E quando você não aguenta mais fazer o que faz?

É... pode ser mais comum do que imaginamos... Aquela sensação de vazio... de não saber o porquê das coisas... o porquê tão duro de acordar cedo todo dia pra ir ao trabalho.

É… pode ser mais comum do que imaginamos… Aquela sensação de vazio… de não saber o porquê das coisas… o porquê tão duro de acordar cedo todo dia pra ir ao trabalho.

As sensações se misturam e nada parece tirá-las de dentro de você.

Você tenta rir vendo algo engraçado, tenta esquecer de tudo no sábado e domingo, tenta ser forte e resiliente, mas a segunda-feira está chegando e você sabe que não tem pra onde correr.

Nessa hora a gente faz o que para sair dessa energia ruim que se instalou na nossa cabeça e que abre um buraco de ansiedade, nervosismo e medo dentro do nosso peito?

O caminho da saída, na maioria das vezes, não é claro para todos. Pelo contrário…

O que fazer?

Uma coisa é possível ter em mente: se existe pelo menos uma pessoa que não sente esse aperto no peito quando pensa em trabalho, então existe saída para todos.

Mas como chegar lá?

Assim como qualquer processo evolutivo e de desenvolvimento, subir esses degraus não vai ser fácil. Afinal, só conseguimos evoluir após duras batalhas.

A natureza não dá saltos, definitivamente.

Então, se você acha que não tem força para seguir adiante, comece a se contentar com o estado onde você se encontra atualmente. É triste, mas é isso.

O que te fez chegar até aqui não é o que vai fazer você dar seu próximo passo na direção do que você deseja.

Veja só… é possível. Você sabe como fazer e, às vezes, só está com a vista embaçada pela fumaça do dia a dia.

O ideal é, primeiramente, saber onde desejamos chegar. Assim podemos seguir essa luz que está no final do nosso túnel.

Depois de definir o objetivo, é obrigatório ter um plano.

Uma meta sem um plano é somente um desejo.

Plano definido, é hora de começar a construir. Construir a sua saída dessa rotina ácida que te corrói todos os dias.

Falando em planos… não se prenda somente ao objetivo final. Cada passo é valioso e merece ser comemorado.

Fazer isso te dará energia para seguir adiante quando a maioria das pessoas desistirá “cansada” e dizendo que “é impossível chegar lá”.

Repita esses passos com consistência e a sagrada disciplina de quem sabe que, faça chuva ou faça sol, chegará ao objetivo.

Novamente: não será fácil, mas é perfeitamente possível.

Não desista nunca pois o maior prejudicado, em qualquer uma das hipóteses, será sempre você.

Se você não souber por onde começar, ok. Não se culpe por isso.

Procure um bom Coach para te ajudar. Entenda por “bom Coach” aquele que você teve empatia, que se preocupa com você e que não é apenas um aplicador de ferramentas.

Coaching é integração, relacionamento e entrega (de ambas as partes).

Todos temos saída. Confie em si mesmo e dê o primeiro passo. 🙂

Até a próxima!

Rodrigo

Rodrigo Pace Author
Rodrigo Pace tem mais de 17 anos de experiência profissional em TI, atuando como Consultor na Telefonica Vivo há mais de 10 anos. Certificado PMP. Coach especialista em Profissionais de TI, Escritor, Palestrante, Professor e Empreendedor Digital. É formado em Bacharelado em Ciência da Computação pela Unesp e possui MBA em Gestão de TI pela FIAP. Criador do projeto Desafio LinkedIn que já atendeu mais de 3.300 alunos gratuitamente proporcionando maior valor, resultados e visibilidade profissional para as pessoas dentro do LinkedIn.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa