fbpx

Eu, autor da minha própria vida!

Você já pensou em escrever sua autobiografia? “Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história. É saber falar de si mesmo. É não ter medo dos próprios sentimentos” (Fernando Pessoa).

“Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história. É saber falar de si mesmo. É não ter medo dos próprios sentimentos”.
(Fernando Pessoa)

Olá caro leitor! Você em algum momento pensou em escrever sua autobiografia?

Se sim, ótimo! Caso contrário, irei lhe mostrar alguns motivos para fazer isso:

  1. Você contará sua história, do jeito que lhe fizer mais sentido;
  2. Você reviverá momentos importantes de sua vida;
  3. Poderá ressignificar e tirar vários aprendizados de cada capítulo, que certamente o fortalecerão daqui para frente;
  4. Iniciará uma construção de legado por escrito a ser compartilhado;
  5. Estabelecerá uma relação de confiança e liderança de si.

Com todos estes motivos, gostaria de convidá-lo a refletir sobre esta grandiosa viagem ao tempo, ao possibilitar a construção de uma autobiografia alicerçada não somente em palavras, mas em verdadeiros sentimentos ínsitos, guardados no ânimo do espírito.

Como toda boa história de aprendizados, iniciaremos esta autobiografia com o capítulo chamado: Era Uma Vez…, e neste capítulo você poderá trazer à consciência reflexões sobre sua infância através das perguntas: Como eram suas características físicas? Como era sua personalidade? Você se recorda do que as pessoas falavam para você? Como era sua escola? Como eram os seus amigos? Do que você gostava de brincar e com quem? Qual era a imagem que seus pais passavam para você? Quem era o seu super-herói ou heroína?

Conforme as lembranças forem aparecendo em sua mente, tente escrevê-las da forma mais detalhada possível, para que no momento de sua releitura alguns toques e pitadas especiais possam ser colocados nos melhores e piores momentos permitindo uma relação de ensino-aprendizagem que irá se estabelecer entre o autor e o leitor.

Num segundo capítulo, poderemos abordar a descoberta da adolescência. Nesta fase onde você já sabia que era um ser único e que estaria passando por um processo que o levaria à construção de sua personalidade, valores, crenças e fortalecimento de si. Relembre quais eram os seus sonhos, quem eram os seus amigos, o que você queria exercer de profissão, como era o seu relacionamento com a família e com as pessoas que estavam ao seu redor. Você tinha conflitos exteriores? E conflitos interiores? Qual é o símbolo da sua adolescência? O que você acredita que o marcou intensamente? O que você carrega até hoje daquela fase para seu fortalecimento? Quais seriam seus conselhos para quem passa por essa fase?

No terceiro capítulo lembramos que nos tornamos jovens e com esta condição estão as grandes tomadas de decisão da vida. Algumas delas e talvez as mais importantes, seriam as decisões relacionadas à carreira e os caminhos que condicionam ao sucesso, tanto pessoal, quanto profissional. E para você como foi essa decisão? Você seguiu o que queria fazer quando era criança? Por que escolheu esta carreira? Quais foram os desafios que enfrentou? E se você precisasse fazer uma observação sobre este capítulo comparando com o estado atual da sua carreira, o que estaria escrito?

Mais um tempo se passa e você encontra-se na idade adulta, onde temos capítulos muito interessantes e de grande importância para demonstrar e potencializar o que somos. Talvez este capítulo pudesse vir adicionado o título: “Vencendo Meus Medos e Preocupações”. Escreva nesta parte quais eram seus grandes medos e preocupações em relação à vida e como os venceu, como superou cada dificuldade, e não se esqueça de lembrar também quais foram os seus motivadores e impulsionadores que fizeram superar seus limites e não viver mais nos dramas da vida.

O titulo do próximo capítulo poderia ser: “A Busca Pelo Meu Local Seguro”. Você já pensou o que constitui a sua estrutura interior ao enfrentar desafios? Quais são as pessoas que estão nesta estrutura? Quais ambientes lhe trazem harmonia e tranquilidade necessárias para que seus pensamentos fluam de forma produtiva? Quais são os valores que alicerçam essa estrutura? Descreva e reflita como é o seu local seguro e o que você faz nele para alcançar o seu estado desejado.

Penso que um capítulo que não pode faltar seria “Eu, Mestre e Aprendiz”. Convido você a pensar quais seriam as virtudes e valores que norteiam sua vida. Quais foram os melhores e os piores momentos de sua vida? O que o seu lado mestre fala para você diante tudo isso? E o seu lado aprendiz o que diz? Já parou para pensar quem são as pessoas que podem ser exemplos para você?

Neste momento convido você a chamar o “Eu Visionário e Líder” e descrever o que consegue visualizar em seu futuro e se possível com detalhes. É importante descrever cada ação que realizará para estes momentos e buscar trazer à lembrança sua filosofia de liderança, estabelecendo conscientemente os pontos que fortaleceram sua história e que os fazem merecedor das conquistas que estão por vir.

A frase: “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Então, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que as cortinas se fechem e a peça termine sem aplausos” de Charles Chaplin, consolida o meu propósito para este artigo, trazer reflexões ao demonstrar que você é o autor da sua própria vida, você quem faz seus momentos de aventura, drama, romance, terror, comédia lembrando que tudo tem o seu momento e você é quem coordena cada cena.

Grande Abraço,

Mayra Soares

Mayra Soares Author
Mayra Soares tem 11 anos de experiência profissional em Gestão e Desenvolvimento de Pessoas. É Mentora pela Erlich Consultoria, Trainer Comportamental pelo Instituto de Formação de Treinadores (IFT), Master Coach com especialização em Business and Executive Coaching e Professional and Self Coaching, Consultora Analista Comportamental e Avaliação 360º certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Behavioral Coaching Institute (BCI), International Coaching Council (ICC), European Coaching Association (ECA), Global Coaching Community (GCC), International Association of Coaching (IAC), Metaforum International e International Association of Coaching Institutes, Practitioner em PNL pela SCORE e Leader Coach pela Ellite Consultoria. Graduada em Gestão de Recursos Humanos, Pós-graduada Docência no Ensino Superior e Pós-Graduanda em Essencial Master Coaching. Coautora dos livros COACHING NAS EMPRESAS – Estratégias de Coaching para o ambiente corporativo e RH Trabalho e Aprendizado.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa