fbpx

Consultores, coaches e treinadores, qual a sua onda?

Quer ter sucesso como consultor, coach ou treinador? Comece se conhecendo o máximo que puder, com isso a probabilidade da sua vocação se revelar a você aumenta significativamente.

⏲ Tempo estimado de leitura: 5 minutos
Consultores, coaches e treinadores, qual a sua onda?

Consultores, coaches e treinadores, qual a sua onda?

O surfe, aos olhos de um leigo, parece algo bem simples: uma pessoa em cima de uma prancha descendo uma onda. Igualmente, algumas pessoas acreditam que trabalhar como consultor, coach ou treinador é algo bem descomplicado. Basta ter informação, técnicas ou experiência em algo e esperar alguém comprar.

Tendo começado na Polinésia, no Peru, ou em outro lugar que seja, a verdade é que a prática do surfe hoje traz uma variedade de opções. Talvez inimaginável para o navegador James Cook, primeiro a fazer relatos escritos a respeito desse esporte.

Suas diferentes modalidades demandam variados tamanhos de pranchas; começando pela shortboard (pranchinha), passando pela funboard, até as maiores, chamadas de longboard, apenas para citar três bem conhecidas.

O surfe também possui modalidades que necessitam do vento, como o windsurf e o kitesurf, e uma outra que utiliza remos, o stand up paddle.

Os surfistas podem optar por adotar a linha free surf, tube rider ou ainda os big riders. Esse último rebocado até as ondas gigantes, através de um jet ski.

Importante: a prática do surfe não é feita apenas no mar, também pode ser em lagos, rios e até em piscinas!

Agora, antes de ir correndo para uma loja e comprar seu equipamento de surfe, porque você achou legal ou alguém disse isso para você, é importante pensar se este é o esporte para você, congruente com os seus talentos. Da mesma forma, uma pessoa deve pensar se possui o que é necessário, ouvindo a sua voz interior, para perceber se possui vocação para a atividade de consultoria, coaching ou treinamento.

Apenas ouvir o que os outros dizem pode ser frustrante, ou até perigoso. Através da investigação e reflexão a respeito de seus talentos, limitações, valores e desejos, uma pessoa pode perceber que o seu caminho pode ser outro. Por exemplo: um emprego CLT, público, docência ou abrir um negócio no ramo de gastronomia. Apenas para citar algumas das possíveis alternativas, para que uma pessoa realize quem é.

A perspectiva que trago aqui, fazendo analogia entre o surfe e a atividade de consultoria, coaching ou treinamento, não é a escolha de um esporte, ou outra atividade profissional. Seja para o lazer ou uma prática temporária. (Por exemplo: na consultoria temos os “PhD’s” ou por (h)ora desempregados) Mas sim para se profissionalizar, praticar arduamente por muitos anos, viver disso.

E, ao final da jornada, sinta que de fato fez a escolha certa para a sua carreira profissional, a qual trouxe felicidade, contribuição social, realização financeira. E propiciou a oportunidade de disponibilizar ao mundo aquilo que faz de melhor, com naturalidade, sem ver o tempo passar.

Podemos dizer que o primeiro passo para ser um surfista profissional de elite é perceber se existe um alto nível de congruência entre o que este esporte demanda e o que a pessoa tem para oferecer.

Uma vez que uma pessoa decida pelo surfe, como eixo condutor de sua carreira, vem o trabalho para identificar onde a onda desejada irá estar, seu tamanho, equipamentos necessários e o estilo que irá adotar. Assim como no surfe, nas atividades de consultoria, coaching e treinamento, também há muitas formas de atuação, abordagens, técnicas, recursos, etc.

Decidir descer a onda do surfe talvez tenha sido o passo mais fácil na carreira vitoriosa de estrelas brasileiras. Estrelas como: Gabriel Medina, Maya Gabeira, Carlos Burle ou Tatiana Weston Webb.

Com certeza, eles tiveram que pagar um preço muito alto para chegarem aonde estão. Muitos anos de forte dedicação, privações, estratégias únicas e adequadas à natureza de cada um. As quais necessitaram de uma execução muito disciplinada, recheada de consistência, persistência e de recursos financeiros adequados.

Querer ser um consultor, coach ou treinador e não pagar o preço necessário é realmente a garantia de conquistar nada em termos de resultados. Ou, em um cenário bem positivo, pouco.

Grandes realizações possuem relação direta com o nível de congruência entre a atividade escolhida e os talentos da pessoa que a está executando. Alguns componentes podem atrapalhar, atrasar ou até inviabilizar o sucesso de uma pessoa, mesmo quando temos essa congruência.

Podemos citar a importância da inteligência emocional, cuidados com a saúde, relacionamentos familiares sadios. Uma rede de amizade sincera, aprimoramento contínuo, respeito às leis da sociedade na qual vivemos e a todos aqueles com quem se relaciona. Estas são algumas dimensões que, quando pouco desenvolvidas ou inexistentes, podem assim comprometer a escolha profissional de uma pessoa.

Acredito que um dos parâmetros de validação, sustentação e perpetuação do sucesso de uma pessoa é se, ao interagir com outras pessoas, apenas retira o que é do seu interesse, ou então deixa um legado positivo na vida da outra pessoa, ao partir.

Uma pergunta importante para entender melhor o impacto de uma pessoa, naqueles com quem interage é: O que os outros falam de você, quando você não está presente?

Quer ter sucesso como consultor, coach ou treinador? Então comece se conhecendo o máximo que puder, com isso a probabilidade da sua vocação se revelar a você aumenta significativamente.

Se a resposta não for nenhuma das três alternativas aqui colocadas, tenha a coragem de mudar de rumo e assim abraçar o seu novo destino. Sendo uma destas opções ou outra que se apresentou a você, entregue-se de corpo e alma a ela, o quanto antes.

Ao sentir que você é a pessoa certa, no lugar certo, indo para o lugar certo, então desenvolva continuamente os seus talentos. Não pare de aprender, planeje, execute, persista, respeite os outros. Deixe um legado positivo por onde passar, construa uma boa reputação, tenha credibilidade. E, principalmente, curta a onda que escolheu!

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre como ter sucesso como consultor, coach ou treinador? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em responder.

Alexandre Ribas
http://www.ttisi.com.br

Confira também: 2021: Você é o seu ponto de partida

 

Alexandre Ribas começou a trabalhar com consultoria e treinamento há mais de 20 anos. Atualmente é presidente da TTI Success Insights Brasil e membro do Advisory Council da TTI Success Insights, nos EUA, empresa presente em mais de 100 países. Possui uma vasta rede de contatos, com consultores e coaches bem-sucedidos, em diversos países. No Brasil, através da TTI Success Insights, atende mais de 200 consultores, coaches, palestrantes, treinadores e head hunters, por ano. Também pratica consultoria, através da sua empresa Venko Consulting, a qual teve início em 2002. Empreendedor desde 1998, atualmente possui cinco empresas em atividade. Sua formação acadêmica passa pela Universidade Mackenzie, UFPR, FIA-USP e Harvard. Também possui diversos cursos de formação em Coaching, PNL e desenvolvimento de pessoas. Foi o primeiro brasileiro a obter a formação completa, em turmas abertas, pela então ASTD, em HPI – Certificate in Human Performance Improvement. Possui três livros publicados, sendo eles “Manual Definitivo DISC”, “DISC – tudo o que você precisa saber, mesmo” e “Manual Definitivo Motivadores”. Escreve artigos desde 1998.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa