fbpx

O perdão liberta

Perdoar é um ato de amor próprio, porque ao perdoar alguém o desconforto do coração é liberado. Ao perdoar você se liberta totalmente da pessoa que te gerou...

824 0
824 0

Perdoar é um ato de amor próprio, porque ao perdoar alguém o desconforto do coração é liberado.

O outro passa a não te atingir, por isto trata-se de um gesto de auto amor. No entanto é claro que não é simples e nem fácil, perdoar. Neste artigo vou sugerir algumas ideias para você colocar em prática, rumo à sua liberdade emocional, porque cá entre nós, ter uma mágoa no coração, além de ser prejudicial à saúde, machuca muito, torna a vida pesada e sem brilho.

Além disso, todas as suas células serão afetadas pelo ressentimento, que a falta de perdão proporciona.

Masaru Emoto fez um estudo com a água e comprovou que após alguns experimentos, ela muda seu formato molecular (visto por microscópio), quando são utilizadas palavras com o teor emocional positivo ou negativo (amor ou ódio).

Quero te proporcionar uma reflexão neste momento: se o corpo humano tem mais água do que parte sólida, imagine, portanto, o que pode causar guardar o ressentimento? Esta reflexão está presente no filme “Quem somos nós”; caso queira assistir vale muito a pena.

Ao perdoar você se liberta totalmente da pessoa que te gerou algum tipo de dano e pode ter uma vida mais leve e satisfatória.

Não precisa ter contato com esta pessoa caso não queira, o perdão acontece em seu coração, não precisa ir até a pessoa e pedir perdão pessoalmente, porque o que realmente importa é você ter soltado a mágoa que estava dentro de você.

Existem mágoas profundas. Dependendo da gravidade da situação, seria muito interessante você contratar um terapeuta para acompanhar o seu processo de liberação desta mágoa, para consequentemente poder perdoar.

De qualquer forma, vou sugerir para você que está lendo este artigo a prática do Ho’oponopono que é uma ferramenta havaiana de limpeza de memórias de dor e perdão. De uma forma prática fale o seu nome e na sequência utilize: Sinto muito, me perdoe, sou grata, te amo. Para aprofundar seu estudo nesta ferramenta sugiro a leitura do livro “Limite Zero” do Joe Vitale e Ph.D Ihaleakala Hew Len.

Também sugiro que pratique meditação, por pelo menos um minuto todos os dias, com a prática da meditação, perceberá que a ansiedade e o excesso de pensamentos diminuirão e consequentemente conseguirá ter mais qualidade de vida.

Um grande abraço.

Até o próximo artigo!

Adriana Mantana

Adriana Mantana é Terapeuta, Escritora e Palestrante. Com formações em Life, Executive e Master Coach (ABC), Terapeuta ThetaHealer® (THINK/Thetahealing Institute of Knowledge), Terapeuta e facilitadora de Barras de Access™ (Access consciousness), Mestre em Reiki Usui, Oneness Deeksha Giver (Oness University). Facilitadora de cursos online e presenciais.
follow me
Neste artigo
Adriana Mantana é Terapeuta, Escritora e Palestrante. Com formações em Life, Executive e Master Coach (ABC), Terapeuta ThetaHealer® (THINK/Thetahealing Institute of Knowledge), Terapeuta e facilitadora de Barras de Access™ (Access consciousness), Mestre em Reiki Usui, Oneness Deeksha Giver (Oness University). Facilitadora de cursos online e presenciais.
follow me

 

Confira abaixo suas publicações:


Participe da Conversa


Loading cart ...