Anúncios

Como a antropologia pode contribuir ao viver organizacional?

Por que a empresa que você trabalha funciona da forma que funciona? Quais atuações sociais você espera? Há algo que já está funcionando e que pode melhorar? Há...

4759
4759

Por que a empresa que você trabalha funciona da forma que funciona? Quais atuações sociais você espera dela? Há algo que já está funcionando e que pode melhorar? Há espaços para que estas respostas alcancem o depto. de gestão de pessoas?

Essas respostas providenciam utilizações diretas de metodologias/processos de trabalho, que consideram a humanização nas relações entre as pessoas que ali colaboram. Nessa direção, o presente texto chama a atenção à antropologia organizacional.

Por meio dela é possível investigar, identificar e analisar os comportamentos praticados pelas pessoas desde o início da organização. Eles trazem elementos sociais, técnicos e familiares, que compõem as estruturas/alicerces que fundamentam a empresa.

A linguagem é uma ferramenta antropológica utilizada para entender a construção e a desconstrução de significados, que norteavam e que agora norteiam novos objetivos; estes, incorporados pela origem daquilo que se: falava, ouvia e entendia.

Assim, a linguagem contribui para que a cultura da organização também apareça e seja, não só considerada, mas também, vivenciada durante as resoluções de problemas/tomadas de decisões que marcam as condutas viscerais da organização.

Deixo um convite para estudarmos outras ferramentas que a antropologia organizacional faz uso. Por meio delas, encontraremos vias para que:

  • Atratores comportamentais mostrem padrões que necessitam ser mantidos em uma nova cultura pretendida;
  • Adaptações ao meio em que a empresa está alicerçada – entre clientes e fornecedores – ocorram naturalmente; sem a necessidade de mutações bruscas;
  • Escolhas e ações socioeconômicas encontrem equilíbrios para que a reputação pretendida seja atingida; esta, ao lado de clientes cada vez mais rigorosos e éticos.
Leandro Alves da Silva é Gerente de Desenvolvimento Humano Organizacional na First Peopleware e atua desde 2011 em Coaching-Mentoring-Counseling, palestras e treinamentos customizados. Doutor em Educação pela FEUSP e Master Coach pelo BCI.
follow me
Anúncios
Neste artigo
Leandro Alves da Silva é Gerente de Desenvolvimento Humano Organizacional na First Peopleware e atua desde 2011 em Coaching-Mentoring-Counseling, palestras e treinamentos customizados. Doutor em Educação pela FEUSP e Master Coach pelo BCI.
follow me

 

Confira abaixo suas publicações:


Participe da Conversa