Anúncios

Desenvolvimento humano junto ao viver acadêmico: Contribuições do Coaching Acadêmico

Na Coluna “Desenvolvimento Humano” desta semana, você confere como o Coaching pode contribuir para o viver acadêmico, objetivando a introdução de novidades para que as pessoas renovem o...

8095
8095

Ele é composto por três módulos:

Coaching: ao aluno, ao professor e à gestão acadêmica;
Integração das tecnologias da informação e comunicação;
Documentos, avaliações, resultados e reflexões.

Durante coaching acadêmico espera-se reconhecer, compartilhar, compatibilizar e alinhar entre aluno, professor e gestão acadêmica: crenças, valores, identidade, missão, visão e legado na direção do desenvolvimento humano.

Com o olhar ao primeiro módulo

Ao Aluno

São disponibilizadas escolhas para que o aluno construa e mantenha vínculos e interações: consigo, com os colegas, com o professor e com o ambiente acadêmico/profissional. Por meio delas, sugerem-se as ações:

Promover os desenvolvimentos: pessoal, acadêmico e profissional;
Desenvolver a vontade para o viver acadêmico; reconhecer a importância de aderir e permanecer nele;
Reconhecer e praticar a prosperidade e o benefício mútuo;
Desenvolver a visão sistêmica e a construção positiva da realidade;
Viabilizar o equilíbrio entre as escolhas que geram: ganhos/perdas e prazer/dor.

Ao Professor

O docente é acolhido e reconhecido junto aos papéis que desempenha no ambiente acadêmico. Neste, são disponibilizadas oportunidades para identificar e operacionalizar mudanças nas relações: consigo, com o aluno e com a gestão acadêmica. São sugestões de ações:

Possibilitar o constante aprimoramento das práticas de ensino;
Viabilizar os desenvolvimentos: pessoal, acadêmico e profissional;
Promover a constituição e manutenção de vínculo na relação professor-aluno;
Aproximar o professor da gestão acadêmica.

À Gestão Acadêmica

Quando considerada a gestão acadêmica, em um primeiro momento, o Coaching visa o desenvolvimento e a constante melhora no desempenho das habilidades e competências do corpo diretivo. São alguns exemplos delas: liderança, planejamento, comunicação, mediação e resolução de problemas e conflitos.

Em um segundo momento, há a disponibilização de oportunidades para obtenções de resultados, mudanças de crenças, de cultura e integração entre os serviços acadêmicos. Por fim, o Coaching possibilita que a gestão mantenha-se atenta a todos os partícipes da comunidade acadêmica. São sugestões de ações:

Auxiliar na resolução de problemas junto aos pares e colaboradores: identificando crenças e valores limitantes que precisam ser revisitados e ressignificados;
Desenvolver e introduzir novidades que vão ao encontro da humanização do ambiente acadêmico;
Conciliar, compartilhar e compatibilizar interesses, valores e crenças entre a gestão e a comunidade acadêmica;
Refletir e analisar aproximações entre a formação oferecida aos alunos e o mercado de trabalho.

Pretendo trazer – nas próximas três semanas – textos que explorem e apliquem o Coaching Acadêmico. Para tanto utilizarei o primeiro módulo e algumas ações acima apresentadas.

Leandro Alves da Silva é Gerente de Desenvolvimento Humano Organizacional na First Peopleware e atua desde 2011 em Coaching-Mentoring-Counseling, palestras e treinamentos customizados. Doutor em Educação pela FEUSP e Master Coach pelo BCI.
follow me
Anúncios
Neste artigo
Leandro Alves da Silva é Gerente de Desenvolvimento Humano Organizacional na First Peopleware e atua desde 2011 em Coaching-Mentoring-Counseling, palestras e treinamentos customizados. Doutor em Educação pela FEUSP e Master Coach pelo BCI.
follow me

 

Confira abaixo suas publicações:


Participe da Conversa