fbpx

O Coaching e a Psicologia Positiva!

A Psicologia Positiva é a exploração científica das condições e processos que levam à ótima saúde e melhor desempenho. Mas o que isso tem a ver com Coaching? Saiba mais na coluna “Dimensões do Sucesso”.

Para muitos especialistas, o Coaching é entendido mais como filosofia geral e de perspectivas do que um estilo particular de intervenção na área de atitudes e comportamentos. E quando patrocinado por uma empresa, o Coaching cria a relação triangular entre o Coach, que fornece o serviço, o Coachee, que recebe o serviço, e a empresa que assume o papel de cliente, já que é ela que paga as contas. Para outros especialistas, o Coaching é a arte que consegue inspirar, energizar e facilitar desempenho, aprendizagem e o desenvolvimento do Coachee.

Em 2001, uma dupla de pesquisadoras (Sheila Kampa-Kokesch  amp; Mary Anderson) publicou um dos estudos mais citados pelos especialistas, verdadeiro guia na abordagem científica do Coaching. Elas concluíram que a história de como o Coaching passou a fazer parte do cotidiano das pessoas, principalmente o executivo, é muito difícil de identificar, pois é bem recente a realização de pesquisas mais avançadas.

Passados mais de dez anos de novos estudos e pesquisas para a construção da teoria em Coaching, hoje ainda há outras lacunas: (a) carência de pressupostos filosóficos para orientar a tarefa de construção de teorias; (b) a ausência de métodos de construção de teoria profundamente pesquisados e verificados, e; (c) a falta de entendimento compartilhado e comum dos conceitos básicos da construção dessa teoria em desenvolvimento de recursos humanos.

A American Management Association definiu o Coaching executivo pela “relação de curto e médio prazo entre gerente (ou líder sênior) e um consultor (interno ou externo), buscando melhorar o desempenho no trabalho”. A APS – Australian Psychological Society interpreta o Coaching como sub-disciplina da Psicologia e o define como “processo positivista aplicado, que se baseia e desenvolve desde abordagens estabelecidas, e pode ser entendido como aplicação sistemática da ciência comportamental, focada no aprimoramento da experiência de vida, desempenho no trabalho e bem-estar de indivíduos e grupos clinicamente sem problemas de saúde mental significativos ou níveis anormais de sofrimento”.

O Centro de Psicologia Positiva Aplicada do Institute of Coaching, nos EUA, desenvolve treinamento e intervenções clínicas com base no campo da psicologia positiva, a qual fornece uma robusta base teórica e empírica para a saúde, a vida e princípios de liderança. Mas o que exatamente é a psicologia positiva?

A Psicologia Positiva é a exploração científica das condições e processos que levam à ótima saúde e melhor desempenho. Ao contrário da Psicologia mais tradicional, que incide sobre a patologia e busca o tratamento que está “errado”, a Psicologia Positiva enfatiza as forças humanas e as experiências positivas para melhorar a vida das pessoas comuns. Ela se encaixa com o que os treinadores, fisioterapeutas, gestores, educadores e líderes têm por missão: criar condições pelas quais as pessoas podem florescer.

Ora, a essência do Coaching não é a de fazer as pessoas crescerem e alcançarem as metas a partir de uma revigorada capacidade de reflexão? Daí o fato de que, hoje, há uma corrente de estudiosos que associam as bases do Coaching às da Psicologia Positiva. A questão que ainda permanece sem resposta, no mundo inteiro, é se o melhor Coach é aquele que tem formação de Psicólogo. Em minha opinião, a resposta é não. Mas quem sou eu para dar a resposta final se essa polêmica claramente existe e as opiniões a favor e contra enchem as páginas de magazines e jornais especializados em Coaching?

Mario Divo Author
Mario Divo tem extensa experiência profissional, tendo chegado a quase meio século de atividade ininterrupta, em 2020. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo das plataformas de negócios MENTALFUT® e Dimensões de Sucesso®, acumulando com o comando da sua empresa MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa