fbpx

Não guarde o dinheiro que sobra

Muitas pessoas costumam guardar o dinheiro que sobra no final do mês. Apesar de ser um pensamento comum, esta atitude pode afastar as pessoas de conquistar seus sonhos. Conheça 5 passos para você montar um novo orçamento financeiro e deixar de depender das sobras no final do mês!

Vejo muitas pessoas guardando o dinheiro que sobra no final do mês, por isso gravei esse vídeo no meu canal Dinheiro à Vista, no Youtube. Apesar de ser um pensamento comum, essa atitude pode afastar as pessoas de conquistar seus sonhos. Entenda:


Link original: https://www.youtube.com/watch?v=0bv0BSFPRwY

O ideal é guardar, em primeiro lugar, assim que receber o salário, e então readequar o seu padrão de vida. Isso porque, se for depender das sobras, você pode nunca conquistar seus objetivos.

Como sabemos, no final do mês, pode ser que sobre ou que falte dinheiro, e mesmo se sobrar, é possível que acabe gastando. É preciso colocar os sonhos como prioridade no orçamento mensal, então ao invés de fazer Ganhos (-) Despesas = Lucro/Prejuízo, faça: Ganhos (-) Sonhos (-) Despesas.

Elaborei 5 passos para você montar esse novo orçamento financeiro e deixar de depender das sobras no final do mês:

1. Sonhe

Quem não tem objetivos estabelecidos, dificilmente realiza. Ou seja, o primeiro passo para conquistar o sonho, é sonhar. Então estabeleça os seus, no mínimo três: um de curto prazo (a ser realizado em até um ano), um de médio prazo (entre um e dez anos) e outro de longo prazo (acima de dez anos).

Sabendo quanto custa cada um deles, traçando um orçamento, você saberá o quanto precisa economizar mensalmente para conquistar no prazo desejado.

2. Poupe

Não dependa mais do que sobra no final do mês, separe o dinheiro para seus sonhos assim que receber o salário ou sua renda.

3. Pague suas prestações

O terceiro passo é pagar as prestações já adquiridas, como financiamentos, empréstimos, cartões de crédito, carnês e crediários, por exemplo.

4. Crie uma reserva estratégica

Essa é uma importante atitude, que vai assegurar o seu equilíbrio financeiro caso passe por algum imprevisto. Com a reserva, não precisará comprometer a poupança para os sonhos e tão pouco se endividar se surgir uma despesa inesperada.

5. Adéque o seu padrão de vida

Assim que poupar para os sonhos, pagar as prestações e fazer a reserva financeira, é a hora de readequar o padrão de vida. Veja como o padrão de vida não deve se basear no dinheiro total que se ganha de salário, e sim após a retirada para as prioridades. Assim tende a ter uma vida de realizações e conquistas.

Para reduzir gastos, faça um diagnóstico financeiro e veja de que forma gasta cada centavo do seu dinheiro. Assim poderá reduzir ou eliminar despesas e manter seu padrão de vida equilibrado.

Reinaldo Domingos é PhD em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira. Está a frente do canal Dinheiro à Vista, é colunista do de diversos meios de comunicação. Autor de diversos livros sobre o tema, como o best-seller Terapia Financeira e o livro Empreender Vitorioso.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa