fbpx

Afinal, por que buscar os seus talentos?

Sortudo é aquele que descobre seus talentos e gera frutos para si e para os outros. E você é sortudo?

“Sortudos são aqueles que fazem tudo acontecer, e azarados aqueles com quem acontece de tudo” Eugène Labiche

Em meu ver, sortudo é aquele que descobre seus talentos e gera frutos para si e para os outros. E você é sortudo?

Talento, quando abordamos esse assunto, alguns pensam que nem têm talento, talvez somente uns escolhidos recebem ao nascer. Porém, atualmente com tantos trabalhos de desenvolvimento humano e profissional podemos afirmar que todos temos talentos, se pensa que não, podem estar ocultos para você. É certo de que esse talento vive, mesmo que inconsciente dentro de você.

Talento é aquilo que fazemos com tanta facilidade em um tempo curto de tempo, se compararmos com outras pessoas. Ao usufruir do seu talento você entra num estado de flow, parece que o tempo voa, sua atenção está toda alinhada com o que faz e, por fim, a satisfação é nítida, mesmo que cansado após um trabalho feito.

Consegue imaginar alguma habilidade na qual se identificou com a descrição acima?

Caso contrário, pense quais são os seus pontos fortes, observe a realização daquilo que faz independentemente se está no trabalho ou empreendendo alguma atividade pessoal.

Identificar esses pontos é um caminho para descobrir os seus talentos e começar a utilizar de uma maneira mais produtiva.

Afinal, por que buscar os seus talentos?

  • Ser confiante: a confiança é baseada em informações e sentimentos que adquiro conforme a convivência com algo, sendo assim, quanto mais me conheço, mais me sinto seguro e confiante para exercer o meu talento;
  • Desafiar-se: os desafios surgem para ousarmos ultrapassar as nossas próprias margens de zona de conforto, quanto mais desafios, mais progrido e avanço com meu propósito de vida;
  • Ser um realizador: nada mais motivador do que ter recompensas sobre os feitos e saber a cada conquista e meta alcançada, você evolui em cada área da sua vida;
  • Ser um influenciador: quando despertamos os nossos talentos influenciamos nosso ambiente, e as pessoas que convivem sentem-se confortáveis ou desafiadas a mostrarem os seus talentos também.

Que tal ser um “jardineiro” ao regar as sementes já existentes dentro de cada um?

Grande abraço,

Mayra Soares

Mayra Soares Author
Mayra Soares tem 11 anos de experiência profissional em Gestão e Desenvolvimento de Pessoas. É Mentora pela Erlich Consultoria, Trainer Comportamental pelo Instituto de Formação de Treinadores (IFT), Master Coach com especialização em Business and Executive Coaching e Professional and Self Coaching, Consultora Analista Comportamental e Avaliação 360º certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Behavioral Coaching Institute (BCI), International Coaching Council (ICC), European Coaching Association (ECA), Global Coaching Community (GCC), International Association of Coaching (IAC), Metaforum International e International Association of Coaching Institutes, Practitioner em PNL pela SCORE e Leader Coach pela Ellite Consultoria. Graduada em Gestão de Recursos Humanos, Pós-graduada Docência no Ensino Superior e Pós-Graduanda em Essencial Master Coaching. Coautora dos livros COACHING NAS EMPRESAS – Estratégias de Coaching para o ambiente corporativo e RH Trabalho e Aprendizado.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa