Coaching e Cultura Organizacional

Os modelos de pensamento traduzem parte da cultura organizacional e são refletidos no comportamento dos colaboradores, das equipes e da empresa como um todo, impactando diretamente os resultados.

Olá, seja bem-vindo!

Acredito que o primeiro passo para entender o tema de hoje é pensar o que compõe a nossa cultura individual, a nossa história de vida: Quem somos? Como nos tornamos o que somos? O que nos influenciou?

Na cultura organizacional não é diferente. Há vários aspectos que influenciam a formação da cultura como os símbolos, os valores, as crenças, os modelos de pensamento, de liderança e relacionamento. E, como disse Lévi-Strauss, “É necessário que haja um esforço para não julgar as outras culturas através de nossa própria cultura. É preciso vê-las sem os pressupostos da nossa.”

Para desenhar o futuro de uma empresa é importante entender a sua história e o que ela é hoje, a fim de projetar a cultura desejada. Um dos elementos fundamentais aqui é o “Como pensamos?” Qual é a mentalidade e os processos de raciocínio utilizados? Existe um padrão de pensamento positivo, voltado ao aprendizado contínuo e crescimento individual e das equipes ou a famosa “hidden agenda”, os “esqueletos no armário”, as questões que não podem ser discutidas, os temas que sempre foram e serão assim? Há abertura para o diálogo horizontal onde as ideias são discutidas abertamente ou o estilo de liderança é do tipo “comando e controle”, em outras palavras, “manda quem pode e obedece quem tem juízo”?

Refletindo sobre essas perguntas é interessante notar que os modelos de pensamento traduzem parte da cultura organizacional e são refletidos diretamente no comportamento dos colaboradores, das equipes e da empresa como um todo, impactando diretamente os resultados.

O que buscamos no Coaching de Equipes é potencializar os negócios, ajudando as equipes a traçarem o seu caminho por meio da definição de objetivos (metas) e da direção a seguir. Podemos dizer que o processo de Coaching de Equipes criará uma nova cultura que respeita a essência dos indivíduos e da empresa, uma “Cultura de Coaching” onde o foco é a co-criação e a construção por meio do diálogo, reflexão e ação. Buscamos compreender e utilizar a diversidade individual (personalidades, habilidades e competências) como elemento essencial para aumentar a criatividade, a inovação e a performance da equipe, assim como a percepção dos conflitos como oportunidades de crescimento, de encontrar novas soluções.

É a união entre a cultura e os objetivos organizacionais, as características e necessidades individuais dos colaboradores e a formação de equipes de alta performance, o que gera equilíbrio, aprendizado contínuo e traz resultados sustentáveis e perenes para o negócio.

Para refletir um pouco:

  • Como é a cultura da sua empresa?
  • Como os colaboradores pensam e agem?
  • Como é realizado o trabalho em equipe?
  • Se você pudesse resumir a cultura da sua empresa em uma frase, qual seria?

“Com talento ganhamos jogos. Com trabalho em equipe e inteligência, ganhamos campeonatos” Michael Jordan

Um abraço e até a próxima!

Luciano Viana é Coach Individual e de Equipes com Certificação Internacional pela ICC – International Coaching Community, Professor Universitário nas áreas de Negócios e Recursos Humanos e Treinador em Coaching, Desenvolvimento de Líderes e Equipes. Um dos 40 trainers da ICC – International Coaching Community especialmente selecionados e treinados em todo o mundo para formar Coaches no Brasil. Conquistou a Certificação Internacional 6Ds e possui conhecimentos sobre a metodologia das Seis Disciplinas para desenhar experiências completas de aprendizado e desenvolvimento com resultados mensuráveis e foco na estratégia do negócio. Relações Públicas pela Faculdade Cásper Líbero com especialização em Gestão de Marketing pelo Insper. Foi empreendedor em agências de comunicação por 10 anos, atendendo clientes nacionais e internacionais nas áreas de Marketing, Evento e Comunicação Corporativa.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa