Como as Deficiências Comportamentais impactam nos resultados da Empresa!

Em uma empresa é preciso que todos falem a mesma língua e cumpram suas responsabilidades para que os objetivos sejam alcançados! Parece óbvio, mas na prática a teoria é outra! Você já vivenciou alguma situação onde as deficiências comportamentais prejudicaram os resultados?

Dentro de uma empresa é preciso que todos falem a mesma língua, e cumpram suas responsabilidades para que os objetivos sejam alcançados!

Parece óbvio, mas na prática a teoria é outra!

Você já vivenciou alguma situação onde as deficiências comportamentais prejudicaram os resultados?

Imagine estas situações:

Após uma reunião de alinhamento, todos saem tranquilos sabendo o que tem que ser feito e no final do mês, você descobre que algo não saiu conforme planejado e acordado… E o pior, depois descobre que em algum momento do processo, as coordenadas foram alteradas e nem todos os envolvidos foram comunicados…

Você e a sua equipe deram o sangue para conquistar os objetivos da empresa, cumpriram as metas que lhes cabiam, e quando chega o dia do Comitê de Resultados da Diretoria, os resultados não saíram como previstos, pois os seus pares não tiveram o mesmo esforço e comprometimento que você…

Ou até mesmo casos isolados, como aquele colega altamente competitivo e sem escrúpulos, que engana a todos para se promover, passa por cima de valores morais e até mesmo éticos. E você percebe, mas não tem alçada para demiti-lo, ou até mesmo força para desmascará-lo…

Podemos dar diversos exemplos de situações corriqueiras, onde as deficiências comportamentais impactaram diretamente no resultado das empresas.

Para que os resultados sejam alcançados é preciso alinhar expectativas, valores, objetivos, metas, deixar claro as responsabilidades de cada um, e principalmente garantir que todos estejam comprometidos com os compromissos assumidos.

Se esta regra é tão óbvia deveria funcionar! Mas não podemos nos esquecer, que estamos falando de Pessoas e Pessoas são complexas!

Muitas empresas investem milhões em consultorias, treinamentos, Coaching, mas se o colaborador não estiver disposto a se desenvolver nada disso funcionará!

Não espere se frustrar para expor suas observações, converse com os responsáveis e juntos podem encontrar uma oportunidade de melhoria.

Lembre-se só é possível melhorar o que se tem ciência! E só melhora quem quer!

Procure fazer a sua parte e se o resultado da sua meta depende da atividade de outras pessoas, então saiba que gostando ou não, vocês fazem parte da mesma equipe, não espere o tal comitê de resultados para se surpreender… Esteja em sintonia constante com todos os envolvidos, invista em relacionamentos, desenvolva e aperfeiçoe habilidades de liderança, negociação, flexibilidade, empatia, persuasão, autocontrole das emoções e coloque tudo em prática!

Um grande abraço,

Graziela Heusser Azeredo

Graziela Heusser Azeredo é Diretora e Fundadora da GHA Gestão de Negócios. Atua como Coach de Carreira e Negócios, contribuindo para o desenvolvimento das habilidades do Ser Humano e das organizações, para que eles possam usar suas habilidades em potencialidade máxima, gerando resultados positivos para a concretização dos seus objetivos. Formação Técnica Publicitária pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, Bacharel em Administração com ênfase em Marketing pela Universidade Paulista, especialista em Comunicação pela Fundação Cásper Líbero, Certificação Green Belt e Personal and Professional Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching, além de outros cursos de extensão nas áreas de Marketing, Gestão de Negócios e Melhoria de Processos.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa