fbpx

Hoje eu só quero paz!

Paz é uma daquelas palavras que tem um significado único, mas aplicações diversas. E, em qualquer expressão, seu significado é evidente. Como alcançá-la?

como ter paz

Será que é preciso dizer mais alguma coisa? Paz é uma daquelas palavras que tem um significado único, mas aplicações diversas (vários contextos) e, em qualquer expressão, seu significado único fica evidente.

Paz (do latim Pax) é geralmente definida como um estado de calma ou tranquilidade, uma ausência de perturbações e agitação. Derivada do latim Pacem = Absentia Belli, pode referir-se à ausência de violência ou guerra. Neste sentido, a paz entre nações e dentro delas, é o objetivo assumido de muitas organizações, designadamente a ONU.

No plano pessoal, paz designa um estado de espírito isento de ira, de desconfiança e – de um modo geral – de todos os sentimentos negativos. Assim, ela é desejada por cada pessoa para si próprio e, eventualmente, para os outros, ao ponto de se ter tornado uma frequente saudação (que a paz esteja contigo) e um objetivo de vida. A paz é mundialmente representada pelo pombo e pela bandeira branca.

Paz também é um estado de espírito, onde o ser se encontra equilibrado e sereno, com isso, encontrando a sua total paz interior.

Quero trazer um pequeno relato de como a Paz se manifesta por meio de Estudos Bíblicos. “O respeito e o desenvolvimento da vida humana exigem a Paz. A paz não é somente ausência de guerra e não se limita a garantir o equilíbrio das forças adversas. A paz não pode ser obtida na terra sem a salvaguarda dos bens das pessoas, sem a livre comunicação entre os seres humanos, o respeito pela dignidade das pessoas e dos povos, a prática assídua da fraternidade. E a “tranquilidade da ordem”, “obra da justiça” (Is 32,17) e efeito da caridade”. Sugiro também que leiam As Sementes da Paz (Tiago 3,18).

Como todos que me acompanham já conhecem minha admiração por Carl Gustav Jung (1875-1961), então vamos conhecer sua visão sobre a Paz. O Arquétipo Self é o princípio organizador da Personalidade, sendo o principal Arquétipo do Inconsciente Coletivo.

O Arquétipo Self é o Centro, assim como o Sol é o Centro do Sistema Solar. A função desse Arquétipo de extrema importância consiste na organização e na unificação, pois ele tem a poderosa missão de atrair e harmonizar os demais arquétipos.

Quando uma pessoa relata estar de bem com a vida e em PAZ com o mundo à sua volta, então podemos afirmar que o Self está cumprindo o seu papel. No entanto, quando uma pessoa sente que está tudo fora do lugar e tem a impressão de que o mundo irá desabar, podemos afirmar que o Self não está atuando de forma clara na vida dela.

O principal objetivo de toda Personalidade, seja ela qual for, é chegar à autorrealização e conhecimento do próprio Self.

A busca pelo autoconhecimento é o único caminho para tal realização. Esta é a tarefa mais difícil que o homem pode encontrar durante toda a sua existência porque ela exige demasiado esforço, disciplina constante e muita sabedoria aliada à intensa responsabilidade.

O Self tem a capacidade de ser o regulador e o governante de nossa personalidade. Através do desenvolvimento desse arquétipo, o homem fica motivado e impulsionado a uma ampliação da consciência e começa a perceber o rumo de sua própria vida.

O homem só poderá viver em harmonia com a própria natureza a partir do momento em que tornar consciente aquilo que é inconsciente.

E para encerrar vou deixar algumas frases para reflexão:

como ter paz

como ter paz

como ter paz

A PAZ para todos em 2020 e até o próximo encontro!

Elizabeth Kassis
Coluna Tudo Azul

Confira também: Olhos nos olhos

⚙️ FiToy
Elizabeth Kassis é Engenheira de Produção com pós-graduação em Varejo, Administração Financeira e Orçamentária e Desenvolvimento Empresarial. Possui Especialização em Formação de Líderes, Consultores e Facilitadores. Certificada no Instrumento MBTI Step I e II. É Empresária e consultora que atua com desenvolvimento de pessoas e organizações. Atuou como Executiva no mercado financeiro (ABN REAL, Santander, Bank Boston, Nacional e Banco Francês e Brasileiro). Líder e agregadora, focada em resultados. Conviveu em ambientes multiculturais, competitivos, inovadores e globais. Atuou durante 6 anos como Conselheira Consultiva do Banco de Investimentos LLA ANDBANK. Trabalha com Mentoring, é Professora e Palestrante.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa