Anúncios

Dinheiro e Controle Emocional

O dinheiro não traz felicidade. A solidão de um homem que vive numa mansão é a mesma solidão de um que vive numa kitnet e todo dinheiro do mundo não paga nossa paz de espírito. Dinheiro requer controle emocional!

Dinheiro requer controle emocional. Pessoas endividadas ou com orçamento restrito sabem disso. Pessoas bem-sucedidas financeiramente também.

Sabemos que o dinheiro não traz felicidade. Costumo dizer aos meus coachees que a solidão de um homem que vive numa mansão é a mesma solidão de um homem que vive numa kitnet. Todo dinheiro do mundo não paga nossa paz de espírito. Doenças que somatizamos no corpo podem ter seu tratamento melhorado pelo dinheiro, mas a origem das doenças precisa ser tratada.

As agências de marketing sabem muito bem que dinheiro e controle emocional andam juntos! Nada mais natural para o ser humano do que buscar satisfação de uma frustração em tardes no shopping estourando o cartão de crédito. Roupas e sapatos novos nos fazem bem mas não trazem nosso amor de volta ou nosso tempo perdido acreditando numa relação que já estava fadada ao fracasso, você bem sabia disso.

Podemos nos incomodar com o carro novo do vizinho e aí nos endividarmos comprando um carro muito melhor do que o dele só para lhe mostrar que somos bem-sucedidos. Mas somos mesmo? Se nos deixamos abalar pelo sucesso do vizinho, será que somos emocionalmente bem-sucedidos?

Nesta época de crise, muitos pais de família estão desempregados. As crianças pedem por presentes ou coisas materiais que eventualmente os pais não podem lhe proporcionar e se culpam por isso. Por quê? Não seria o seu tempo livre o que você tem de mais precioso para dar aos seus filhos? Estudar, brincar, conversar com seus filhos não é algo muito mais importante para eles do que comprar o tênis da moda ou o último lançamento daquela famosa marca de celular? E também não seria algo muito mais importante para você?

Devemos ter controle emocional para tudo, inclusive para o dinheiro. Se estamos sem dinheiro, por que sair pra balada mesmo assim? Por que gastar o que não podemos e aumentar nossas dívidas? Queremos provar o que para quem? Para os outros ou para nós mesmos?

Você já descobriu que as coisas mais preciosas da vida não se compram com dinheiro? Quer fazer seu cônjuge feliz ou estar presente na apresentação do seu filho vai lhe exigir tempo e dedicação, mas muito pouco dinheiro?

Trabalhamos e somos remunerados por isto. Merecemos atender aos nossos caprichos, claro! Um carro novo, uma roupa nova, uma viagem especial… Sim, tudo isso nos faz feliz. Mas devemos saber gastar nosso dinheiro com sabedoria e não sermos escravos dele. Uma vida financeira feliz anda de mãos dadas com uma vida emocional feliz!

Patrícia Camargo trabalha com Coaching de Vida e é especialista em Coaching Afetivo. É autora do site www.coachafetiva.com.br e busca com seu trabalho proporcionar uma vida afetiva plena à todas as pessoas que a procuram. Realiza atendimentos presenciais em Campinas e Sorocaba e também via Skype para todo Brasil e para brasileiros residentes no exterior. É fundadora e curadora do Grupo de Estudos de Coaching & Desenvolvimento Pessoal de Sorocaba e co-autora do livro “Coaching : grandes mestres ensinam como estabelecer e alcançar resultados extraordinários na sua vida pessoal e profissional”. Formada em Administração de Empresas, atua também como Psicanalista Clínica e Conciliadora da Justiça Federal desenvolvendo um trabalho de pacificação da sociedade.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa