Os TOP 10 alimentos para combater a celulite

Quais são as causas mais comuns para o aparecimento da celulite? Será que só aparece em Mulheres que têm excesso de peso? Confira os TOP 10 alimentos mais eficazes para prevenir e combater esta vilã!

Em primeiro lugar vamos perceber o que é a tão temida e falada celulite, que tantas dores de cabeça dá ao público feminino!

A celulite tem a ver com um processo inflamatório, acabando por ocorrer acumulação de água e gordura nas células. Dando o tão conhecido aspeto “casca de laranja”, pelas ondulações na pele por conta dos nódulos de gordura.

São vários os produtos e cremes que prometem aniquilar de vez esta situação, no entanto tenho de alertar que cremes ou comprimidos, só por si, não vão dar grande resultado.

Tem de se conhecer qual a causa da celulite e qual a melhor estratégia alimentar, para que em conjunto seja possível alcançar os resultados desejados!

Quais então as causas mais comuns para o aparecimento da celulite?

Será que só aparece em Mulheres que têm excesso de peso?

Claramente NÃO.

Existem algumas causas diretas para a celulite, tais como desequilíbrios entre a quantidade de gordura no corpo (podendo também aparecer em Mulheres com peso normal), problemas de circulação, que provocam retenção de líquidos e acumulação em excesso dentro das células e vários fatores externos, como o stress, falta de exercício físico, pouca ingestão de água e, claro, uma alimentação não saudável com predomínio de alimentos ricos em gordura e sal.

Nesse sentido, convém avaliar qual o seu caso e grau de inflamação, de modo a estabelecer qual a melhor estratégia do ponto de vista alimentar.

No entanto, ficam aqui os TOP 10 alimentos mais eficazes para prevenir e combater esta vilã que é a celulite e que se pretende se ver LIVRE de vez do aspeto casca de laranja, convém introduzir na sua alimentação:

  • Frutas ricas em Vitamina C – Laranja, limão, kiwi. A vitamina C é um poderoso antioxidante e anti-inflamatório, que vai ajudar a combater os radicais livres e desintoxicar a pele;
  • Gengibre – pela sua ação anti-inflamatória e termogênica, que vai aumentar o metabolismo e acelerar a combustão das gorduras;
  • Ananás – por ser rico em bromelaína, enzima conhecida por ser eficaz em absorver as gorduras e favorecer a diminuição da celulite e excesso de peso;
  • Abacate – por ser rico em omega 9 e glutationa, que são dois poderosos anti-inflamatórios. O omega 9, por sua vez ajuda a controlar o cortisol (hormônio do Stress), logo vai evitar a acumulação de gordura no organismo;
  • Frutos vermelhos, como as amoras, framboesas, mirtilos e morangos – São ricos em Vitamina C e anti-oxidantes! Mais uma vez, vão permitir desintoxicar o organismo e as células;
  • Chá de cavalinha e centelha asiática – como são chás diuréticos vão permitir uma melhor drenagem das células evitando a retenção de líquidos;
  • Chá verde – além da sua ação diurética, também tem uma forte ação termogênica, ajudando na eliminação das gorduras;
  • Arroz integral – é um excelente alimento para introduzir na dieta de quem pretende eliminar/prevenir a celulite. Por ter baixo índice glicêmico e rico em fibras, vai aumentar a saciedade e melhorar o trânsito intestinal;
  • Algas – por serem ricas em Iodo vão permitir que ocorra uma melhor regulação hormonal, melhorando assim o quadro de celulite, quando a sua causa reside num distúrbio hormonal;
  • Cenouras – são ricas num antioxidante que é o Betacaroteno. Além de ser protetor da pele e conferir um bronzeado mais duradouro, é também responsável por reduzir a inflamação das células e, com isso, uma redução da celulite.

Joana Carvalho Costa
Joana.costa@nutri-coaching.com
www.nutri-coaching.com

Joana Carvalho Costa, licenciada em Ciências da Nutrição com mais de 10 anos de experiência e Coach Certificada, atua como Nutricoach em Clinicas ajudando os seus pacientes a encontrarem um maior equilibrio através de uma alimentação e Mente Saudáveis. Especializada no acompanhamento de Grávidas, adultos e crianças com excesso de peso/obesidade, disturbios do comportamento alimentar e em casos de Fome Emocional. É consultora em revistas na área da Saúde e Bem-estar e é palestrante convidada em Colóquios e Seminários de Nutrição. Mentora e Coordenadora da Especialização em Nutricoaching, em Portugal e Brasil e já formou mais de 100 Nutricionistas e profissionais de Saúde nesta área. O Nutricoaching tem a base da consulta de Nutrição com a vantagem de usar técnicas específicas de Coaching, que visam aprofundar o conhecimento sobre si mesmo, encontrar as verdadeiras causas do desequilibrio alimentar e aumentar a motivação e foco nos resultados.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa