fbpx

Desapegue-se!

Adoramos nos apegar a tudo que nos traga prazer e bem-estar, mas não percebemos que continuamos carregando mesmo quando não faz mais sentido. O que podemos fazer para reverter essa situação?

Olá cara leitora!

Imagine que cada apego que você tem é uma laranja e você deve guardá-las na sua bolsa. Por quanto tempo conseguirá carregá-las sem se cansar?

Adoramos nos apegar a tudo que nos traga prazer e bem-estar, mas não percebemos que continuamos carregando mesmo quando não faz mais sentido. Pense que você já fez uma viagem longa e está carregando várias malas. Dentro de cada uma estão pessoas, alegrias, tristezas, perdão, culpas, crenças, amores, feridas, mágoas, entre outros, e se avaliar o que levaria nessa viagem, tenho certeza que acabaria deixando alguns itens na próxima estação.

Quando carregamos sentimentos negativos, a nossa percepção em relação à vida parece que é injusta e são seguidos por vários questionamentos como: Por que ele(a) me magoou? Por que aquela pessoa me irrita? Por que ele(a) não entende o que eu quero? Por que ele(a) não me perdoa? E mais porquês…

Sabe o que podemos fazer para reverter essa situação?

Desapegar!

Começa assim: primeiro precisamos entender quem é você, o outro/circunstância e seus limites. O estresse inicia quando você quer controlar tudo, que é humanamente impossível e desgastante, mas não gosta nem de pensar que alguém quer te controlar. Esse pensamento ocorre com todos e isso é natural, queremos controlar tudo com uma intenção positiva sempre!

No entanto, esse comportamento gera insatisfações e não permite a liberdade de viver a nós e aos outros. Você só consegue visualizar o essencial para a sua vida, quando desapega do que não precisa mais carregar.

Faça um exercício simples para desapegar do que não lhe traz mais benefícios: Pegue papel e caneta e escreva todos os apegos que não fazem mais sentido carregar e não se preocupe se nessa lista conter pessoas, não quer dizer que você não a quer mais, mas simplesmente que a liberta para viver a vida dela e você a sua. Depois de fazer a lista, olhe bem para cada item, mentalize o que você aprendeu e agradeça, pois cada um fez de você uma mulher mais forte e preparada para os próximos desafios e no seu momento rasgue essa lista em quantos pedacinhos você preferir. Depois se sente de forma confortável, feche os seus olhos e comece a respirar pensando “Inspiração – Eu sinto a calma percorrer meu corpo” e “Expirando – Eu estou bem” por umas sete vezes e então abra a palma de suas mãos viradas para cima e repita cinco vezes olhando para elas “Só carrego o que me faz bem”.

Desapegar é aceitar a realidade mesmo quando ela não facilita o cumprimento dos seus anseios, porém desperta todas as suas forças e capacidades, para não permitir que você desista naquele momento, e persista com uma nova estratégia.

Grande Abraço,

Mayra Soares

Mayra Soares Author
Mayra Soares tem 11 anos de experiência profissional em Gestão e Desenvolvimento de Pessoas. É Mentora pela Erlich Consultoria, Trainer Comportamental pelo Instituto de Formação de Treinadores (IFT), Master Coach com especialização em Business and Executive Coaching e Professional and Self Coaching, Consultora Analista Comportamental e Avaliação 360º certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Behavioral Coaching Institute (BCI), International Coaching Council (ICC), European Coaching Association (ECA), Global Coaching Community (GCC), International Association of Coaching (IAC), Metaforum International e International Association of Coaching Institutes, Practitioner em PNL pela SCORE e Leader Coach pela Ellite Consultoria. Graduada em Gestão de Recursos Humanos, Pós-graduada Docência no Ensino Superior e Pós-Graduanda em Essencial Master Coaching. Coautora dos livros COACHING NAS EMPRESAS – Estratégias de Coaching para o ambiente corporativo e RH Trabalho e Aprendizado.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa