Anúncios

De onde vem o estresse?

Devido ao ritmo de vida das pessoas, agendas lotadas e uma série de responsabilidades profissionais, pessoais, sociais e familiares, ouvimos cada vez mais relatos do altíssimo nível de estresse. Mas de onde ele vem?

Devido ao ritmo de vida da maioria das pessoas, com agendas lotadas e uma série de responsabilidades profissionais, pessoais, sociais e familiares, ouvimos cada vez mais relatos acerca do altíssimo nível de estresse no dia a dia. Este dado se confirma se observarmos o crescente índice de doenças psiquiátricas em todas as faixas etárias.

Mas de onde vem o estresse?

O senso comum atribui à pressão e cobrança do entorno. Mas, na contramão desta explicação, podemos observar pessoas que apesar de estarem constantemente sob pressão, com exigências extremas e inúmeras interrupções ao longo das suas atividades, ainda assim apresentam um estado de paz e autocontrole.

Não consigo conceber que sejam seres superiores, beneficiados por uma genética favorável à modernidade. E esta inquietação me leva a observar seus diferenciais. E, para nossa surpresa, facilmente encontrei alguns relevantes.

Indivíduos que apresentam uma atitude positiva diante das cobranças do dia a dia, em geral, demonstram uma grande consciência de quem eles são. O autoconhecimento lhes garante duas grandes vantagens: eles conhecem bem seus limites e elaboram maneiras de gerenciá-los com eficácia. E ainda, eles não se abalam com a cobrança de outras pessoas à sua volta, pois têm clareza do seu valor.

Em consequência natural, percebemos um segundo aspecto essencial para sua temperança: indivíduos que conseguem apresentar grandes resultados mesmo diante de uma alta carga de pressão são pessoas que não se prendem a agradar outras pessoas. Não que eles não se preocupem com seus pares. Mas a empatia e atenção às necessidades de outros em hipótese alguma será colocada à frente da preocupação e cuidado consigo mesmo.

O encontro destas duas forças internas das pessoas de sucesso nos permite então atentar para o terceiro ponto: são pessoas focadas, com clareza do que querem realizar e, assim, concentram-se em uma coisa de cada vez, independentemente do número de missões que possuem à sua frente. A capacidade de concentrar-se os desconecta do que está por vir, os protegendo da cobrança.

E, por fim, são pessoas altamente preparadas para delegar, dividindo responsabilidades. Pois entendem que não são especialistas em tudo. Desenvolvendo também a habilidade de escolher pessoas certas para ocupar as posições chaves dentro dos seus empreendimentos.

Se você se sente pressionado ou sobrecarregado com seus compromissos e responsabilidades, por um instante olhe para si e se pergunte: onde é que está pecando?

Como diria o senso comum, sozinhos podemos ir mais rápido, mas associados a boas pessoas certamente conseguiremos ir muito mais longe. E com maior qualidade de resultados e de vida.

Sheila Berna Author
⚙️ Sheila Berna
Sheila Berna é Psicóloga pela USP, Especialista em Orientação de Carreira pela USP, Master Coach pela FEBRACIS, Consultora e Palestrante. Com mais de 12 anos de experiência em atendimento individual, há 5 anos trabalha desenvolvendo lideranças e equipes. Residente do Vale do Paraíba, atuou em diferentes projetos da região assim como em São Paulo e Rio de Janeiro. Empreteca, apoia o movimento dos Empretecos do Vale do Paraíba, contribuindo para a organização de eventos relevantes ao empreendedorismo da região.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa