fbpx

Como será o amanhã?

Pensar em perguntas sobre seu futuro: “Como será o amanhã?” esteve irremediavelmente presente na celebração do novo ano, de oração e dos votos positivos para 2014. Mas talvez haja uma forma um pouco mais organizada de se tratar do futuro pessoal. Saiba mais na primeira coluna “Dimensões do Sucesso” de 2014.

O título de nosso espaço de hoje nos remete a uma música popular brasileira muito cantada em festas e bailes, criação de autor pouco conhecido, mas talentoso, chamado João Sérgio. A obra ganhou notoriedade primeiramente com a cantora Simone e, depois, com muitas outras gravações que a seguiram.

Claro que com arranjo alegre e bem cuidado essa música ganha outra vida. Mas, para o que eu quero comentar, poderemos abrir mão do áudio e ficar só na filosofia pertinente aos padrões e às crenças dos brasileiros. Vamos lembrar dessa letra?:

A cigana leu o meu destino; eu sonhei; bola de cristal, jogo de búzios, cartomante.
Eu sempre perguntei: “O que será o amanhã?”, “Como vai ser o meu destino?”
Já desfolhei o mal-me-quer, primeiro amor de um menino. E vai chegando o amanhecer,
Leio a mensagem zodiacal, e o realejo diz, que eu serei feliz … sempre feliz.
Como será o amanhã?, responda quem puder. O que irá me acontecer?
O meu destino será como Deus quiser… Como será o amanhã?, quem sabe é Deus.

Tenho a mais absoluta certeza que muita gente que está lendo este blog gostaria de ter respostas para perguntas sobre seu futuro, as quais devem ter rondado as especulações pessoais durante a virada de ano. Gritos de “a um maravilhoso 2014” competiam com o espocar de champanhotas e cervejas. A expectativa de “como será o amanhã?” está e ficará irremediavelmente presente nos momentos da celebração, de oração e dos votos positivos aos parentes e amigos.

Porém, talvez haja uma forma um pouco mais organizada de se tratar do futuro pessoal e, para quem se aplicar, um presente poderá estar à sua espera. Dizem os especialistas que para além da cigana, do realejo, da bola de cristal, das cartas e dos búzios, há uma fonte de energia fantástica à qual a maioria das pessoas não se arrisca recorrer. Essa fonte de energia chama-se cérebro, uma construção de Deus com bilhões de peças chamadas neurônios, que apresenta interações elétricas constantes, e um lubrificante formado por aminoácidos.

Possivelmente, ninguém saberá afirmar concretamente sobre o amanhã, pois isso é algo que Deus reservou como conhecimento só Dele. Mas ao dar a condição do livre arbítrio e do exercício de poder pensar usando o cérebro, Deus quer estimular que cada pessoa ajude a construir o seu melhor futuro. Não pergunte como será o amanhã, mas se proponha a trabalhar para que ele seja o mais próximo daquilo que você deseja. Aprenda a encontrar os caminhos alternativos quando algo aparece para atrapalhar, porém entenda que os desvios podem lhe levar a lugares que você antes não havia imaginado que poderiam existir. E isso pode ser bom!

Agora, vamos começar por adaptar umas partes dessa letra… Ao invés das duas perguntas-chave (“O que será o amanhã?”, “Como vai ser o meu destino?”) comece por se perguntar Qual é o amanhã dos meus sonhos? Depois, pergunte-se: Como eu posso chegar até esse amanhã dos meus sonhos? Com certeza, tendo isso bem claro em sua vida, você conseguirá perceber quando chegou lá e, então, poderá celebrar a merecida vitória. Algo que eu quero ver acontecer para você, em 2014, e nos anos à frente. Vitória que você mesmo determinará, caminho que saberá como encontrar e, o mais importante, que irá celebrar não pelo acaso ou pela sorte, mas pelo seu trabalho consistente e o apoio do melhor Coach, nosso Deus amigo.

Mario Divo Author
Mario Divo tem extensa experiência profissional, tendo chegado a quase meio século de atividade ininterrupta, em 2020. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo das plataformas de negócios MENTALFUT® e Dimensões de Sucesso®, acumulando com o comando da sua empresa MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa