fbpx

O que será que estamos buscando?

O que será realmente importante nas nossas vidas? Será que estamos ouvindo a nossa voz interior? Não seria o momento de provocarmos uma mudança na nossa forma de pensar, de sentir, de querer?

Quase sempre numa roda de amigos surgem assuntos muito interessantes. Gostaria neste artigo poder compartilhar este “bate-papo”. Estávamos nos questionando até onde nós aguentaríamos as pressões diárias? Sejam elas profissionais ou pessoais.

Estas pressões são cobranças internas que fazemos para alcançar nossos objetivos. Muitas vezes nós nem sabemos ao certo se esta busca desenfreada nos fará chegar ao lugar que queremos. Muitas vezes as cobranças são externas vindas de nossos relacionamentos, do nosso trabalho, de situações adversas etc.

Será que temos tempo de parar para pensar se realmente queremos tantas cobranças, sejam elas internas ou externas. Realmente é o que buscamos? Somos atropelados pelo dia a dia. Parece que estamos fazendo as coisas automaticamente.

O que será realmente importante nas nossas vidas? Será que estamos ouvindo a nossa voz interior? Será o momento de provocarmos uma mudança na nossa forma de pensar, na nossa forma de sentir, na nossa forma de querer?

Neste momento surge a dúvida se podemos mostrar quem realmente somos. Todos os dias assumimos vários personagens e representamos vários papéis. Acredito que estamos absorvidos sobre o que os outros nos impõem.

Mas o convite aqui é sair do dia a dia. Vamos parar para pensar. Vamos entrar em contato com aquilo que nos deixa feliz. Pode ser que tenhamos que nos reinventar. Vamos buscar o que temos de melhor em nós e também nos outros. As diferenças devem ser aceitas e trabalhadas.

Ao ouvir nossa voz interior podemos nos surpreender com as respostas. Elas podem fugir totalmente daquilo que estamos acostumados a pensar, sentir e querer.

A sociedade em que vivemos, dita as normas e estabelece o que é correto. Cada um de nós tem princípios que nos torna únicos.

A jornada pode começar agora. Em nenhum momento foi citado que é fácil. Precisamos de coragem, força, foco e determinação.

E de uma forma muito mágica, pelo menos para nós, chegamos a seguinte conclusão:

O que todos nós buscamos é Atenção, Afeto, Apreciação e Aceitação. Queremos o equilíbrio entre dar e receber!

Até o próximo encontro!

⚙️ FiToy
Elizabeth Kassis é Engenheira de Produção com pós-graduação em Varejo, Administração Financeira e Orçamentária e Desenvolvimento Empresarial. Possui Especialização em Formação de Líderes, Consultores e Facilitadores. Certificada no Instrumento MBTI Step I e II. É Empresária e consultora que atua com desenvolvimento de pessoas e organizações. Atuou como Executiva no mercado financeiro (ABN REAL, Santander, Bank Boston, Nacional e Banco Francês e Brasileiro). Líder e agregadora, focada em resultados. Conviveu em ambientes multiculturais, competitivos, inovadores e globais. Atuou durante 6 anos como Conselheira Consultiva do Banco de Investimentos LLA ANDBANK. Trabalha com Mentoring, é Professora e Palestrante.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa