Como conquistar o respeito da equipe?

Ser respeitado não é uma conquista associada ao fato de sermos inteligentes ou de propormos boas soluções para o negócio em que atuamos.

Para líderes, conquistar o respeito da equipe é um desafio. Ser respeitado não é uma conquista associada ao fato de sermos inteligentes ou de propormos boas soluções para o negócio em que atuamos. O time busca um líder que possa ser respeitado como pessoa.

Desde criança, eu ouço a frase “faça pelo outro o que gostaria que o outro fizesse por você”. Agir com gentileza e respeito com o time é um dos fatores que nos possibilita avançar alguns passos nessa direção. Na prática, entretanto, percebo que nem sempre conseguimos demonstrar este tipo de atitude. Especialmente quando, em uma reunião com a equipe, deixamos de ouvir o outro, por exemplo. Todos nós queremos ser ouvidos, mesmo que tenhamos pontos de vista ou opiniões diferentes, certo?

Nihar Chhaya, em seu artigo sobre colaboração para a revista Harvard Business Review, afirma que, por meio de uma pesquisa realizada em 2018, foi possível comprovar que há um aumento de mais de 90% na rotatividade de colaboradores quando o líder aplica táticas de pressão para obter melhores resultados. Nessa mesma publicação, sugere que líderes inspiradores conquistam melhores resultados. Ambientes tóxicos incentivam comportamentos contraprodutivos como forma de retaliação.  

Respeito acima de tudo

Em um artigo publicado recentemente pela Forbes, o respeito pelo outro aparece entre as dez características das mais admiradas nas pessoas. Líderes respeitados são capazes de perceber o valor de cada pessoa, mesmo a mais simples. O respeito da equipe pode ser expressado por meio da gentileza. E gentileza é definida como a capacidade de perceber a necessidade do outro, e também a de retribuir algo sem ser pedido. E essa atitude não depende do nível hierárquico dentro da organização. Sua equipe reconhece essa atitude em você?

Não há como você exigir que as pessoas sejam gentis, mas há como iniciar um processo no qual a gentileza seja contagiante.” (Bill Taylor) 

O segredo feliz para trabalhar melhor – Shawn Achor

Shawn Achor, autor do livro “O Jeito Harvard de Ser Feliz”, sugere que atos aleatórios de gentileza nos ajudam a desenvolver uma atitude mais positiva diante da vida. E isso gera benefícios para quem oferece e para quem recebe essa atitude. Este pode ser um primeiro passo para desenvolver um ambiente de trabalho mais feliz e produtivo.

Para reflexão: você trata seus colegas de trabalho com a mesma gentileza que trataria um cliente potencial?

Fabiana Mello é coach com formação pelo Escola de Coaches do Instituto EcoSocial, uma das melhores escolas de Coaches no Brasil. Membro da ICF (International Coaching Federation). Licenciada por Happy Melly para facilitação de treinamentos em Management 3.0. Graduada em Processamento de Dados pela FATEC, MBA em eBusiness pela FGV e Ohio University, Pós-MBA em Empreendedorismo e Inovação com extensão em Stanford e é mestre em Engenharia de Software pelo IPT – USP.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa