Como ampliar seu sucesso como Coach?

Escolher o espaço em que pretende aplicar conhecimentos é um exercício de definição de nicho. Ao escolher seu nicho de oportunidades, o objetivo profissional é ter papel protagonista e ser reconhecido como perito.

Particularmente, sou cético quando vejo um profissional intitular-se competente em tudo, no mesmo discurso do jogador de futebol que garante atuar em todas as posições. No processo do Coaching, especificamente, entendo que o Coach deve especializar-se com foco no ambiente profissional (seja em linha com o executivo, o líder e/ou um time) ou ele deve dar foco ao contexto pessoal (que envolve a intimidade de relacionamentos e família, entre outros).

Então, escolher o espaço em que pretende aplicar conhecimentos é, para o Coach, um exercício de definição de nicho. O nicho é uma forma de especialização que, ao mesmo tempo que amplia perspectivas de melhor desempenho do profissional, gera certo incômodo por levá-lo a dizer “não” a potenciais oportunidades de atendimento. Ao escolher o seu nicho de oportunidades, que não necessariamente é único, o objetivo profissional é ter papel protagonista e ser reconhecido como perito. Se você é Coach, e entendeu o recado, talvez esteja com uma dúvida: já foi definido o meu nicho… o que faço agora?

Em primeiro lugar, você terá assumido que a prestação de serviços em Coaching é, em si mesmo, um negócio. Tem cliente, tem processo, resultados, cobrança, o atendimento, enfim, há toda uma orientação que remete à necessidade de que o Coach explore da melhor forma possível os princípios do marketing moderno. Você (Coach) agora tornou-se marca e deve garantir coerência com tudo o que fizer e comunicar ao seu grupo de potenciais clientes. Mantenhaa integridade de sua marcaemtodos os seus materiaise certifique-se dequeas mensagens-chavesão consistentes com a suaestratégia para essenicho específico.

Ao estreitar o foco (e comprometer-se com o nicho) torna-se mais fácil e rentável entrar em contato com os clientes potenciais. Seja anunciando na Internet ou usando a mídia social, se o Coach tem um nicho específico o seu nome (marca) irá aparecer nos círculos e grupos afins ao trabalho que desenvolve. Mas como escolher o nicho? Com que critério?

Muitas são as formas para o Coach escolher um nicho de atuação mas, sem dúvida, o princípio está em entender quem são as pessoas (clientes potenciais) que precisam daquilo que você sabe e pode oferecer (sua expertise). Por exemplo, você pode atender determinado grupo em que você possa ser reconhecido como líder, inovador, o primeiro em alguma especialidade. Ou um nicho que mostre ter grande demanda ao longo do tempo, mesmo que a remuneração seja menor que em outras escolhas. Pode ser um nicho de algo novo (tecnologias, por exemplo) ou um em que haja interesse particular em se mostrar presente (que faça bem aos sentidos, como estética visual, música, gastronomia, beleza ou filosofia). De qualquer forma, a escolha deve sempre prever que, no nicho, você terá condição de construir credibilidade para a sua marca.

E importante não é apenas oferecer o serviço de Coaching e divulgar a marca. Com o passar dos anos, o tempo do profissional fica mais escasso e caro, o que leva a uma nova situação: garantir que as suas habilidades sejam reconhecidas, bem avaliadas, remuneradas e continuadamente associadas à sua marca. Assim, o negócio em que você está (Coaching) andará de mãos dadas com a sua reputação (Coach), junto aos clientes (Coachees).

Lembre-se que se tornar um negócio promissor é a chave para o seu sucesso no nicho escolhido. Depois que ficar forte em um nicho, use então toda a sua experiência e o seu conhecimento adquirido para escolher e ir dominar outro nicho. E boa sorte!

Mario Divo Author
Mario Divo tem incrível experiência profissional, tendo chegado a meio século de atividade ininterrupta, em 2019. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo da plataforma Dimensões de Sucesso, acumulando com o comando da MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa