fbpx

Mesma nave!

Nesse momento, o novo coronavírus está nos mostrando de uma forma violenta algo que já sabíamos, ESTAMOS TODOS NO MESMO BARCO.

ESTAMOS TODOS NO MESMO BARCO

Há tempos, temos chamado atenção para o fato de que precisamos estar atentos sobre as nossas ações individuais, pois elas influenciam e impactam no coletivo.

Atenção em todas as áreas! Social, cultural, econômica etc.

Falamos sobre alteridade, sobre empatia, sobre o respeito às diferenças, entre outros temas.

Nesse momento, o novo coronavírus está nos mostrando de uma forma violenta algo que já sabíamos, ESTAMOS TODOS NO MESMO BARCO.

Na verdade, toda essa crise está nos mostrando muitos aprendizados.

São muitos aprendizados e vários temas que podemos e até mesmo devemos discutir.

Entretanto, se pudermos perceber que somos humanos iguais e mais ainda, que podemos ser fortes juntos, unidos, isso já será um grande avanço para a humanidade.

Neste momento, estamos vulneráveis e dependentes uns dos outros. O que os nossos vizinhos, governantes, empregadores, familiares, amigos pensam e fazem tem impacto direto em cada um de nós.

Por uma certa perspectiva, esse vírus veio nos igualar, pois não importa se a pessoa tem recurso financeiro ou não. Não importa a cor da pele, não importa a orientação sexual, não importam as diferenças entre nós. Todos estamos sujeitos à contaminação.

Não devemos nos desesperar, mas sim nos colocarmos no lugar das outras pessoas.

A experiência que estamos vivendo é nova para TODOS. Todos, precisamos de todos.

Precisamos mais do que nunca, enxergar as outras pessoas. No Brasil, a nossa organização social e econômica apresentam uma enorme discrepância de recursos e educação, por isso precisamos apoiar quem precisa.

Vamos olhar para as pessoas como iguais, vamos nos cuidar e cuidar daqueles que nos são tão queridos. Mas, não só daqueles que são próximos e queridos, mas também daqueles que estão aparentemente distantes e que são anônimos.

Estamos com uma grande oportunidade de rever o que realmente é importante para cada um de nós.

Precisamos entrar em contato com aquilo que está dentro de nós.

Estamos em um momento extraordinário para aprender e colocar em prática a solidariedade.

Temos a grande oportunidade de refletir e dialogar sobre quem queremos ser. Para nós mesmos e para os outros.

Então vamos juntos semear, cultivar e colher, nossa saúde física e emocional, por um mundo melhor! ESTAMOS TODOS NO MESMO BARCO.

Rosângela Claudino
http://provoca.com.br/

Confira também: Ponto de Vista

 

Rosangela Claudino tem 29 anos de experiência profissional. Tendo vivenciado culturas organizacionais de portes e segmentos diferentes, como: Laborterápica Bristol e American Express. Com experiência em áreas de recursos humanos passou a atuar em consultoria própria de seleção, desenvolvimento de pessoas e implantação de gestão estratégica de RH, agregando conhecimentos e compartilhamento em outros segmentos como: alimentação, tecnologia e financeiro. Pós-graduada em Administração com foco em RH e Marketing, com Formação em Coach reconhecida pelo ICF (International Coaching Federation) e Psicanalista formada pelo Centro de Estudos Psicanalíticos, atua também em conselho de administração e atende em consultório particular. Mentora e Coach do programa, PROVOCA – Programa Vocação e Carreira, desenvolve e atua em seus atendimentos valendo-se de técnicas de Coaching, ferramentas de RH e gestão estratégica de negócio, associadas a escuta diferenciada da psicanálise.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa