fbpx

Novembro Azul – Abrace esta ideia!

Dia 17 de Novembro é o Dia Internacional de Combate ao Câncer de Próstata. Estatísticas indicam que esse é o 2° tipo de câncer mais mortal entre os homens. Você sabia que um em cada seis homens é alvo da doença? E há um óbito a cada 40 minutos?

O Outubro Rosa marcado por uma série de ações em prol da saúde da Mulher, teve como carro chefe a prevenção do Câncer de mama. Este evento teve início em 1990 pela fundação Susan G. Komen em NY, sendo uma prioridade na agenda de saúde do nosso País desde 2002.

Agora vem o Novembro Azul, tão importante quanto o Outubro Rosa. Esse movimento teve início em 1999 num pub na Austrália quando um grupo de amigos resolveu deixar o bigode crescer durante este mês como forma de conscientização da importância da saúde masculina e ainda arrecadar fundos para instituições de caridade. Este movimento também é conhecido internacionalmente com Movember (Mustache + November).

O sucesso contagiou o mundo, o bigode para chamar a atenção tornou-se pouco e alguns países adotaram o “No shave November”, ou seja, deixar de se barbear em Novembro, bem como o abuso do uso da cor azul. Essa campanha foi trazida para o Brasil pelo Instituto Lado a Lado pela Vida e pela Sociedade Brasileira de Urologia e faz parte do calendário de prevenções e tem por objetivo informar e arrecadar recursos para a causa.

Deixando de lado o folclore e o aspecto social, o fato é que que a glândula Próstata é uma particularidade do organismo masculino e é onde é produzido o sêmen e tem um papel importante na fertilidade masculina.

Vale lembrar que 17 de Novembro é o dia internacional de combate ao câncer de Próstata.

Estatísticas indicam que esse é o segundo tipo de câncer mais mortal entre os homens; um em cada seis homens é alvo da doença; há um diagnóstico de câncer de próstata a cada 7,6 minutos e um óbito por câncer de próstata a cada 40 minutos. Esse é o sexto tipo de câncer mais frequente no mundo.

No seu início, a doença não apresenta nenhum sintoma, por isso é de suma importância a realização de exames de toque e de sangue periódicos. O exame de sangue ou outro exame de imagem não substitui o de toque, ou seja, os exames são complementares.

O melhor tratamento é a prevenção, por isso a Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que todos os homens a partir dos 50 anos de idade façam um exame de próstata anualmente e para aqueles inseridos em fatores de risco, após os 45 anos.

Além disso, são recomendados hábitos saudáveis para prevenção e manutenção da saúde e evitar qualquer tipo de Câncer, como:

  • Dieta saudável, rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais;
  • Atividade física periódica – aquela que se adequa à sua satisfação pessoal (academia, dança, corrida, yoga…);
  • Evitar a obesidade e manter o peso adequado ao seu corpo;
  • Diminuir o consumo de álcool;
  • Evitar fumar.

Como na campanha Outubro Rosa, no Novembro Azul são realizadas algumas ações voltadas para a saúde masculina, repete-se o laço, só que desta vez, azul e a iluminação dos parques, monumentos e prédios em várias cidades do País.

Ser proativo é a melhor forma de prevenção, coloque seu bigode, compartilhe, divulgue, converse com amigos e familiares…

“O segredo da saúde mental e corporal está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas viver sábia e seriamente o presente” (Buda)

Natalia Marques Antunes
Psicóloga, Coach e Palestrante

Natalia Marques é Psicóloga Clínica, Coach e Palestrante. Formada em Psicologia pela FMU (1981) e em Coaching/ Mentoring Life & Self-Instituto Holos, possui pós-graduação em Recursos Humanos pela FECAP. Tem curso de Meditação Chan do Templo Zu Lai em Cotia. Como Psicóloga Clínica realiza atendimento Psicoterápico de base Psicanalítica, trabalha os sintomas de Estresse, Ansiedade, Depressão, Fobias, Síndrome do Pânico, Síndrome de Burnout, Conflitos Pessoais e Profissionais. É Coach de Desenvolvimento Pessoal, ajuda pessoas a atingirem seus objetivos e metas pessoais e profissionais, para se tornarem mais felizes. Especialista em Saúde Organizacional e Ocupacional, atua ainda como palestrante em temas de saúde, resiliência, trabalho, carreira e pós carreira. Associada da ABRH, ISMA Brasil e SOBRARE. É coautora no livro “Planejamento Estratégico para a Vida”, onde trata o tema da “Resiliência”.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa