Anúncios

Empreendedorismo não é para todo mundo, mas pode ser para você

Está desmotivada com o seu trabalho? Pesquisa da Robert Half aponta que cerca de 40% das pessoas estão. Será que o empreendedorismo é o caminho para você?

1555
1555
empreendedorismo é o caminho

Está desmotivada com o seu trabalho? Pesquisa da Robert Half aponta que cerca de 40% das pessoas estão. Será que o empreendedorismo é o caminho para você?

Uma recente pesquisa da consultoria em RH, Robert Half, apontou que perto de 40% das pessoas estão desmotivadas com seu trabalho. A crise financeira do país e uma onda de pessimismo sobre o crescimento econômico são fatores externos que contribuem para que este percentual seja alto, mas a gestão e a atuação dos gestores contribuem diretamente na motivação dos colaboradores de empresas de todos os portes.

A falta de um plano de carreira bem definido e transparente aliada à falta de perspectiva de aumento de salário são os principais motivos pelos quais muitas pessoas sonham em deixar o emprego e se “aventurarem” como empreendedoras. A busca pela liberdade, seja ela financeira, ou de ação que permite à pessoa tomar decisões, ter mais mobilidade, fazer a gestão do seu próprio tempo e até decidir o quanto crescer e o tamanho que quer ter é o que faz com que muita gente abra mão de uma certa “segurança”, garantida por um salário que é depositado na sua conta no final do mês.

Há ainda muito romantismo ou “má informação” sobre o que de fato seja uma empreendedora (ou empreendedor). Fato é que as grandes fortunas no mundo estão nas mãos de empreendedores (empresários), mas o caminho nem sempre é o mais fácil. Ao contrário, muitos empreendedores chegam a falir ou perder muito dinheiro até alcançarem o sucesso e a estabilidade financeira.

Um outro ponto interessante é achar que o empreendedor trabalha poucas horas e tem muito tempo livre para fazer o que quiser e só curtir a vida. O que a história mostra é que até chegar neste ponto, o empreendedor trabalha 12/14 horas por dia e muitas vezes aos sábados, domingos e feriados. Além disso, por ter muita liberdade de ação e de escolha, o empreendedor pode se sentir sozinho quando tem importantes decisões a tomar.

Para mim e sendo empreendedora há mais de 30 anos, posso dizer que o caminho do empreendedorismo foi minha melhor escolha e não teria seguido o caminho do emprego formal com carteira de trabalho uma vez que a liberdade é, para mim, um valor bastante forte. Me formei para ser professora e optei por ser empresária desde cedo. Tive que me qualificar, fazer cursos e apanhei muito com os erros que cometi, mas aprendi muito também. Quando meus filhos eram pequenos pude participar de suas festinhas e reuniões escolares, de estar mais junto deles e mais presente num determinado turno do dia. Expandir ou retrair meus negócios foi também uma escolha que o empreendedor tem que fazer ao longo da sua vida.

Obviamente, que o empreendedorismo não é o caminho para todas as pessoas e se você quer saber se está mesmo a fim de ingressar neste universo, seguem algumas dicas que podem lhe dizer se você tem o perfil mais ou menos de uma empreendedora:

  1. Você está sempre pensando em algum negócio ou alguma forma de ganhar mais dinheiro;
  2. Você é curiosa e super antenada em tudo que está acontecendo. Quando viaja ou vai a algum lugar novo, tem vontade de replicar alguma ideia de negócio que tenha conhecido;
  3. Você é uma pessoa que não tem medo de arriscar quando acredita numa ideia;
  4. Para você, não tem tempo ruim. Qualquer dia pode ser dia de trabalhar e de fazer negócios, não importa se está na praia ou num festa de casamento. Você jamais perde uma oportunidade de falar ou fazer negócios;
  5. Você é uma pessoa guiada pela paixão e amor no que faz. O dinheiro é consequência porque o que você quer, em primeiro lugar, é mudar o mundo e fazer algo que impacte vidas;
  6. Você tem consciência que precisa fazer uma boa gestão da sua vida financeira para ter a tão sonhada liberdade financeira que deseja;
  7. Para você, existem acertos e aprendizados. Assim, você lida com os erros, obstáculos e contratempos como sendo naturais no seu processo de crescimento;
  8. Você é uma pessoa muito agregadora e tem habilidade para trabalhar em parceria e sabe delegar bem as tarefas. Sabe que sozinha você não chegará a lugar nenhum;
  9. Você é uma pessoa que está sempre preocupada em agregar valor aos seus produtos e serviços. A satisfação dos seus clientes é a sua satisfação;
  10. Se o seu negócio fracassar ou você tiver a oportunidade de vendê-lo, rapidamente, você estará com uma nova ideia e pronta para começar um novo empreendimento.

Será que o empreendedorismo é o caminho para você?

Se você disse sim para uma ou mais destas perguntas, você é uma empreendedora em potencial. Mas se já está empreendendo e está desmotivada, lembre-se sempre de todos os benefícios que pode ter e do quanto você pode escrever uma história de sucesso que lhe faça ter orgulho das suas escolhas.

Seja qual for a sua escolha, pense no que o trabalho é parte importante da sua vida e que estar motivada é fundamental para que você seja uma pessoa saudável em todas as áreas de sua vida. E se tem algo que você deve empreender em primeiro lugar, é em você mesma e na sua felicidade.

Cristiane Ferreira
https://soucrisferreira.com.br/

Confira também: Coaching e Empreendedorismo para Mulheres: Como empreender na vida e na profissão

 

Cristiane Ferreira é Coach formada pelo IBC – Instituto Brasileiro de Coaching, Professora da Fundação Getúlio Vargas com cadeiras em Liderança, Coaching, Inteligência Emocional, Técnicas de Comunicação e Empreendedorismo, Palestrante, Empresária do setor de Educação desde 1991, Graduada em Letras pela UFMG e Pós-graduada em Linguística Aplicada pela UFMG, MBA em Gestão de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, Formada em Inglês pela University of New Mexico, EUA, Apresentadora do Programa Sou Múltipla, Fundadora da Associação das Mulheres Empreendedoras de Betim, Ex-Presidente da Câmara Estadual da Mulher Empreendedora da Federaminas (2014/2016), Destaque no Empreendedorismo feminino, recebeu vários prêmios entre eles o “Mulheres Notáveis – Troféu Maria Elvira Salles Ferreira” da ACMinas, troféu Mulher Líder, “Medalha Josefina Bento” da Câmara Municipal de Betim, “Mulher Influente” do MG Turismo e o “Mérito Legislativo do Estado de Minas Gerais”, Comenda Amiga da Cultura da Prefeitura Municipal de Betim.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa