Não existe idade para empreender

Algum tempo depois do meu pai me explicar o que era empreender, eu passei, de fato, a buscar problemas reais e a procurar encontrar maneiras viáveis de solucionar esse problema. Assim como eu, você pode SIM empreender e ser protagonista da sua história e não apenas vítima do destino.

Muito obrigado! Bom, para começar, as minhas primeiras palavras não poderiam ser outras. É um prazer escrever nessa página fantástica e com nomes incríveis. Eu sempre gostei de escrever, e essa vontade de compartilhar o que eu estava pensando, através da escrita, só aumentou depois que eu escrevi o meu primeiro livro: “Empreender Grande, Desde Pequeno”.

Mas deixa eu me apresentar antes de começar a falar sobre o que eu vou tratar aqui na coluna: “Não existe idade para empreender”. Sou empreendedor desde que eu me entendo por gente, já nasci com a famosa ATITUDE EMPREENDEDORA e, apesar de não saber naquela época como denominar aquela minha vontade de fazer acontecer, o meu senso de oportunidade, toda aquela criatividade e aqueles questionamentos sem fins era empreender.

Aprendi e entendi, em uma conversa com o meu pai, João Kepler, que aquilo ali que eu fazia era empreender, onde ele sabiamente me disse: “empreender é basicamente solucionar problemas” então a ficha caiu, me autodenominei empreendedor antes, de fato, de criar um empreendimento, óbvio que por essas horas eu já brincava de vender coisas, chicletes, cupcakes, excursões para a Disney e até material escolar (minha primeira experiência com esse produto que mais tarde se tornaria meu core-business).

Algum tempo depois do meu pai me explicar o que era empreender, eu passei, de fato, a buscar problemas reais e a procurar encontrar maneiras viáveis de solucionar esse problema. Então veio a ideia da minha startup a LIST-IT, um intermediador entre a loja e a escola na venda do material escolar.

Eu sempre, desde pequeno, (tenho registros escrevendo isso lá atrás), sonhei em mudar o mundo, eu não sabia de qual forma eu poderia, e se soubesse, como eu faria isso, mas o Universo conspirou a meu favor, a minha ideia de criar o LIST-IT, foi a ponte entre o meu sonho e a oportunidade de fazer este sonho se tonar uma realidade.

Bom, tenho que assumir que lá atrás eu não sabia que isso seria tão difícil, mas sou movido a desafios e, seguindo o meu propósito e a minha ideia de que empreender mudar vidas, e é uma maneira (talvez a única) de acabar com o desemprego no mundo, passei a buscar inspirar e impactar jovens a empreender (como comportamento, modo de ver o mundo e atitude) e a única coisa que eu peço em troca disso é que um dia, quando esses mesmos jovens atingirem o seu sucesso, que eles entrem para o time daqueles que não querem ficar só no topo. Assim penso que eu vou formar uma rede de pessoas que não se contentam apenas com o seu sucesso e não querem ficar só no topo, uma geração de pessoas que querem assistir de camarote o sucesso de todos ao nosso redor também!

Acho que enxergando por essa esfera, o meu sonho de mudar o mundo, nem tá tão longe, né? Bom, enfim, passei a rodar o país fazendo palestras (muitas delas gratuitas e em escolas públicas) para mostrar para os jovens que eles podem, SIM, empreender suas vidas e serem protagonistas da sua história e não apenas vítimas do destino.

Ah, o LIST-IT continua, e muito bem, em mais de 60 cidades no Brasil. Uma coisa agrega a outra, ocorre uma relação harmônica. A palavra é equilíbrio. Não fazer com que meu sonho de impactar pessoas atrapalhe meu outro sonho que é fazer com que meu negócio tenha sucesso e, por enquanto, isso tem dado certo. Bom, meu objetivo aqui é basicamente mostrar como eu consigo conciliar tudo com muito equilíbrio, a visão do mundo e de tudo através da esfera empreendedora e tentar contagiar mensalmente vocês, meus leitores.

Vamos juntos! @DaviBraga

Davi Braga Author
⚙️ LIST-IT
Davi Braga fundou aos 13 anos a startup LIST-IT, que é um e-commerce de listas de materiais escolares. Quando completou 14, decidiu retornar um pouco para o mundo, onde obteve novos aprendizados, por ser um empreendedor ainda novo. Começou a fazer palestras para inspirar pessoas, principalmente jovens, a criarem seus próprios negócios. Agora com 16 anos, lançou seu primeiro livro “Empreender grande, desde pequeno”, com o objetivo alinhado ao seu propósito de ajudar jovens a desenvolverem uma atitude empreendedora. Arrumou suas malas e foi em direção a uma nova jornada de aprendizados e experiências em uma High School nos EUA.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa