Anúncios

Descubra quem és, compreenda com quem andas e decole!

Um dos ditados mais conhecidos é: Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você. Ledo engano! Então como tratar as pessoas de forma mais efetiva?

Você já deve ter se perguntado: Como tratar as pessoas?

Um dos ditados mais conhecidos é: Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você. Ledo engano. Não que isso não possa ser verdade, mas está longe de ser uma verdade absoluta. Pode até funcionar perfeitamente com pessoas que tenham o perfil parecido com o seu. No entanto, em nossa caminhada, nos deparamos com muita gente com quem lidar torna-se um verdadeiro desafio.

Costumo dizer que aonde quer que você queira chegar, sejam quais forem seus objetivos, não importa se estão no âmbito pessoal, profissional ou de relacionamentos, você vai precisar de gente. Somos seres demandantes do convívio em sociedade, a interação pessoal é uma necessidade inerente ao ser humano.

Na sua jornada, você irá encontrar pessoas de diferentes perfis e pode até parecer “assustador” quando você perceber que pode precisar delas para alcançar seus objetivos. Mas a boa notícia é que isso não precisa ser um problema. Você só tem que aprender a lidar com elas para que se tornem suas aliadas e sejam facilitadoras nesse processo.

E, o pontapé inicial está em conhecer a si mesmo e entender sobre o comportamento humano. Aí sim, você entenderá que nem sempre, tratar o outro como você gostaria de ser tratado será eficiente, porque pessoas de diferentes perfis têm necessidades distintas.

Então, para que você compreenda melhor a como tratar as pessoas, veja alguns exemplos de perfis e suas respectivas formas de comunicação eficaz:

1. Pessoas vigorosas, diretas e competitivas

São confiantes, guiadas pelo desafio e focam em resultados. Com esse tipo de perfil o ideal é se comunicar com objetividade e rapidez. Uma comunicação prolixa vai desestimulá-la e rapidamente ela estará desviando a atenção do assunto em questão;

2. Pessoas otimistas, divertidas e falantes

São criativas, alegres e muito sociáveis. Com elas deve-se manter uma comunicação em tom amigável, diversificada e animada. A monotonia é um prato cheio para que elas percam o interesse pela conversa;

3. Pessoas estáveis, pacientes e fisicamente relaxadas

São tranquilas, confiáveis e organizadas. A comunicação com elas deve ser suave, em ritmo lento e com coerência. Mudanças bruscas de assunto podem confundi-las e a comunicação será ineficaz;

4. Pessoas precisas, cuidadosas e orientadas para detalhes

São prudentes, sensatas, questionadoras e pouco afeitas ao contato interpessoal. A comunicação mais eficaz com elas demanda um tom de voz controlado, constante e com pouca aproximação.

Como tratar as pessoas então?

Conhecendo esses perfis e suas devidas necessidades, você saberá como tratar as pessoas como elas gostariam de ser tratadas e, consequentemente, adotará uma forma de comunicação mais efetiva com cada tipo de perfil.

Imagine se você é uma pessoa vigorosa, direta e competitiva, e se comunica com todos à sua volta da forma como gostaria que interagissem com você? Provável que você não precise imaginar, porque esse fato já deve ter ocorrido e você pode ter percebido ser difícil a comunicação com alguns tipos de pessoas.

Além de melhorar sua comunicação interpessoal, conhecer seu perfil te ajudará a potencializar suas forças e minimizar suas fraquezas para decolar e garantir o alcance dos seus objetivos.

Tudy Vieira
https://www.tudyvieira.com.br/

Confira também: 2020 vem aí e não basta querer

 

Tudy Vieira Author
Tudy Vieira atua há 11 anos com desenvolvimento de pessoas e organizações. Administradora, especialista em planejamento e gestão empresarial. Master Coach certificada por Behavioral Coaching Institute e reconhecida pela Internacional Coaching Council. Neuro Coaching desenvolvida pelo trainer internacional Dr. Srini Pillay. Analista Alpha Assessment com os trainers internacionais Kate Ludeman e Eddie Erlandson. Possui certificação em Assessment Training Nível 1 e 2 – pela TTI Success Insigts. Practitioner em PNL através da SBPNL – Sociedade Brasileira de Programação Neuro Linguística. Desenvolveu o Programa Controle 360*, com mais de 130 turmas realizadas, em diversos estados do Brasil.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa