Estádios da Copa têm boas energias com orientações do Feng Shui

Geralmente aplicada em ambientes internos, a técnica pode servir para ajudar nas boas vibrações de estádios, e de outras obras e projetos.

2819
2819

Chegamos a mais uma Copa do Mundo da FIFA. A Copa da Rússia será a vigésima primeira edição desta superevento do futebol. São 12 estádios construídos ou reformados para receber os jogos das 32 seleções para no final sair um novo Campeão Mundial.

Sempre em eventos grandiosos como estes tudo é feito com a máxima perfeição e boas energias.

Analisemos o dia da abertura da Copa da Rússia. Dia 14 de junho de 2018 ou 14/06/2018. A somatória desta data irá dar o número 4. Um número bem ao estilo Russo: Organização, Pontualidade e Seriedade.

Início de Lua Nova. Ótima lua para início de eventos, competição e início de negócios.

E será que há mais aspectos ou cuidados com boas energias que os russos podiam ter tomando para esta Copa?

Na minha opinião sim. Se os russos usassem na construção dos 12 estádios os estudos e técnicas de harmonização de energia que os seguintes edifícios e empreendimentos usaram na sua construção, com certeza teriam melhores energias.

A Disney chinesa, a sede do Banco de Hong Kong, HSBC de Hong Kong, o Citibank, Organização das Nações Unidas, Donald Trump em seus edifícios, pirâmide do museu do Louvre em Paris que, aliás, foi projetada pelo mesmo arquiteto que projetou o Banco da China em Hong Kong. O que essas obras têm em comum?

Alguém sabe a resposta? Acertou quem falou que todas têm estudo de Feng Shui no seu projeto. Talvez muitos estranhem o fato, pois a maioria sempre lê que Feng Shui se aplica em ambientes internos de uma residência ou empresa. Só que os princípios de Feng Shui são muito mais amplos e profundos.

Um estudo de Feng Shui se inicia na escolha do terreno do imóvel que vai se construir, analisando a topografia do local, os “animais celestiais”, se há ou não pontos telúricos no subsolo, a posição mais favorável do imóvel no terreno, os caminhos energéticos até a entrada, os cinco elementos, o tipo de arquitetura do imóvel, distribuição dos cômodos etc. Tudo isto foi aplicado no planejamento da construção da Cidade Proibida na China.

Deu para notar que em uma obra, de qualquer tamanho, podemos aplicar os princípios de Feng Shui, seu planejamento e execução. Como o assunto do momento é Copa do Mundo da Rússia será que poderíamos construir um estádio com princípios de Feng Shui? Óbvio que a resposta é sim. E como? O que fazer? Por onde começar?

Se o projeto de um estádio de futebol tem “mil etapas”, o mesmo projeto com Feng Shui tem “mil e cem etapas”.

Mas, de uma forma simplificada, descrevo abaixo algumas destas etapas do estudo de Feng Shui em um estádio, que serve para qualquer obra ou projeto.

Para os estádios da Rússia não dá mais para aplicar e nem para a Copa de 2022 no Catar que já estão bem adiantadas as obras dos estádios.

Quem sabe para a Copa de 2026, que será sediada por três países: México, Canadá e Estados Unidos. Aí dará tempo de fazer estádios com boas energias.

Construindo um estádio com Feng Shui

1. Local do estádio na cidade: em qual região da cidade iremos construir o estádio? Como escolher? Temos muitas opções:

  • Definir pelos pontos cardeais e fluxo do campo magnético mais favorável;
  • Mapear e dividir a cidade segundo os setores do Ba-Gua. Daí escolher os setores mais interessantes de construir um estádio.

Exemplos:

  • Setor da Riqueza: atrair mais dinheiro ao projeto e cidade;
  • Setor do Trabalho – atrair mais negócios;
  • Construir numa região deteriorada ou desvalorizada. Assim, estaremos mudando e movimentando energia desta região.

2. Tipo de terreno: a topografia do terreno, onde ficará o estádio é muito importante para se ter uma boa energia. Alguns exemplos:

  • Não é um bom Feng Shui o estádio ser construído no alto de uma montanha, pois ele ficará vulnerável, já que não há cobertura em torno dele;
  • Também não é um bom Feng Shui construir no fundo de um vale, pois a energia não circula em harmonia;
  • Uma topografia interessante para construir um estádio seria o princípio dos Animais Sagrados ou Celestiais, que nada mais é que o tipo de relevo do terreno.

Explicando melhor:

Imagine o estádio pronto. A frente do estádio, por onde as pessoas chegam. Deve ser livre de obstáculos. Deve ter uma visão ampla e limpa do horizonte. Esta visão ampla é o animal Fênix. Atrás do estádio ou fundo, deve haver uma montanha ou prédios altos, dando uma sensação de segurança ou apoio.

Este fundo é conhecido como “casco da Tartaruga”, outro animal sagrado. E dos lados do estádio, devemos ter pequenos montes ou construções, que seriam os animais Tigre e Dragão.

3. Pesquisa radiestésica do terreno: definido o local, devemos fazer uma pesquisa do terreno através da geobiologia para detectar pontos telúricos perigosos à saúde das pessoas. Geobiologia é um ramo da Radiestesia que estuda o solo dos terrenos para detectar Energia Telúrica.

4. Vias de acesso: é muito importante que as pessoas e a energia cheguem com facilidade ao estádio. Os caminhos devem ser amplos, de fácil locomoção e bem sinalizados. Na Disney chinesa uma linha de trem foi alterada no percurso para que terminasse na porta de entrada do parque. Assim, as pessoas e a energia chegariam com facilidade.

5. Forma do estádio: para uma melhor circulação da energia fora e dentro do estádio, as melhores formas de um estádio devem ser ovais ou circulares. Formas quadradas ou retangulares não são favoráveis à boa circulação da energia chi.

6. Cinco Elementos: um princípio de Feng Shui pouco conhecido é o dos Cinco Elementos: Água, Madeira, Fogo, Terra e Metal. Que nada mais são que formas diferentes da manifestação da energia chi. Aplicar Cinco Elementos simboliza atrair mais energia, a obra ou ambiente. Uma forma simples de aplicação seria dividir o estádio em cinco setores, onde cada setor representaria um dos elementos: Água – azul; Madeira – verde; Fogo – vermelho; Terra – amarelo, e Metal – branca.

7. Setores do Ba-Gua no estádio: definida a forma do estádio, podemos aplicar o Ba-Gua na sua planta e distribuir os serviços e áreas, segundo os setores do Ba-Gua.

Exemplos:

  • Setor da Riqueza: loja de lembranças, bilheteria e administração.
  • Setor de Amigos: bares e lanchonete.
  • Setor do Sucesso: Placar e Nome do Estádio
  • Setor Criatividade: Cabines da Imprensa

8. Boa energia ao torcedor: que vai ao estádio ver o espetáculo de futebol com segurança e conforto.

Hoje o torcedor tem uma visão geral do campo de qualquer ponto da arquibancada, que chamamos visão da Fênix, pássaro mitológico que representa visibilidade ampla.

O torcedor deve ter uma proteção a suas costas, sentir-se seguro e amparado. Chamamos de Casco da Tartaruga que é o próprio estádio.

Paro aqui. A lista de princípios de Feng Shui para aplicar na obra é enorme, mas, com toda a certeza, será uma obra bem energizada.

⚙️ Alma Serena
Franco Guizzetti é formado em Personal e Professional Coaching pela SBC – Sociedade Brasileira de Coaching. Tem formação de Programação Neuroliguistica, Hipnose Clinica e Terapia de Regressão. Autoditada de Mecânica Quântica e Metafisica. Atua háquase 30 anos na área de Orientação Pessoal, Coach, Palestras Motivacionais, Cursos e Consultorias. Tem formação profissional em Engenharia e Administração. Há mais de 20 anos escreve para várias mídias na Internet, Tv, Rádio e Revistas sobre Qualidade de Vida, Prosperidade, Sucesso Profissional e Pessoal. Deu entrevistas sobre Coaching e Qualidade de Vida para vários programas, como: Rede Globo, Rádio Capital – SP, Programa Manhã Maior – RedeTv, Rádio Jovem Pan AM, Rádio Estadão/ESPN, Portal Terra, Programa Todo Seu – Tv Gazeta, Rádio CBN; Rádio Gazeta FM, Programa Nestlé com Você – Rede Tv, etc. Desenvolve um trabalho de Coaching Holistico que busca fazer a pessoa crescer como um todo, fazendo a pessoa se conhecer mais e descobrir suas qualidades e potenciais para aplicar na vida pessoal e profissional.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa



Loading cart ...