fbpx

Como ajudar alguém a realizar alguma coisa

Conheça um método simples e bastante interessante para começar a usar melhor o tempo, ser mais resiliente, cumprir com as tarefas do trabalho, parar de fumar ou pagar as dívidas que se acumulam.

O título deste artigo parece coisa de maluco, não é mesmo? Uma forma aparentemente extravagante e exagerada para abordar o resultado do trabalho científico do Dr. Michael Pantalon, americano que publicou o estudo chamado Instant Influence simultaneamente em Londres, Boston e Nova Iorque. Na introdução do texto ele comenta como surgiu a motivação pelo assunto.

Conta ele que, em uma sessão de treinamento de executivos da General Electric, nos Estados Unidos, enfrentou descrença e a postura refratária para uma nova abordagem em lidar com equipes complexas e difíceis. Os executivos tinham seu jeito de ser e a mudança não era bem aceita (eles se mostravam uma equipe complexa e difícil, sem se darem conta disso). Havia a necessidade de rapidamente ganhar a atenção do grupo, porém mesmo tentando durante toda a manhã, eles resistiam a participar. Foi quando entrou em cena o método de Influência Instantânea, que consegue em até sete minutos motivar as pessoas a serem mais participativas em uma sessão.

Tudo teve seu início com uma técnica desenvolvida por William R. Miller e Stephen Rollnick, conhecida como entrevista motivacional (comentário do blog: este será um tema a ser comentado aqui proximamente), mas o Dr. Pantalon foi além e encontrou sua própria maneira de facilitar a aplicação prática. Ele garante que a Influência Instantânea é o único método cientificamente comprovado para motivar as pessoas em sete minutos ou menos. O caminho é levar seu cliente (ou grupo) a agir pelo incentivo a que encontre suas próprias razões para fazer o que se está pedindo.

E como é que tudo isso funciona?

Basta fazer seis perguntas bem simples para a pessoa (digamos, neste ponto, que o Coach fará as seis perguntas a seu cliente). E o método cabe para qualquer tipo de ação, seja parar de fumar, começar a usar melhor o tempo, ser mais resiliente, cumprir com as tarefas do trabalho ou pagar as dívidas que se acumulam. A abordagem é tão interessante, segundo o autor, que ela permite a auto-aplicação para qualquer coisa com que se esteja lutando. Funciona com pessoas que querem mudar e estão ansiosas para começar, bem como com pessoas que pensam que querem mudar, mas temem que não possam, e até mesmo com os que assumem que não querem mudar. O autor afirma, com ênfase, que não importa quem usa a Influência Instantânea, o que vale é que funciona.

O que pode levar as pessoas a mudar suas vidas em circunstâncias críticas? A resposta é simples: são as suas próprias razões. As pessoas costumam agir por conta de sua forma de ver e interpretar, não pelas razões de outra pessoa, segundo o autor. Em caso de alteração de comportamento por causa de algo que alguém falou, isso tende a não se estabelecer como definitivo. O Coach ajudará muito o seu cliente liderando uma conversa sobre o “querer mudar”.

Conforme a metodologia do Dr. Pantalon, eis aqui as seis perguntas-chave:

Pergunta 1: Por que você pode mudar? (Ou para influenciar a si mesmo, por que eu posso mudar?);

Pergunta 2: Quanto você está pronto para mudar (em uma escala de 1 a 10, onde 1 significa ” não estou pronto” e 10 significa “estou totalmente pronto”)?;

Pergunta 3: Por que você não escolheu um número menor? (após definição pelo nível mínimo, refaça a pergunta: “o que é necessário para se transformar esse nível escolhido no nível superior?”);

Pergunta 4: Qual será o resultado positivo que você espera alcançar com esse nível de motivação e engajamento (pergunta para o nível em que o cliente se sentiu mais confortável)?

Pergunta 5: Por que esse resultado que você comentou é tão importante para você?

Pergunta 6: Quando você tiver alcançado esse resultado, qual é o seu próximo passo (ou seja, o que esse resultado vai trazer de ganhos e mudança na sua vida, e o que você fará com isso)?

Pois bem, o autor garante que após 15 anos de muitos estudos e da aplicação do método desde executivos de alto nível até em pessoas comuns, tudo sempre deu certo. E você aí, vai tentar?

Mario Divo Author
Mario Divo tem extensa experiência profissional, tendo chegado a quase meio século de atividade ininterrupta, em 2020. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo das plataformas de negócios MENTALFUT® e Dimensões de Sucesso®, acumulando com o comando da sua empresa MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa