mesmo, primeiro observando os seus sentimentos, pensamentos e palavras, depois entrando em ação para mudar aquilo que está sendo nocivo para os seus resultados. E nada de atrair infelicidade, não é mesmo?

Para mais conteúdos como esse, acompanhe meu podcast “Eu, Aprendiz de Mim” no Spotify e meu trabalho no Instagram @shirleybrandaooficial.

Gostou do artigo? Quer saber mais como criar o seu dicionário de felicidade e parar de atrair a infelicidade? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em ajudar.

Grande abraço e até o próximo mês!

Shirley Brandão
https://shirleybrandao.com.br/

Confira também: Amor Incondicional: A Base da Liderança

 

Shirley Brandão acumulou mais de cem mil horas exercendo cargos de alta liderança ao longo de seus 31 anos de experiência. É administradora; Especialista em Liderança e Gestão Organizacional pela Franklin Covey, Pós-graduada em Coaching, Liderança e Consultoria pela Organização Condor Blanco/Chile; Master Coach. Desenvolve programas personalizados para líderes utilizando técnicas de Coaching e Mentoring. É sócia-fundadora do Grupo Vivencial Eu Pleno – Terapia e Coaching Vibracional (Brasil/Atacama/Capadócia); Criadora do workshop online Viva Sua Melhor Versão; Facilitadora Internacional do Método Heal Your Life de Louise Hay; É sócia-fundadora do Workshop Outdoor Vivencial A Jornada do Propósito; Conferencista Internacional já tendo ministrado palestras em Londres e Nova York. Certificada MBTI Step I e II. Escritora, autora do livro O Caminho de Shanti – O Perdão Muda Tudo, Editora Hércules. Membro Honorífico da AILB – Academia Internacional de Literatura Brasileira ocupando a cadeira de número 183. Shirley atribui sua ascendência profissional à sua forte paixão pelo desenvolvimento humano. Seu propósito de vida é fazer as pessoas acreditarem que podem voar e assim fazê-lo à altura de seus sonhos.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa