fbpx

A verdade é uma só: Você é o Motor da Mudança!

A grande verdade é que são as suas mudanças de atitudes as responsáveis por mudar o mundo, por transformar o futuro do planeta e da sociedade.

A verdade é uma só: Você é o Motor da Mudança!

A verdade é uma só: Você é o Motor da Mudança!

Olá!

 

Seja bem-vindo(a) à minha coluna, que usando as ferramentas dialéticas do Coaching irá propor reflexões sobre as questões pessoais e sociais que impactam quem somos e nosso papel no mundo.

 

A proposta é exercitar o pensamento para o autoconhecimento, o autodesenvolvimento e a interação em sociedade. Ao conhecer as forças, dificuldades, crenças e o modo como interage, o ser humano acorda seu potencial para mudar o mundo.

 

“Acredito que é preciso agir, a partir de nosso quociente intelectual, emocional e espiritual, para provocar mudanças que afetam a todos.”

 

Espero que goste!

 

Um abraço,

 

Isabel Franchon

A verdade é uma só: Você é o Motor da Mudança!

Vivemos hoje um momento bastante complexo e desafiador que nos pede não só coragem, mas iniciativa. Se quisermos realmente inovar para sobreviver precisaremos rever conceitos, romper paradigmas. Fazer novas alianças e ousarmos tocar em temas polêmicos e delicados na esperança de que sim, nós podemos.

Desde que tive meu primeiro contato com o Coaching, há quase 15 anos, descobri que as metodologias usadas no processo possuem um poder imenso de provocar mudanças. Mais que isso, é sempre a partir de cada ser humano que as mudanças começam e assumem proporções que impactam toda uma sociedade.

Seja você a mudança que deseja ver no mundo!

A frase acima é de Gandhi e tem norteado o trabalho que faço como Coach traduzindo, de certa forma, o título deste artigo e o da coluna: Coaching é o exercício do pensar que permeia toda a vida em busca de soluções, transformações, realização, propósito. É, para mim, um modo de ser e viver cotidianamente.

Na constante busca pela autorrealização e pela felicidade cada um de nós escolhe um caminho, uma trilha, uma filosofia, uma prática, um modo de viver. Mas todas nos levam ao mesmo ponto: a necessidade de autoconhecer-se, seja para alcançar objetivos pessoais, profissionais, sociais ou espirituais.

A busca faz parte da vida.

Trabalhar para desenvolver-se integralmente é o objetivo. Não basta um QI (Quociente Intelectual) elevado, cultura e sucesso. Precisamos também desenvolver nossa Inteligência Emocional (QE) e nossa Inteligência Espiritual (QS) para nos sentirmos completos e agirmos pelo que temos de melhor. E esse é um trabalho diário, consciência focada ou “estar presente” na expressão de Robert Dilts e Richard Moss.

Carl G. Jung, psiquiatra e psicoterapeuta, criador da psicologia analítica, já dizia que:

“quando as coisas vão mal no mundo, estão mostrando que existe algo errado com o indivíduo: há algo de errado em mim. Se eu for sensato, examinarei a mim mesmo em primeiro lugar”.

E Jung vai além em The Meaning of Psychology for Modern Man afirmando que:

“O essencial é a vida do indivíduo, pois só ela faz história, só ela promove transformações, só ela cria futuro. Todo o futuro, toda a história da humanidade, brota da soma imensa dessas fontes ocultas que moram no interior dos indivíduos. Mesmo em nossa vida privada e subjetiva não somos apenas testemunhas passivas ou vítimas – somos também seus construtores. Nós fazemos nossa própria época!”

Nessa construção, todos os assuntos nos competem, nada é vazio de significado, nenhuma discussão é infrutífera, já que o objetivo é ampliar nossos horizontes e amplificar nossas percepções. O que chamo de Ecologia (aprendida com o Prof. Dr. Pierre Weil) permeia todos os níveis no Coaching.

Portanto, caro leitor, não estranhe se encontrar aqui nesta coluna ferramentas para o desenvolvimento de competências profissionais e pessoais ou discussões sobre o que afeta você no seu trabalho – é a Ecologia Pessoal que nos leva a conhecer nossas forças, virtudes e talentos; reconhecer fraquezas, defeitos e dificuldades, e descobrir quais são as oportunidades que existem para alcançar objetivos e as ameaças que podem impedir nosso aperfeiçoamento.

Tampouco se surpreenda com abordagens sobre as dificuldades que enfrentamos hoje, em sociedade, seja com foco na política, na empresa, na saúde, na miséria – é a Ecologia Social que pede um trabalho constante no desenvolvimento de novos meios de interação, comunicação e solução de problemas, estimulando atitudes e valores que deem a todos a oportunidade de usar seus talentos e habilidades de forma positiva.

Enfim, a Ecologia Ambiental abarca a nossa casa, o Planeta que dividimos e pelo qual somos responsáveis. Não há que deixar de lado aspecto tão importante em nossas vidas.

Mas posso resumir o objetivo desta coluna numa só expressão – a Sustentabilidade Pessoal, o espaço transformador de cada um, que pode acontecer no Coaching do dia-a-dia.

O grande pilar da Sustentabilidade é o Ser Humano. São as suas mudanças de atitudes as responsáveis de fato por mudar o mundo, por transformar o futuro do planeta e da sociedade. Quando há descompasso entre crenças e atitudes é necessário recorrer a regras, leis, fiscalizações e multas para garantir a sobrevivência e o bem-estar de todos. E ficaremos sempre correndo atrás do prejuízo…

Como diz Danah Zohar (física e filósofa), a Sustentabilidade exige que um sistema seja capaz de se manter e evoluir. E os elementos sustentáveis na natureza são aqueles cujos elementos cooperam na produção de um ambiente equilibrado, capaz de manter o todo.

A verdade é que de fato estamos criando um novo mundo. E precisamos nos tornar seres humanos capazes de sustentar esse novo mundo, ou então ele não sairá do plano das ideias.

É nesse sentido que você, incluindo a essência do Coaching no dia a dia, se transforma no motor da mudança.

Gostou do artigo? Quer saber mais como incluir a essência do Coaching no dia a dia? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em responder.

Isabel Franchon
https://www.q3agencia.com.br

Não deixe de acompanhar a coluna Coaching no Dia a Dia.

 

Isabel Franchon, Coach desde 2008, atua com o Desenvolvimento Profissional e Pessoal voltados para a Carreira, Competências, Liderança, Comunicação Interpessoal, Compliance & Ética e Coaching de Times. Facilita Workshops, Treinamentos e Oficinas em empresas de médio/grande porte através de empresa própria e em parceria com Consultorias de DH. Graduada em Jornalismo, tem MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores, pela FGV; Pós-graduação em Transdisciplinaridade em Saúde, Educação e Liderança, pela Universidade Holística Internacional; Especialização em Marketing pela MM School; Formação em Compliance Anticorrupção, pela LEC; Especialização em Metodologia QEMP para empreendedores, pela Clinton Education. Fez formação em Master, Executive, Leader & Business Coach, pelo Behavioral Institute. Certificada em Positive Coaching Com Robert Dilts e Richard Moss. É membro do International Coaching Council (ICC) desde 2008.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa