fbpx

O que é Qualidade de Vida para Você?

É estar com os amigos, com a família, fazer uma atividade física, ler um bom livro, uma dieta saudável, viajar, ter um pet... O que é Qualidade de Vida para Você?

O que é Qualidade de Vida para Você?

O que é Qualidade de Vida para Você?

É estar com os amigos, com a família, fazer uma atividade física, ler um bom livro, uma dieta saudável, viajar, ter um pet…

Durante a pandemia, ficamos rendidos e contidos nas nossas opções e assim fomos obrigados a abandonar alguns hábitos e adquirir outros, manter uma vida saudável e segura dentro dessas limitações.

Aos poucos vamos retomando alguns hábitos e criando outros, mas é importante manter o estresse no controle. Para que isso seja possível, precisamos recarregar as nossas baterias, ter um “fio terra” para manter a qualidade de vida.

Eu particularmente, além das atividades físicas, curto cuidar das minhas plantinhas. É uma atividade prazerosa que me ajuda a relaxar e descontrair. Para isso, busco um espaço de tempo na minha agenda para dar atenção a elas, porque embora more num apartamento, não são poucas.

Algumas dicas que podem te ajudar no dia a dia a manter a saúde e evitar o estresse, a saber:

1. Alimentação saudável

Hoje sabemos que uma alimentação saudável é aquela que se encaixa nas suas necessidades e no seu gasto energético. Aquilo que para alguns é bom, pode não ser para você.

Busque conhecer melhor as suas necessidades, faça essa descoberta, combine os alimentos que melhor satisfazem e levem assim ao seu bem-estar.

2. Exercícios físicos

Esse é outro item que precisa ser customizado para a satisfação corporal e mental. Não há duvida que é um hábito que revigora e aumenta a imunidade.

Contribui para a descarga de hormônios saudáveis, consequentemente o seu sono e bom humor melhora.

Algumas pessoas precisam de uma boa corrida ou caminhada todos os dias para colocarem não só o físico em ordem, mas também as ideias.

Outras já precisam de maior concentração como uma yoga ou tai chi, para se aquietarem e se energizarem; alguns precisam de algo mais lúdico como a dança (zumba, salão, forró…); ou até a opção de lutas (Muay thai, Jiu-jtsu, Capoeira…).

3. Organizar a sua rotina

Muitas vezes a desorganização externa exerce uma pressão muito grande na organização interna, por isso tire um tempo para fazer uma lista de prioridade e encaixá-las na sua agenda.

Pensar que precisa fazer tudo ao mesmo tempo, gera ansiedade e interrompe o fluxo de ideias, planejar é a melhor estratégia, mas com a sabedoria de que a qualquer momento podem surgir fatos novos e inesperados que exigem novas tratativas, ou seja ter flexibilidade.

Inclua o tempo para melhorar o seu ambiente, seja pessoal ou de trabalho, relaxar e se cuidar…

4. Relacionamentos

Um tempo para conversar, trocar ideias ou estar com as pessoas queridas é fundamental.

Somos seres sociáveis, essa troca nos traz bem-estar, são elos importantes para os momentos de comemorações, mas também lançamos mão deles nos momentos difíceis.

5. Sentido de vida

Através do autoconhecimento, descubra o que faz você ser quem você é. Qual a sua marca, o que te diferencia. Quais são os seus valores e crenças, do que você não abre mão nas situações limites. Aqueles aspectos que te tornam, de fato, uma pessoa especial.

Ter essa noção te torna um ser integrado, permitindo que você tenha assim maior flexibilidade para lidar nas diversas situações da sua vida.

A verdade é que quando você integra mente/corpo/ambiente, então tudo flui. A sua saúde psicoemocional agradece e diminui o estresse e o desgaste físico.

O importante é entender qual é o “fio terra”, o que lhe dá, de fato, a verdadeira qualidade de vida para manter-se saudável, apesar das pressões do dia a dia.

Não deixe para amanhã o que pode começar hoje…

“Você nunca sabe que resultados virão da sua ação. Mas se você não fizer nada, não existirão resultados” (Mahatma Gandhi)

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre dicas que podem te ajudar no dia a dia a manter a saúde e evitar o estresse? Então, entre em contato comigo. Terei o maior prazer em ajudar.

Natalia Marques
Psicóloga, Coach e Palestrante
http://www.nataliamantunes.com.br/

Confira também: Síndrome de Burnout é reconhecida como Doença Ocupacional

 

Natalia Marques é Psicóloga Clínica, Coach e Palestrante. Formada em Psicologia pela FMU (1981) e em Coaching/ Mentoring Life & Self-Instituto Holos, possui pós-graduação em Recursos Humanos pela FECAP. Tem curso de Meditação Chan do Templo Zu Lai em Cotia. Como Psicóloga Clínica realiza atendimento Psicoterápico de base Psicanalítica, trabalha os sintomas de Estresse, Ansiedade, Depressão, Fobias, Síndrome do Pânico, Síndrome de Burnout, Conflitos Pessoais e Profissionais. É Coach de Desenvolvimento Pessoal, ajuda pessoas a atingirem seus objetivos e metas pessoais e profissionais, para se tornarem mais felizes. Especialista em Saúde Organizacional e Ocupacional, atua ainda como palestrante em temas de saúde, resiliência, trabalho, carreira e pós carreira. Associada da ABRH, ISMA Brasil e SOBRARE. É coautora no livro “Planejamento Estratégico para a Vida”, onde trata o tema da “Resiliência”.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa