fbpx

Como trabalhar para realizar sonhos?

Infelizmente muitos profissionais trabalham apenas para pagar suas dívidas. Poucos são os que realizam seus sonhos ao longo dos anos trabalhados, o que impacta muito na motivação. Veja orientações para você conquistar seus sonhos sem endividar-se, mas com o esforço do seu trabalho.

Muitos profissionais trabalham apenas para pagar suas dívidas, infelizmente. Poucos são os que realizam seus sonhos ao longo dos meses e anos trabalhados. Isto faz muita diferença no dia a dia, na motivação e dedicação nas tarefas desempenhadas.

Por isso, elaborei orientações para você conquistar seus sonhos sem ter que se endividar, e sim com o esforço do seu trabalho. Confira abaixo, de acordo com a sua situação financeira, mas saiba que a primeira orientação é comum a todos: resgatar os sonhos.

Não tenha medo de sonhar

Comprar a casa própria, trocar de carro, viajar, dar uma festa: estes são os principais sonhos dos profissionais que atendo. Não considere como sonhos objetivos de carreira, como conquistar mais clientes ou aumentar sua rentabilidade. O trabalho, assim como o dinheiro, deve ser considerado um meio para conquistar objetivos, e não um fim em si mesmo.

Estabeleça ao menos três sonhos, um de curto prazo, a ser realizado em até um ano, outro de médio prazo, entre um e dez anos, e um terceiro de longo prazo, a ser conquistado a partir de dez anos. Você deve poupar para os três ao mesmo tempo, assim terá uma vida de constante realização de sonhos.

Para conquistar, você precisa poupar antes de gastar. A maioria das pessoas faz a seguinte conta mensal: Ganhos (-) Gastos = Lucro/Prejuízo. Dessa forma, dificilmente sobrará para os sonhos, portanto os coloque em primeiro lugar na sua vida e em seu orçamento, fazendo Ganhos (-) Sonhos (-) Gastos.

Endividado ou inadimplente

Se estiver com contas em atraso, trace um planejamento para pagar e sair desta situação de forma definitiva. Tenha seus sonhos sempre em mente e analise seus hábitos e comportamentos, que levaram a essa situação em primeiro lugar.

Faça um diagnóstico financeiro, anotando todos os gastos, inclusive os pequenos, por 30 dias se tiver renda fixa ou por 90, se tiver renda variável. Durante o processo, notará o que pode diminuir ou eliminar para sair do endividamento.

Levante também informações de todas as suas dívidas: saldo devedor, número de parcelas, juros, etc. É importante enxergar a situação como um todo para traçar um planejamento eficiente.

Com as reduções no orçamento, poupe dinheiro para sair das dívidas e para os sonhos. Se for renegociar com os credores, conhecendo seu orçamento mensal saberá o quanto poderá pagar nas parcelas renegociadas.

Em situação equilibrada ou investidor

Foque na conquista de seus sonhos, poupando mensalmente. Considere também rendas extras, como a restituição do Imposto de Renda, bônus, comissões, 13º salário, enfim. Assim verá o quão motivador e satisfatório é trabalhar para realizar sonhos, seus e de sua família.

Na hora de investir, considere o fundo mais adequado ao prazo do sonho. Para os de curto prazo, a caderneta de poupança é indicada por não ter liquidez. Para os sonhos de médio prazo, Tesouro Direto, CDB, Fundo de Investimentos e Títulos do Tesouro são bastante interessantes. Já para os sonhos de longo prazo, considere a Previdência Privada, LCI, LCA e Títulos do Tesouro.

Reinaldo Domingos é PhD em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira. Está a frente do canal Dinheiro à Vista, é colunista do de diversos meios de comunicação. Autor de diversos livros sobre o tema, como o best-seller Terapia Financeira e o livro Empreender Vitorioso.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa